Uma das maiores decepções em Vingadores: Guerra Infinita foi a ausência de Hulk na batalha de Wakanda. Os fãs aguardaram até as últimas cenas para ver uma transformação épica de Bruce, mas não aconteceu.

Porém o arco do personagem no filme poderia ter sido bem diferente e o seu papel na trama não seria tão decepcionante. Em uma das ideias, Bruce Bener conseguiria finalmente controlar a personalidade do “gigantão” se tornando precocemente a versão apresentada em Vingadores: Ultimato.

A cena cancelada

Uma nova cena deletada de Vingadores: Guerra Infinita que corre pela internet, poderia ter feito toda a diferença para o personagem. Nela Natasha Roanoff e Sam Wilson se encontram com Hulk e ficam espantados ao perceber que a fúria insana do “verdão” foi completamente controlada por Bruce.

O vazamento mostra que a cena foi deletada bem no início da fase de pós produção, pois Mark Ruffalo aparece ainda com a roupa de captura de movimentos e a tomada está praticamente sem nenhum efeito especial.

Muitos cortes cancelados vieram a público e vários deles mudariam o curso da trama de Vingadores: Guerra Infinita, porém este é o primeiro que mostra Bruce conseguindo controlar a personalidade do Gigante Esmeralda.

É bom lembrar que essa teria sido a primeira vez que Bruce se transformaria em Hulk desde o confronto que teve com Thanos a bordo da nave Asgardiana.

Confira o post no Twitter onde a Viúva Negra e o Falcão se encontram com o Hulk completamente dominado pela personalidade de Bruce Baner:

Vingadores: Guerra Infinita

Os Vingadores irão lutar pela primeira vez com o grande vilão Thanos que aos poucos foi  sendo introduzido no Universo Cinematográfico Marvel  e se revelou como sendo a maior ameaça já enfrentada pela equipe.

Vingadores: Guerra Infinita é a terceira sequência da franquia e o décimo nono filme do UCM, sendo que ganhou o posto de quarta produção mais cara da história do cinema ( US$ 320 a US$ 400 milhões), perdendo apenas para Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas, Vingadores: Era de Utron e Vingadores: Ultimato.

O longa foi produzido pelo Marvel Studios e distribuído pelo Walt Disney Studios Motion Pictures e se trata da sequência de Vingadores de 2012 e Vingadores: Era de Utron de 2015. A direção ficou por conta da “dupla dinâmica” Anthony e Joe Russo e o roteiro foi escrito por Christopher Markus e Stephen McFeely.

A crítica especializada disse que além de uma trama densa e grandiosa o filme é o mais intenso do Marvel Studios, superando visualmente qualquer produção do gênero de super-heróis.

Vingadores: Guerra Infinita se tornou a quinta produção e a primeira do gênero de super-heróis a ultrapassar a marca dos US$ 2 bilhões em bilheteria ao redor do mundo, se juntando a Avatar, Vingadores: UltimatoTitanic e Star Wars: O Despertar da Força.

O elenco do longa conta com os atores Robert Downey Jr., Chris Hemsworth, Mark Ruffalo, Chris Evans, Scarlett Johansson, Benedict Cumberbatch, Don Cheadle, Tom Holland, Chadwick Boseman, Paul Bettany, Elizabeth Olsen, Anthony Mackie, Sebastian Stan, Pom Klementieff, Danai Gurira, Dave Bautista, Zoe Saldana, Josh Brolin e Chris Pratt.

O Incrível Hulk

Dr. Robert Bruce Banner é um cientista que foi atingido por raios gama durante um teste militar. Ao invés de morrer no acidente, Banner sofreu uma mutação genética e foi condenado a uma vida compartilhada com o seu lado mais obscuro, o também chamado Hulk.

Hulk Marvel
Imagem: Hulk/ Marvel Comics

Veja mais novidades sobre o Universo Cinematográfico da Marvel em:

Uma curiosidade é que inicialmente o personagem foi imaginado com uma cor acinzentada, mas por causa de problemas na impressão dos quadrinhos, ele apareceria em um tom esverdeado. Desde então ele se tornou o “Gigante Esmeralda” que tanto amamos.

O personagem foi criado pelas lendas Stan Lee (1922-2018) e Jack Kirby (1917-1994) aparecendo pela primeira vez na revista The Incredible Hulk n°1, lançada no mercado americano pela Marvel Comics em maio de 1962.

Outro fato peculiar é que em suas primeiras histórias a metamorfose de Bruce Banner acontecia apenas à noite, como se fosse uma maldição similar à dos lobisomens. Porém os criadores logo chegaram ao acordo de que  Hulk passaria a surgir toda vez que o Dr. Banner ficasse enfurecido.

Os direitos do Hulk

Apesar de estar presente nos filmes dos Vingadores o Marvel Studios não possui todos os direitos do Hulk.

Na metade da década de 90 quando estava a beira da falecia a Marvel Comics vendeu os direitos de seus personagens mais conhecidos como X-Men, Homem-Aranha, Quarteto Fantástico, etc.

Mais tarde com a volta da estabilidade os direitos de produção do Hulk voltaram para a Marvel, mas a distribuição dos filmes continuaria com a Universal Pictures. Este se tornou um grande obstáculo para que se produza um filme solo do personagem.

Ao invés de negociar por todos os direitos do Hulk a Marvel resolveu arquitetar um arco dentro de outros filmes. Esta ideia pode não agradar os fãs mais “hardcore”, porém funciona para o estúdio que pode aproveitar o personagem e contar sua história sem a necessidade de fazer uma produção isolada.

A próxima produção do Marvel Studios a chegar aos cinemas, será o filme solo da Viúva Negra que vai ser responsável por abrir a fase 4 do UCM. Com direção da australiana Cate Shortland, o longa irá dar mais detalhes sobre o passado da protagonista, além de introduzir Yelena Belova que assumirá o legado de Natasha Romanoff.

Não marque bobeira!!!

Fique por dentro das novidades sobre o Universo Cinematográfico da Marvel em nossa página Proddigital POP e também siga nossas redes sociais Instagram, Twitter, Facebook e Pinterest para não perder nenhuma novidade no universo da cultura POP!!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários