She Hulk - Condições de trabalho na Marvel
She Hulk - Condições de trabalho na Marvel - Imagem: Marvel Studios

A Marvel vem recebendo crítica por parte dos fãs a um bom tempo. O motivo se deve aos efeitos visuais que estão cada vez menos satisfatórios. Alguns exemplos são a cena de Yelena Belova em Viúva Negra, assim como o fundo de uma das cenas de Thor: Amor e Trovão. E por fim, não podia faltar o recente trailer de Mulher-Hulk. O vídeo deu o que falar nas redes sociais, gerando memes pelo visual da protagonista. Agora, alguns artistas de efeitos visuais estão criticando as condições de trabalho na Marvel.

Contudo, parece que essa história está sendo cada vez mais aprofundada. Afinal, alguns profissionais de efeitos visuais que já trabalharam para a Marvel manifestaram sua opinião sobre o método do estúdio. Por fim, vários artistas caíram matando na empresa, afirmando como é péssimo trabalhar com o estúdio. Assim como, as condições de trabalho são cada vez piores.

Tudo começou através de uma discussão com uma thread intituladafrancamente, estou cansado de trabalhar em séries da Marvel. Tal discussão começou no Reddit, onde as condições de trabalho na Marvel foram expostas através do usuário Independent-Ad419. Ele começou dizendo:

“A Marvel provavelmente tem a pior metodologia de produção e gerenciamento de efeitos visuais. Eles nunca conseguem acertar o visual de uma série, antes de mais da metade do tempo para essa série já ter sido gasto. Os artistas que trabalham lá com certeza não são pagos o equivalente à quantidade de trabalho que realizam. O charme de trabalhar na Marvel é superestimado. Eu preferia estar trabalhando em outra série de TV após décadas e décadas disso.”

Continue depois da publicidade

Não demorou muito para que outros artistas, começassem a compartilhar suas histórias sobre prazos e alta demanda da Marvel Studios. Assim reagindo ao texto, Dhruv Govil também publicou uma crítica em sua conta no Twitter, afirmando que:

“Trabalhar nas produções da Marvel me fez deixar a indústria de efeitos visuais. Eles são um cliente horrível. Vi vários colegas que colapsaram depois de trabalhar demais, enquanto a Marvel gastava o mínimo de dinheiro possível.”

Ele completou:

“Já que algumas pessoas mencionaram isso: esse tem sido o caso desde o começo do MCU. Não começou recentemente e não é por causa de [Bob] Chapek. A questão é que a Marvel é muito grande e pode exigir o que quiser. É uma relação tóxica.

Continue depois da publicidade

De acordo com o site IMDB, o artista já trabalhou em filmes como Guardiões da Galáxia em 2014. E e Homem-Aranha: De Volta ao Lar no ano de 2017, ambos do MCU.

Além disso, é possível entender que vários artistas estão até mesmo se recusando a trabalhar com o estúdio. Afinal, as condições de trabalho, não parecem das melhores. Ou seja, muita demanda, pressão de executivos e prazos curtos. Alguns afirmam que pediram para nunca mais serem escalados para qualquer projeto relacionado a Marvel. Por fim, garantindo que não importa o quanto ganhem, não é o suficiente para tolerar condições laborais tão insalubres.

Nesse sentido, a maior alegação por parte dos funcionários contra a Marvel é a falta de ideia fixa do que vão fazer nos projetos. Dessa forma, os efeitos visuais estão sempre em constante mudança, e não há nada nunca certo.

Além disso, um dos usuários comentou sobre Thor: “Em Thor, eles pediram por uma mini-sequência duas ou três semanas antes do prazo final”, disse samvfx2015.

Continue depois da publicidade

Contudo, parece que nem todos podem ter a liberdade de se esquivar do cliente. Afinal, a Marvel Studios contrata algumas empresas terceirizadas para trabalhar nas produção. Nesse sentido, nem todo funcionário pode escolher no que quer ou não trabalhar. Assim, um deles reclamou “Estou há quase três anos seguidos na Marvel. Bem-vindo ao sétimo círculo inferno”. Enquanto isso, outro usuário afirmou que o período que passou na empresa foi um “buraco negro de privação de sono e má alimentação”.

Uma outra conta, intitulada Raistlinuk relembra seus dias trabalhando em WandaVision, série de 2021 que foi lançada diretamente no Disney+. “Levei quase seis meses para me recuperar do crunch de WandaVision. Não vale a pena. Não quando existem projetos melhor administrados que são tão bons quanto por ai”. Esse “crunch”, significa uma prática onde desenvolvedores de jogos e efeitos visuais são submetidos a uma cultura tóxica de trabalho extremo. Tudo isso para cumprir prazos e trabalhando horas extras sem receber nada por isso.

Até o momento, a Marvel Studios ainda não postou nenhuma nota esclarecendo os fatos que estão circulando nas redes sociais. Além disso, não é possível dizer como a empresa vai lidar com as críticas e se haverá mudanças. Afinal, o que realmente podemos notar como público é que ela não está fazendo um bom trabalho de gerenciamento e supervisão de efeitos visuais. Tão pouco, garantindo boas condições de trabalho terceirizados. Muito menos, entregando e garantindo um bom trabalho.

E você, que acha disso? Concorda que os efeitos dos filmes do UCM / MCU – Universo Cinematográfico da Marvel estão decaindo devido as más condições de trabalho na Marvel?


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui