O diretor Denis Villeneuve declarou recentemente que sempre pensou na saga de Duna como uma trilogia. Na verdade, isso não se trata necessariamente de uma surpresa, uma vez que a obra do escritor americano Frank Herbert é riquíssima e oferece uma gama de possibilidades.

Além disso, o estúdio já confirmou um segundo longa para a franquia, sendo que a recepção da crítica e principalmente por parte do público, dão indícios claros de que o investimento no projeto foi um grande acerto.

“Eu sempre imaginei três filmes… Não é que eu queira fazer uma franquia, mas isso é Duna, e Duna é uma grande história. Para honrá-la, acho que precisaria de pelo menos três filmes. Esse seria o sonho. Seguir Paul Atreides e seu arco completo seria bom”.

Como material de base para o terceiro filme, o cineasta diz que a ideia não é esticar a história do livro original, mas sim adaptar o livro “O Messias de Duna” (Dune Messiah), que também foi escrito por Herbert.

A obra se trata de uma sequência do livro que dá nome ao primeiro filme e serve para expandir o universo da saga.

“Herbert escreveu seis livros, e quanto mais ele escrevia, mais psicodélico ficava, então eu não sei como alguns deles poderiam ser adaptados. Uma coisa de cada vez. Se eu tiver a chance de fazer Duna: Parte Dois e O Messias de Duna, eu serei abençoado.”

Publicado em 1969, quatro anos após o livro original, “O Messias de Duna” conclui a história de Paul Artreides com o nascimento de seus filhos, sendo que o livro seguinte se chama, justamente, “Os Filhos de Duna“.

A título de curiosidade, “O Messias de Duna” e “Os Filhos de Duna” já foram adaptados numa minissérie do canal pago SyFy, “Children of Dune”, em 2003, que era estrelada por James Mcavoy e Susan Sarandon.

Duna
Imagem: Duna/ Reprodução

Veja mais:

A nova adaptação de Duna para o cinema é inspirada no primeiro livro da série escrita por Frank Herbert, que e se passa em um futuro muito distante da humanidade.

O duque Leto Atreides aceita a administração do perigoso planeta deserto Arrakis, também conhecido como Duna, a única fonte de um recurso valioso e disputado por diversas famílias nobres, chamada “Melange“.

Essa substancia tem propriedades incríveis, sendo utilizada para prolongar a vida humana, chegar a velocidade da luz, além de garantir poderes sobre-humanos e níveis acelerados de pensamento.

Leto manda seu filho, Paul Atreides, um jovem brilhante e talentoso que nasceu para ter um grande destino além da imaginação, junto de seus servos mais confiáveis e a concubina Lady Jessica, que também é uma Bene Gesserit.

Embora ele saiba que a oportunidade é uma armadilha de seus inimigos, os Harkonnen, eles vão para Duna assumir o controle da operação de mineração de especiaria, afim de garantir o futuro de sua família e seu povo.

Contudo, uma traição amarga pela posse da Melange, exige que Paul e Jessica fujam para os Fremen, nativos do planeta que vivem nos cantos mais longínquos do deserto profundo.

Duna foi produzido pela Legendary Entertainment e distribuído pela Warner Bros. Pictures, estando atualmente em cartaz nos cinemas. Até o momento desta publicação o longa já faturou mais de US$ 220 milhões em todo o mundo.

O elenco conta com as participações de Timothée Chalamet, Rebecca Ferguson, Oscar Isaac, Josh Brolin, Stellan Skarsgård, Dave Bautista, Zendaya, David Dastmalchian, Stephen Henderson, Charlotte Rampling, Jason Momoa e Javier Bardem.

Conforme a janela de exibição, “Duna” deverá entrar no mês que vem para o catálogo de uma das maiores plataformas de Streaming da atualidade, a HBO Max.

E aí cinéfilo, o que achou de mais essa notícia sobre Duna, o novo sucesso do diretor Denis Villeneuve? Deixe sua opinião nos comentários e acompanhe o conteúdo preparado pela equipe Proddigital POP para continuarmos crescendo juntos!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários