Os leitores de quadrinhos já estão acostumados com artistas que não medem esforços para criar suas sagas gigantescas e personagens cada vez mais insanos. Fizemos uma lista com os 15 vilões mais poderosos da DC Comics, que sozinhos, causaram crises capazes de alterar todo o curso no Universo da editora.

Seres que podem destruir cidades, países, planetas, galáxias e que nem sequer sentem remorso ou compaixão. Não é à toa que os heróis muitas vezes precisam unir suas forças para lidar com o tamanho dessas ameaças.

Além disso, personagens que não são entidades cósmicas ou forças do submundo, também podem usar de toda sua maldade e inteligência para dar início à grandes planos de destruição, que exigem todo um esforço coletivo das super-equipes.

Na verdade, a DC tem vilões capazes de destruir mais de um multiverso por vez com seus imensos poderes. Saiba um pouco sobre cada um deles, e decida qual é o pior de todos:

Flash-Reverso

Vilões mais poderosos
Imagem: Flash-Reverso/ DC Comics

Começamos nossa lista com o Flash Reverso, também conhecido como Professor Zoom, que é o grande arqui-inimigo do Flash nas HQ’s. Ele foi criado em 1963 por John Broome e Carmine Infantino para ser a contraparte do Velocista Escarlate.

Eobard Thawne veio do ano 2466, de onde tentou replicar o experimento que deu os poderes à Berry Alen, para se tornar o Flash. Mas seu plano não correu como desejado e ele ficou mentalmente instável e completamente desfigurado.

Tawne gastou toda sua fortuna em cirurgias para concertar os danos e também para ficar com seu rosto igual ao de Barry. Ele usou seus novos poderes para voltar no tempo, descobrindo que o Flash foi responsável por sua morte.

Ele se auto intitulou como Flash Reverso e viajou novamente para o passado para matar a Mãe de Barry Allen, Nora Allen. Este foi o momento em que a rivalidade entre os dois personagens nasceu.

Além da sua velocidade, que é quase tão poderosa quanto a de Barry Allen, o Eobard Thawne criou a sua própria Força de Aceleração, chamada Força de Aceleração Negativa, de onde consegue criar imagens alternativas de si mesmo.

O Flash Reverso pode ainda viajar no tempo, criar tornados e também absorver a juventude de outras pessoas, sem contar que foi o grande responsável pelo “Flashpoint”, um evento que alterou muitos aspectos do Multiverso e deu origem aos Novos 52.

Por todos esses motivos, ele pode sem dúvidas, ser considerado como um dos vilões mais poderosos da DC Comics, e talvez uma das maiores mentes do universo da editora.

Darkseid

Darkseid
Imagem: Darkseid/ DC Comics

Darkseid ou Uxas provavelmente é o vilão mais temido pela Liga da Justiça e considerado por muitos, como o mais perigoso de todos. Como se não fosse suficiente seus poderes insanos, ele ainda controla um planeta inteiro cheio de parademônios, que dariam sua vida pelo líder.

O personagem é uma criação de Jack Kirby e surgiu pela primeira vez em 1970, na edição #134, de Superman’s Pal Jimmy Olsen. Entretanto, ele só viria a ter mais destaque na revista “Novos Deuses”, onde teve sua origem revelada.

Na história é revelado que Darkseid faz parte de uma raça denominada de Os Novos Deuses, que surgiram após uma guerra que dizimou uma raça de deuses antigos, criando um big bang que formaria os planetas Apokolips e Nova Gênesis.

Nova Gênesis é regida pelo Pai Celestial, um mundo de luz e ordem, enquanto Apokolips é regida por Darkseid. O planeta formado de fogo e metal, é liderado sobre uma política ditatorial por Uxas, o nome anterior do vilão e membro da família real de Apokolips

Uxas foi capaz de assassinar o seu irmão Drax, (o verdadeiro herdeiro do trono) que tinha direito ao poder ômega, apenas para ter acesso a esta força que é capaz de salvar ou destruir mundos.

Ele toma o planeta inteiro e também ordena que matem sua mãe, a Rainha Heggra, se auto intitulando Darkseid e se tornado desde então, um dos vilões mais poderosos da DC Comics.

Darkseid é um dos Novos Deuses, tendo condições físicas e intelectuais privilegiadas, com agilidade sobre-humana, força sobre-humana, alta resistência, super-velocidade, imortalidade, telepatia e além disso, o raio ômega que foi adquirido ao matar seu irmão Drax.

Seu principal objetivo nas HQ’s é subjugar todo o universo, mas sem dizimar a vida já existente. Para o senhor de Apokolips, o domínio sobre o livre arbítrio é o caminho para a sua conquista, podendo assim, remodelar o universo ao seu modo.

Para alcançar a sua meta o vilão procura incansavelmente pela Equação Anti-Vida, um conceito criado por Jack Kirby durante a saga do “Quarto Mundo“. Aquele que conhece a fórmula, é capaz de dominar a vontade de todas as criaturas.

No arco conhecido como “Crise Final“, Darkseid consegue finalmente obter o conhecimento sobre a equação, atacando a Terra e tentando escravizar todo o planeta.

Superboy Primordial

Superboy Primordial
Imagem: Superboy Primordial/ DC Comics

Superboy-Prime é a versão de Kal-El da Terra-Prime, criado por Elliot S! Maggin e Curt Swan antes da “Crise das Infinitas Terras“.  Em seu universo, Lara e Jor-El eram cientistas que o mandaram para a Terra usando uma máquina de teletransporte.

Ele é considerado por muitos, como a versão mais poderosa do Superman no multiverso da DC. Além de possuir todas as habilidades e poderes do Homem de Aço, ele ainda tem imunidade à magia e à Kriptonita, visto que em sua realidade, Kripton não explodiu, mas foi engolido pelo Sol vermelho.

Na Terra-Prime, os super-heróis da DC existem apenas nos quadrinhos, e foi de onde o nome de Clark foi tirado, o que lhe rendeu o apelido de Superboy durante seu período na escola.

O Superboy-Prime consegue aumentar seus poderes através de uma armadura que armazena a luz do Sol amarelo. Além disso ele recebe os poderes de um dos Guardiões do Universo.

Na “Crise nas Infinitas Terras”, ele descobre seus poderes e se encontra com o Superman da Terra-1. Durante os eventos, seu universo é destruído enquanto ele luta ao lado de suas versões contra o Antimonitor.

Depois disso o Superman Prime se une a Alex Luthor Jr. da Terra 3 em uma dimensão paraíso, onde passa anos isolado, sendo manipulado e perdendo sua consciência no processo.

É a partir daí, ele se descontrola em busca de recriar seu mundo de origem, socando as barreiras da realidade, e dando início à “Crise Infinita”. Nessa saga, ele é derrotado pelo Superman e é aprisionado dentro de um Sol vermelho.

Por esse motivo, com certeza ele pode ser considerado como um dos vilões mais poderosos da DC Comics e um adversário muito difícil para os heróis da Liga da Justiça.

Larfleeze

Larfleeze
Imagem: Larfleeze/ DC Comics

Como parte do arco “A Noite Mais Densa”, Larfleeze entra facilmente para a lista dos vilões mais poderosos da DC Comics. Ele foi criado por Geoff Johns e Philip Tan, sendo capaz de enfrentar toda a Tropa dos Lanternas Verdes, de uma só vez.

O vilão é alimentado pela energia laranja da avareza, sendo tão poderoso que, logo em sua primeira aparição, deixou o Superman assustado com sua força.

Larfleeze possui as mesmas habilidades das outras tropas, como voo, projeção astral e a capacidade de criar construtos a partir de seu anel. Contudo, ele é o único que possui o Anel Laranja, tendo o poder de um tropa inteira concentrado.

Além disso, ele sempre carrega sua bateria consigo e também é capaz de roubar as almas dos inimigos para que se juntem a ele como escravos. Por concentrar a força de uma tropa inteira de Lanternas, o personagem pode ser considerado como um dos vilões mais poderosos da DC Comics.

Em uma missão para roubar uma grande quantidade de tesouros e relíquias do planeta Maltus (o antigo lar dos Guardiões) ele e seus comparças encontram uma caixa que continha Parallax e um mapa antes pertencente a Krona.

Eles usam o mapa que os leva até Okaara no sistema Vega e acabam encontrando a Bateria Central da Lanterna Laranja no subsolo de um antigo palácio. Os ladrões entram em um conflito pelo poder e Larfleeze acaba vencendo, se tornando assim, o único Agente Laranja.

General Zod

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: General Zod/ DC Comics

O General Dru-Zod é um dos maiores antagonistas das HQs do Homem de Aço, sendo que apareceu pela primeira vez na revista Adventure Comics #283 em 1961, criado por Robert Bernstein e desenhado inicialmente por George Papp.

Ele é um dos kryptonianos sobreviventes à destruição de seu planeta, e assim como Cal-El, ao ser bombardeado pela radiação do Sol Amarelo, desenvolveu imensos poderes, que vão desde super-força, super-velocidade e alta resistência, até seu feixe de calor dos olhos e a habilidade de voar.

Quando criança, Zod ficou orfão depois de perder seus pais em uma expedição cientifica malsucedida no deserto de Krypton. O menino sobreviveu sozinho até ser resgatado por Jor-El e Zor-El, os pais de Cal-El.

Ele tornou-se um soldado distinto no exército kryptoniano e ficou preocupado com as violentas espécies alienígenas vizinhas de Krypton, os Char. Embora eles estivessem permanecidos pacíficos por vinte e sete anos, o General estava frustrado com a atitude de seus irmãos Kryptonianos em relação a eles.

Zod montou um grupo de seguidores, recrutando seus tenentes Faora e Non, e projetou uma operação, criando e liberando uma criatura parecida com um Char na população de Krypton para justificar uma retaliação.

No entanto, Jor-El descobriu o plano e o Conselho de Ciência Kriptoniano considerou Zod culpado de traição, condenando ele e seus comparsas a serem exilados na Zona Fantasma.

Mesmo estando preso ele bolou um plano que envolvia o monstro conhecido como o Apocalypse, que também era mantido no local. Eles libertaram a fera de seu cativeiro e o lançaram através dos limites da Zona Fantasma, enfraquecendo-a e permitindo sua fuga.

O General Zod jurou se vingar de Jor-El, e sua primeira ação ao se libertar, foi ir atrás do filho que tinha sido enviado para a Terra. Por se equiparar aos poderes do Superman, e ainda ter um grande conhecimento em táticas de guerra e treinamento militar, ele pode ser considerado como um dos vilões mais poderosos da DC Comics.

Krona

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Krona/ DC Comics

Krona é incrivelmente poderoso e por ser um dos Guardiões do Universo, é simplesmente imortal. Não fosse suficiente, ele também é quase imbatível, tanto física quanto mentalmente.

Dada a sua composição, ele pode transformar em antimatéria, qualquer ser que absorva em seu corpo. Todos estes fatores, já fariam dele um dos vilões mais poderosos da DC, mas sua história prova que suas atitudes podem ir além disso.

Ele apareceu pela primeira vez na revista “Green Lantern” Vol. 2 # 40 em outubro de 1965 e foi criado pelo escritor John Broome e pelo artista Gil Kane.

Nascido no planeta Maltus, Krona é um cientista que ficou obcecado em observar a origem do universo, apesar de haver uma antiga lenda, dizendo que a descoberta desse segredo causaria uma grande calamidade.

Ele constrói uma máquina capaz de atravessar a barreira temporal e consegue atingir seus objetivos, tendo um vislumbre da mão da criação depositando a partícula que se tornaria o cosmos inteiro.

Krona havia ignorado os avisos de seus colegas cientistas, e neste momento, o Universo Anti-Matéria foi criado, desencadeando todo o mal no cosmos e o nascimento do Monitor e do Anti-Monitor.

Como punição por este ato, ele foi transformado em pura energia por seus companheiros Oans e condenado a vagar para sempre pelo cosmos. A atitude do vilão foi o que incentivou os Oans a se tornarem os Guardiões do Universo.

Brainiac

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Brainiac/ DC Comics

Brainiac, um dos antagonistas mais emblemáticos nas histórias do Superman e provavelmente um dos vilões mais poderosos da DC Comics, tanto por sua inteligência, como por sua grande capacidade de destruição.

Ele apareceu pela primeira vez na revista Action Comics #242 em julho de 1958, quando veio à Terra para encolher várias cidades (incluindo Metrópolis), armazenando-as em frascos com a intenção de usá-las para restaurar Bryak, seu planeta natal.

Ao combater Brainiac, Superman descobriu que ele tinha encolhido a cidade kryptoniana de Kandor. Após recuperar o frasco, ele o guarda em sua fortaleza da Solidão para procurar uma maneira de trazer os habitantes ao normal.

Brainiac era um supercomputador desenvolvido por Jor-El para ajudar o Alto Conselho de Krypton. Quando o planeta entrou em colapso, os membros do conselho foram perguntar-lhe se Jor-El estava certo, e mesmo sabendo que sim, ele mentiu, afirmando que Krypton passava apenas por uma mudança orbital temporária.

Ele o fez para que pudesse secretamente baixar-se em um satélite e escapar da destruição do planeta, ao invés de ser condenado a perder tempo para preparar um plano de evacuação.

De acordo com sua programação, a sobrevivência do conhecimento de Krypton era mais importante do que a de seu povo. Antes que o planeta explodisse, ele baixou toda a informação do planeta que pode em um satélite.

Anos mais tarde, Brainiac foi encontrado por uma espaçonave alienígena, a qual sequestrou e matou toda a tripulação, começando então, sua exploração pelo universo.

Quando encontra um mundo habitado, ele faz upload de todo o conhecimento existente e na sequência causa a destruição do local. Junto com os dados brutos, ele também absorve qualquer tecnologia útil, aperfeiçoando-se mais a cada mundo que visita.

Brainiac teve várias versões nos quadrinhos, que acompanharam as reformulações feitas pela DC Comics. Bainiac 5 por exemplo, utilizava seu intelecto de nível 12 para ajudar as forças do bem, entrando para a Legião junto com a Supergirl por quem se apaixonou.

Parallax

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Parallax/ DC Comics

Parallax é uma entidade parasita que nasceu no início da criação como a encarnação consciente do medo, que migrava de mundo em mundo, onde fazia que civilizações inteiras se destruíssem.

Milhões de anos depois, ele foi selado dentro de uma caixa que ficou escondida no planeta Maltus, a terra natal dos seres que eventualmente evoluíram para os Guardiões do Universo.

A caixa foi encontrada por Larfleeze durante um assalto e posteriormente recuperada pelos Guardiões do Universo, que prenderam Parallax dentro da Bateria Central de Oa.

Lá ele foi mantido por bilhões de anos, e sua verdadeira natureza foi escondida, para evitar que alguém tentasse libertá-lo. A entidade passou a ser conhecida como “a impureza amarela”.

Aos poucos, Parallax enfraqueceu o poder dos anéis com o seu espectro emocional, portanto, apenas alguém com a força de vontade para superar o medo, poderia dominar o seu anel de poder.

Quando Sinestro foi aprisionado na Bateria Central de Poder, foi capaz de absorver um pouco do poder de Parallax, e acabou despertando a entidade maligna.

Como a personificação do medo, Parallax é capaz de gerar e manipular grandes quantidades de energia, podendo usar todas as habilidades de um anel amarelo, só que mais intensamente.

Também é capaz de criar construções sólidas de energia, chegando a criar uma duplicata de Sinestro tão convincente, que Hal Jordan pensou realmente ter matado o seu antigo amigo.

Parallax tem a capacidade de projetar o medo, afetando até mesmo seres como o Superman, Mulher Maravilha, Ravena e Senhor Destino, esse poder não é efetivo contra aqueles que são capazes de superar o medo interior, como os lanternas da terra.

O supervilão é capaz de instalar o mais puro e destilado medo em seu adversário que pode ser tanto um único indivíduo quanto toda a população de um planeta. Além do controle mental, controlar a passagem do tempo, voar e alterar suas dimensões.

Nekron

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Nekron/ DC Comics

O Guardião original do universo, responsável pela escuridão que existia antes de tudo, Nekron é o grande antagonista do arco “A Noite Mais Densa”, podendo ser considerado como um dos vilões mais poderosos da DC Comics.

Ele é a personificação da morte e governante de um submundo adjacente ao Inferno que também parece com muito com o Purgatório. É o lugar onde as almas dos mortos aguardam a passagem para a sua residência definitiva para o Céu ou para o Inferno.

Depois que Krona foi condenado ao exílio, a energia de alguma forma atingiu o reino de Nekron, e uma fenda se abriu entre as dimensões, devido ao paradoxo de um imortal agora estar no reino dos mortos.

Desejando o mundo dos vivos, mas sendo demasiadamente grande para atravessar a fenda, Nekron recria Krona como um morto-vivo de enorme poder. Ele monta um exército de espíritos igualmente-restaurados para matar os Guardiões do Universo.

O vilão deseja o colapso do universo, de modo a recriá-lo de acordo com seus próprios anseios. O exército liderado por Krona, assassina os Guardiões e vários Lanternas Verdes, destruindo a Bateria Central.

Hal Jordan consegue reunir seus companheiros Lanternas para atacar Krona com a carga que ainda permanece em seus anéis. Nekron é derrotado quando Jordan entra no reino dos mortos e incita os espíritos dos Lanternas recém-mortos a se rebelarem contra ele.

Essa distração enfraquece Krona, dando aos Guardiões, tempo suficiente para bani-lo do reino dos mortos e fechar a fenda com Jordan ainda lá dentro. O espírito de Abin Sur, o ajuda a escapar do submundo.

Nekron é capaz de matar qualquer criatura apenas ao tocá-la e também pode convocar qualquer super-herói morto para lutar ao seu lado como um zumbi. Ele retira sua energia das almas e espíritos de todos aqueles que já morreram.

O Anti-Monitor

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Anti-Monitor/ DC Comics

Responsável por uma das maiores sagas da DC Comics, a “Crise nas Infinitas Terras“, o Anti-monitor causou mais destruição e morte que qualquer outro vilão nos inúmeros multiversos da editora.

O arco é considerado por muitos fãs, o crossover mais importante da história da editora, sendo que nesta história, o Multiverso deixou de existir por conta das ações do vilão.

A dimensão de Antimatéria foi o resultado acidental do experimento de Krona, um cientista do planeta Maltus, que desejava testemunhar o nascimento do Universo. Suas ações ajudaram indiretamente a criar Monitor e Anti-monitor.

Enquanto Monitor era benevolente, Anti-monitor rapidamente se estabeleceu como um conquistador implacável em seu universo. O Monitor sentia o domínio de sua contraparte e decidiu cruzar o universo de Antimatéria para confronta-lo.

A guerra entre os dois durou um milhão de anos, até que um brutal ataque deixou ambos inconscientes, forma como permaneceram por mais de nove bilhões de anos.

Um dia, o cientista chamado Pária, conseguiu criar um novo universo, mas seus experimentos acabaram por despertar tanto o Anti-Monitor quanto o Monitor.

O vilão destruiu esse mundo, e ao notar que a destruição da matéria positiva o deixou mais poderoso, decidiu fazer o mesmo em todos os universos, dando início à famosa “Crise nas Infinitas Terras”.

Sua primeira aparição nos quadrinhos se deu em “Crise nas Infinitas Terras” #2, embora tenha permanecido nas sombras até “Crise nas Infinitas Terras” #5, sendo destruído em “Crise nas Infinitas Terras” #12.

O Anti-Monitor consegue aumentar seu poder ao consumir pósitrons, podendo combater simultaneamente vários heróis, mesmo que estejam em diferentes dimensões.

Ele possui um tamanho gigantesco, uma incrível força destrutiva e a habilidade de efetuar dobras espaciais, ganhando atalhos para qualquer ponto do espaço.

Imperiex-Prime

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Imperiex-Prime/ DC Comics

O Imperiex ou “Devorador de Galáxias”, é sem dúvidas, um dos vilões mais poderosos da DC, isso se não for o maior deles, sendo necessários não só heróis, mas também malfeitores como o Mongul e Apocalypse, na luta contra ele.

O personagem foi criado por Jeph Loeb e Ian Churchill para a revista “Superman” #153, se tornando o maior antagonista da saga Mundos em Guerra, publicada pela DC Comics em 2001.

O arco teve início a partir da chegada dessa poderosa entidade cósmica à Terra, que tinha o intuito de destruí-la, para dar início a um processo de purificação que se alastraria por todo o universo.

Imperiex percebe a existência de alguma anomalia que precisa ser corrigida, e começa a cruzar o espaço-tempo destruindo tudo, em direção ao nosso planeta, iniciando assim, um novo Big Bang para reconstruir tudo perfeitamente.

Todos se unem para lutar contra a entidade, e num esforço conjunto, conseguem envia-lo para bilhões de anos no passado, durante o Big Bang. Antes de ser destruído, o vilão percebe que a imperfeição que precisava ser corrigida no universo, era ele próprio.

Mas guerra contra Imperiex não foi ganha sem baixas, onde pelo menos oito milhões de pessoas na Terra morreram. O número total de perdas é considerado incalculável, incluindo vários heróis e vilões como a Rainha Hipólita, Maxima, Aquaman, Apocalipse e Guy Gardner.

Sendo personificação da entropia, Imperiex assume a forma de pura energia contida dentro de uma armadura humanoide, de tamanho colossal. Ele é um dos seres mais antigos e fruto da própria radiação gerada pelo Big Bang.

Trigon

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Trigon/ DC Comics

O pai da Ravena dos Jovens Titans, Trigon é um dos vilões mais poderosos da DC, após o reboot com os Novos 52. Um deus de pura maldade, Trigon se alimenta da destruição que ele causa nos mundos por onde passa.

O personagem apareceu parcialmente pela primeira vez em “New Teen Titans” # 2 em dezembro de 1980 e sua estreia de fato foi na revista New Teen Titans # 4, sendo criado por Marv Wolfman e George Pérez.

Um demônio sádico, cruel e perigoso de origem extradimensional, Trigon é o resultado do acasalamento entre um membro feminino de uma seita mística e o misterioso “deus” que eles adoravam.

A criança absorveu toda a energia negativa residual dos habitantes de Azarath, transformando-se na sua personificação. Em seu nascimento, ele matou todos ao redor, incluindo a própria mãe.

Com apenas um ano de idade ele dominou seu planeta, e aos trinta, já havia conquistado diversos mundos existententes em sua dimensão. Mas seu objetivo se tornou a Terra, e para isso ele seduziu uma mulher chamada Arella, com quem acabou tendo uma filha.

Raven foi treinada por integrantes de um culto extra-dimensional em Azarath, onde nasceu. Isso foi necessário para controlar suas emoções e suprimir os poderes demoníacos que herdou de Trigon.

A garota sabia das intenções de seu pai e jurou impedi-lo, inicialmente tentando se aproximar da Liga da Justiça. Eles a recusaram seguindo o conselho de Zatanna, que percebeu sua ascendência demoníaca.

Em desespero, ela se juntou aos Jovens Titans que finalmente foram capazes de derrotar Trigon e selá-lo em uma prisão interdimensional. No entanto, Raven ainda precisa lutar contra a influência de seu pai, pois ele não foi completamente destruído.

Mr. Mxyzptlk

Vilões mais poderosos da DC
Imagem: Mr. Mxyzptlk/ DC Comics

Mr. Mxyzptlk é um ser da quinta dimensão que tem poderes incompreensíveis, capazes de destruir multiversos inteiros. Ele é um dos vilões mais poderosos da DC, e só não é o pior da lista, pois está mais preocupado em se divertir do que causar destruição e mortes.

O personagem é presença constante nas histórias de Superman, sendo criado por Jerry Siegel e Joe Shuster para a revista “Superman” vol.1 #30, publicada em etembro de 1944.

Ele sobreviveu à “Crise nas Infinitas Terras” sem sofrer alterações, contudo os seus atos começaram a ser ainda mais inconvenientes. A única adição feita ao personagem foi o fato de agora ele ser capaz de quebrar a quarta parede, se dirigindo ao leitor, e chegando até a fazer comentários relativos aos autores.

Basicamente, Mxyzptlk consegue fazer tudo o que quiser e se na realidade o seu objetivo fosse mesmo destruir o Superman, ele só teria que desejar para que isso acontecesse.

O personagem costuma ter um senso de humor extremamente mórbido, mas em algumas histórias, atua meramente como um palhaço. Ele pode, por exemplo, dar vida a objetos, animar figuras de desenho, alterar forma e propriedades da matéria, teleportar-se e ficar invisível.

Na verdade, Mxyzptlk pode até mesmo destruir uma dimensão por completo, e já ficou provado que seria capaz de destruir todo o Multiverso, o espaço e o tempo.

A explicação mais plausível para estes poderes é que os habitantes de Zrfff, como seres pentadimensionais, realizam feitos muito superiores a nós, que poderíamos realizar feitos superiores a seres bidimensionais.

Edwin Gauss, o Homem Dobrável, por exemplo, tem um traje que lhe permite tornar-se tetradimensional, podendo enxergar a nossa realidade de todos os lados, de forma que Mxyzptlk é pentadimensional, sendo superior até mesmo a isso.

Outra explicação é que os seus poderes seriam o fruto de uma tecnologia super avançada criada na quinta dimensão e chegou até mesmo a ser confundida com magia.

Como os seus poderes não eram o bastante para derrota-lo, Superman teve que usar o seu intelecto para fazer com que ele voltasse ao seu mundo, algo que só acontece quando Mxyzptlk fala o seu nome ao contrário (Kltpzyxm).

Apocalypse

Apocalypse
Imagem: Apocalypse/ DC Comcs

Um ser que nasceu antes da própria sociedade Kriptoniana e que já foi respopnsável até mesmo pela morte do Homem de Aço. Pode-se dizer que Doomsday ou Apocalypse é a maior máquina mortífera e um dos vilões mais poderosos da DC.

O personagem foi criado pelo artista e escritor Dan Jurgens com o objetivo de introduzir um vilão capaz de vencer e matar o Superman. Ele foi apresentado na revista “Superman: The Man of Steel” #17, publicada em 1992.

Apocalypse é o fruto de diversos experimentos realizados em Krypton durante a pré-história, por um cientista chamado Bertron. Isso aconteceu milhares de anos antes dos kryptonianos se tornarem a espécie dominante do planeta.

O objetivo deste cientista era criar o ser vivo perfeito, e para isso, ele utilizou um bebê humanoide e o lançou ao ambiente voraz de Krypton, onde a criança foi instantaneamente morta pelas criaturas que habitavam o planeta naquela época.

Em seguinte, o cientista recolheu os restos de DNA do bebê para criar um clone que fosse mais evoluído. Ele repetiu esse processo várias vezes, fazendo com que a criança evoluísse com cada reencarnação, até que finalmente ela sobreviveu.

A cada clonagem, o bebê evoluía centenas de anos, criando pele cinza e saliências ósseas, bem como ausência de órgãos internos. Um dia, ele se tornou poderoso o bastante para exterminar todos os monstros que infestavam o planeta Krypton.

Não muito tempo depois, o Apocalypse retornou para a base onde Bertron realizava suas experiências e matou todos os cientistas, fugindo do planeta em seguida, utilizando uma nave alienígena.

Chegando a um planeta chamado Calaton, a criatura destruiu tudo o que encontrava no planeta. Quando apenas a capital existia, um grupo de sábios criou uma máquina onde, em sacrifício, a força vital da Família Real seria criado um ser chamado Radiante.

O Radiante foi capaz de matar Apocalypse e os calatonianos fizeram uma espécie de ritual para que o seu espírito não se levantasse na outra vida. Eles enviaram-no para o espaço astral onde ficaria à deriva, caso não tivesse atravessado uma chuva de asteroides.

Quando o Apocalypse chegou na Terra e reconheceu o DNA kryptoniano do Superman, ele fez do herói seu alvo. Depois de uma batalha visceral, os dois oponentes não aguentaram seus ferimentos e caíram “mortos”.

Os constantes experimentos que fizeram com que o bebê humanoide se transformasse no Apocalypse, atribuíram a ele, um profundo ódio por todos os seres vivos, transformando-o em uma máquina mortífera.

O super-vilão não possui consciência e vive de puro instinto, sendo movido pelo ódio que sente. Dessa forma, seu único objetivo é acabar com todo e qualquer tipo de vida.

Gog

Gog
Imagem: Gog/ DC Comics

Gog é uma divindade extremamente poderosa, que se mantém transitando entre as boas ações e a pura selvageria. A primeira versão foi introduzida em “New Year’s Evil: Gog” # 1, publicada em fevereiro de 1998, sendo criado por Mark Waid e Jerry Ordway.

A entidade fazia parte da raça dos Velhos Deuses do Terceiro Mundo, até que uma guerra pela supremacia do Universo teve início. Sabendo que a batalha levaria a uma destruição sem limites, ele decidiu abandonar seus irmãos e partiu pelo Multiverso, se estabelecendo na Terra.

Gog permaneceu durante séculos dentro de uma caverna, onde era adorado como uma espécie de divindade pelos moradores do local. Ele mantinha um cajado como elo de ligação com a humanidade e acabou ficando adormecido, sendo esquecido com o passar do tempo.

Anos depois, um jovem explorador chamado William Matthew encontrou o local, e quando tocou o artefato, recebeu os poderes da entidade. Contudo, ele também obteve as visões da Terra-22, onde os heróis falharam em proteger o mundo.

Acreditando que aquele fosse o futuro do planeta, ele acabou injustamente cometendo vários atos de genocídio contra os meta-humanos da sua realidade.

Suas habilidades incluem viajar no tempo, sentidos extremamente aguçados, velocidade suficiente para interceptar o Flash, força sobre-humana consideravelmente maior do que a do Superman e grande inteligência.

Gog é virtualmente invencível, sendo capaz de se curar rapidamente, além de ser autossustentável, capaz de voar, se teletransportar e de projetar rajadas de energia.

DC Comics
Imagem: DC Comics/ Logotipo

E aí nerd, o que achou da nossa lista? Deixe nos comentários se tiver alguma opinião diferente sobre os vilões mais poderosos da DC Comics!!

E não marque bobeira!!!

Fique por dentro de todos os personagens dos quadrinhos na página Proddigital POP e também siga nossas redes sociais InstagramTwitterFacebook para não perder nenhuma novidade da cultura POP!!

 

Leia Mais:

 

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários