Logo da empresa SystemSoft Alpha
SystemSoft Alpha - Divulgação
Fundação:1 de abril de 1999
SedeJapão
FundadorGrupo de desenvolvedores japoneses
Atuais donosJapan Software Co., Ltd., a SystemSoft Beta
Países que operaAtuação Global
O que ofereceDesenvolvimento de software, principalmente jogos, com destaque para a série “Daisenryaku”

A SystemSoft Alpha é uma empresa japonesa de desenvolvimento de softwares, e que atuou por mais de 20 anos no mercado de jogos eletrônicos. Dentro desse setor gamer, a marca deu continuidade aos trabalhos da empresa e tem todo o seu legado continuado atualmente pela SystemSoft Beta.

Nesse artigo, você irá conhecer mais profundamente a história da empresa, e entender melhor essa ligação entre as referidas marcas e desse processo de continuação que o catálogo de jogos da desenvolvedora conseguiu alcançar, graças a passagem de bastão de uma empresa a outra ao longo do tempo.

Enquanto ativa no universo gamer, a SystemSoft Alpha desenvolveu uma série de jogos de simulação estratégica, principalmente militares, que é um campo muito popular no Japão.

Dentre suas franquias mais conhecidas, vale o destaque para Daisenryaku e Master of Monsters, que conseguiram romper as barreiras do mercado oriental e chegar também em outros locais, inclusive nas Américas.

Continue depois da publicidade

Quando a SystemSoft Alpha foi fundada?

A SystemSoft Alpha iniciou sua história no dia 1 de abril de 1999, no bairro Higashi, cidade de Shibuya, Tóquio, Japão.

Quem são os fundadores da SystemSoft Alpha?

A marca foi fundada através da ação de um grupo de desenvolvedores japoneses, com o apoio direto da empresa SystemSoft.

Quem são os atuais proprietários da SystemSoft Alpha?

Atualmente, a SystemSoft Alpha não existe mais como uma desenvolvedora de jogos. No entanto, todo o seu legado é continuado pela divisão gamer da Japan Software Co., Ltd., a SystemSoft Beta.

O que a SystemSoft Alpha oferece?

Como mencionado, a SystemSoft Alpha atua dentro do mercado de desenvolvimento de softwares. No entanto, foi como uma desenvolvedora gamer que a empresa surgiu e conseguiu alcançar seu sucesso.

Continue depois da publicidade

Proprietária, por muito tempo, de franquias gamers como Daisenryaku e Master of Monsters, a marca desempenhou um papel importante para a evolução do setor, principalmente no mercado japonês, onde sua atuação era mais forte.

Atuação no mercado de língua inglesa

Ao falar sobre o que a SystemSoft Alpha oferece, ou oferecia quando ativa nesse cenário, é impossível não falar sobre sua distribuição. Isso porque não foram muitos dos seus jogos que ganharam uma tradução para alcançar os mercados de língua inglesa.

Nesse caso, uma das principais razões para essa expansão pouco significativa internacionalmente foi o seu foco em produzir jogos para a plataforma NEC PC-9801, uma linha japonesa de computadores pessoais produzidos pela NEC, e que foi um grande sucesso no fim do século XX, no país. Ou seja, não foram muitos os títulos originais da empresa que ganharam expansões para consoles como o Playstation, por exemplo.

Outro ponto importante é que, fora de suas produções originais, muitos dos jogos da SystemSoft Alpha eram remakes de títulos inicialmente desenvolvidos pela Infocom, também voltados para o PC-98. Dentre os exemplares, temos títulos como Enchanter, Moonmist e Planetfall.

Continue depois da publicidade

Assim, sendo essa uma marca americana, os jogos, agora remasterizados, já haviam chegado nos mercados de língua inglesa anteriormente, pelas mãos de sua desenvolvedora original.

Um pouco da história da empresa

A história da SystemSoft Alpha começa no ano final da década de 90, um período de grande ascensão do mercado de jogos. Nesse caso, como já mencionado, tudo surgiu através das ações de um grupo de desenvolvedores japoneses, com a colaboração de outra marca anterior, a SystemSoft, que já atuava com soluções de sistemas e marketing desde 1979, e também possuía projetos próprios no universo gamer, tendo inclusive lançado alguns jogos de sucesso até então.

A Alpha surgiu justamente para explorar mais ativamente esse cenário gamer, sendo nomeada na época como Alphashock Co., Ltd., seu primeiro nome oficial. Todo o capital para a fundação do grupo foi de 1,995 milhões de ienes, sendo que cerca de 25,1% desse valor se deu através do investimento da System Software Co., Ltd.

O nascimento da SystemSoft Alpha em si

No ano de 2001 a SystemSoft  acabou vendendo a parte que lhe pertencia da Alpha Shock, que tornou-se assim uma marca totalmente independente. Com esse processo, todos os investimentos ligados ao campo de jogos também acabaram migrando para a nova empresa, que “herdou” os títulos lançados até o período.

Continue depois da publicidade

Nesse mesmo ano, a Alpha Shock optou por mudar o seu nome para SystemSoft Alpha Corporation. De toda forma, apesar da clara semelhança das nomenclaturas, a partir desse ponto, ambas as marcas passaram a seguir seu próprio caminho, sem manter nenhuma ligação de propriedade entre elas.

O desenvolvimento de jogos

Como todo o setor relacionado ao cenário gamer da SystemSoft passou para as mãos da SystemSoft Alpha, a marca conseguiu partir de uma boa base em seu catálogo.

Seguindo suas próprias diretrizes, a nova marca deu continuidade a séries iniciadas anteriormente, como Daisenryaku series, além de começar a desenvolver novos jogos.

Extinção e renascimento como SystemSoft Beta

A SystemSoft Alpha atuou diretamente no mercado de jogos desde o período de sua fundação. No entanto, no ano de 2020, a empresa deixou de operar no setor. Todo o processo envolveu a Japan Software Co., Ltd., uma outra empresa japonesa que trabalha com o desenvolvimento e edição de jogos de videogame.

Continue depois da publicidade

O fim da marca dentro desse cenário foi bastante similar ao início de sua história. A Japan Software criou uma subsidiária, a SystemSoft Beta, para a qual a SystemSoft Alpha transferiu todo o negócio de desenvolvimento e vendas de jogos. Inclusive os próprios funcionários da divisão gamer também migraram para a nova empresa.

Dessa forma, atualmente, a SystemSoft Alpha, como uma marca atuante no mercado gamer, não existe mais. Quem herdou todo o seu legado foi a própria SystemSoft Beta, que, como o próprio nome permite entender, dá continuidade a sua história, embora seja uma empresa totalmente independente, ligada a outra empresa mãe, que é a Japan Software Co., Ltd.

Quais são os principais jogos da SystemSoft Alpha?

Depois de conhecer a história da SystemSoft Alpha, nada melhor do que conferir alguns dos principais jogos (e franquias) que integraram o catálogo da empresa, e que agora tem sua continuidade pelas mãos de sua sucessora. Acompanhe!

Série Daisenryaku

Daisenryaku é uma das franquias mais icônicas e duradouras da SystemSoft Alpha Corporation, e sua jornada começou em 1985 com o lançamento de “Gendai Daisenryaku” (Modern Great Strategy). Esta série de jogos de estratégia de guerra conquistou um lugar de destaque não apenas no mercado japonês, mas também internacionalmente, ganhando uma legião de fãs dedicados ao longo dos anos.

Continue depois da publicidade

A premissa fundamental de Daisenryaku é a simulação de conflitos militares em uma escala estratégica. Os jogadores assumem o papel de comandantes, tomando decisões críticas em campos de batalha virtuais. O jogo é conhecido por sua profundidade tática e realismo, onde fatores como terreno, clima e suprimentos desempenham um papel crucial no resultado das batalhas.

Uma das características mais relevantes de Daisenryaku é sua adaptabilidade e capacidade de se adaptar a uma ampla gama de plataformas ao longo dos anos. Desde seu lançamento original no NEC PC-98, a franquia expandiu-se para abranger uma variedade de consoles e dispositivos. Dentre eles, estão o PlayStation (1, 2, 3, 4, Portable e Vita), Famicom, Game Boy, Mega Drive, Sega Saturn, Super Famicom, Dreamcast, Nintendo DS, Game Boy Advance, Windows e vários dispositivos móveis.

Essa abordagem diversificada permitiu que a série alcançasse uma audiência mais global em muitos títulos, tornando-se um nome reconhecido entre os entusiastas de estratégia em todo o mundo. Dentre os títulos que integram a franquia, vale mencionar:

  • 1996 – Iron Storm
  • 1997 – Daisenryaku Expert WWII: War in Europe
  • 2001 – Advanced Daisenryaku 2001
  • 2003 – Daisenryaku VII / Dai Senryaku VII: Modern Military Tactics
  • 2005 – Daisenryaku Portable
  • 2006 – Sega Ages Advanced Daisenryaku Doitsu Dengeki Sakusen
  • 2006 – Daisenryaku ONLINE
  • 2013 – Daisenryaku: Dai Tōa Kōbōshi
  • 2018 – Daisenryaku Perfect 4.0   
  • 2019 – Daisenryaku: Daitoua Kōbōshi DX -DainiJi Sekai Taisen

Série Master of Monsters

A série “Master of Monsters” é outra franquia importante do catálogo de jogos da SystemSoft Alpha Corporation, que também abraça o gênero de estratégia, mas com uma boa dose de fantasia. Iniciada em 1988, a saga rapidamente se tornou sinônimo de estratégia e combate em um mundo habitado por criaturas mágicas, encantos e feitiçarias.

Continue depois da publicidade

Os jogadores entram em um mundo rico em magia, onde comandam exércitos compostos por uma variedade de monstros míticos e seres mágicos. Cada criatura possui habilidades únicas, permitindo que os jogadores explorem estratégias criativas nas batalhas.

Cada jogador consegue invocar e também mover monstros ao redor de um tabuleiro, buscando capturar torres e derrotar seus oponentes. Nesse caso, além de jogar com a IA, é possível colocar dois jogadores em um mesmo mapa para que possam disputar entre si.

A série é conhecida por seu sistema de jogo acessível, mas profundamente estratégico, tornando-a atraente tanto para jogadores casuais quanto para estrategistas mais experientes.

Ao longo dos anos, “Master of Monsters” também fez sua jornada por várias plataformas de jogos, proporcionando a fãs de diferentes sistemas a oportunidade de mergulhar na série. Isso inclui versões para consoles como Sega Genesis, Sega Saturn, Playstation, dentre outros.

Continue depois da publicidade

Quanto aos títulos de destaque, vale a referência a Master of Monsters: Disciples of Gaia, de 1998, que fez muito sucesso no mercado norte-americano.

Barbarossa

Lançado em 1992 para o Super Famicom, Barbarossa é um título importante da SystemSoft Alpha que oferece aos jogadores uma visão desafiadora da Segunda Guerra Mundial. Este título de estratégia mergulha na história, focando na operação de mesmo nome, que foi a invasão da União Soviética pela Alemanha nazista e seus aliados do Eixo durante a guerra.

Em Barbarossa, os jogadores assumem o papel de um oficial sênior na Wehrmacht e na SS, as forças armadas e de segurança alemãs, respectivamente. Seu objetivo é liderar as forças alemãs na Frente Oriental e, em última missão, capturar Moscou. O jogo apresenta um desafio estratégico intrigante, onde os jogadores devem equilibrar recursos, movimentar tropas e tomar decisões táticas cruciais.

Um ponto bem interessante de Barbarossa é o fato de que os jogadores contam com uma linha do tempo histórica entre 1941 e 1945, que é o prazo estabelecido para alcançar seus objetivos no jogo. Isso cria uma pressão constante e a necessidade de tomar decisões difíceis, refletindo os desafios reais enfrentados pelos comandantes durante a operação.

Continue depois da publicidade

É importante notar que esse é um jogo que permaneceu principalmente no mercado japonês e, portanto, não recebeu a mesma atenção internacional que outros títulos da SystemSoft Alpha. No entanto, sua abordagem histórica e seu mergulho profundo na Segunda Guerra Mundial o tornam um título interessante para os entusiastas de estratégia e história militar.

Zork

Como um exemplo entre os jogos do catálogo da SystemSoft Alpha que foram remakes de títulos da Infocom, temos Zork. Aliás, esse é um dos títulos mais icônicos na história dos jogos de computador, sendo pioneiro dentro do gênero de aventura textual, responsável por abrir caminho para diversas outras narrativas interativas.

Originalmente, o jogo foi criado por desenvolvedores independentes e lançado em 1977 para o computador mainframe PDP-10. Nesse caso, ele foi puramente baseado em texto, onde os jogadores interagem com o mundo do jogo através de comandos de texto, digitando ações e observações à medida que exploram o Grande Império Subterrâneo abandonado em busca de tesouros e aventuras.

O sucesso inicial de Zork levou ao seu desenvolvimento e expansão pela Infocom (empresa adquirida pela Activision em 1986). A trilogia de jogos resultante, composta por Zork I: The Great Underground Empire, Zork II: The Wizard of Frobozz e também Zork III: The Dungeon Master, foi lançada na década de 1980 para computadores pessoais e conquistou uma base de fãs fiel.

Continue depois da publicidade

A SystemSoft Alpha, nesse caso, criou o remake da saga, agora voltado para o mercado japonês, onde também conseguiu fazer sucesso.

Considerações finais

Como foi possível observar, a SystemSoft Alpha foi uma importante desenvolvedora de jogos japonesa, e que conseguiu também alcançar o mercado internacional, graças a suas sagas de estratégia.

Embora ela própria não atue mais como uma empresa gamer, toda a sua história e catálogo de jogos segue viva nas mãos da SystemSoft Beta, sua sucessora legal atualmente.

Carioca, estudante de Direito, servidora pública e apaixonada por vídeo games, tecnologia e cultura pop em geral. Tenho como hobbies consumir e produzir conteúdos relacionados a esses temas que me interessam, e adoro passar horas adquirindo conhecimento sobre os assuntos que mais gosto, tanto que mantenho um canal no Youtube sobre games há 4 anos. Meu contato com inglês vem de longa data, quando notei que para ter acesso a todo um universo de informações, dominar a língua era fundamental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui