Logo da empresa Hudson Soft
Hudson Soft - Divulgação
Fundação:18 de maio de 1973
SedeTóquio, Japão
FundadorYuji Kudo e Hiroshi Kudo
Atuais donosEmpresa extinta
Países que operaDesenvolvimento e publicação de games
O que ofereceAtuação global

A Hudson Soft foi uma das gigantes na indústria de jogos, e contribuiu bastante para a evolução do setor, durante o período em que esteve em plena atividade. A empresa desenvolveu e publicou vários jogos de sucesso, dentre eles Bomberman, auxiliando também outros trabalhos conhecidos, como Mario Party, da Nintendo.

Neste artigo, vamos mergulhar na história e evolução da Hudson Soft, conhecendo seus fundadores, status atual no mercado, principais títulos desenvolvidos e muito mais. Acompanhe!

Quando foi criado a Hudson Soft?

A Hudson Soft foi fundada no dia 18 de maio de 1973, atuando no mercado de games por quase 40 anos.

Quem criou a Hudson Soft?

A Hudson Soft foi criada pelos irmãos Yuji Kudo e Hiroshi Kudo, em Toyohira-ku, Sapporo, Japão.

Continue depois da publicidade

Quem são os atuais donos da Hudson Soft?

A Hudson Soft foi oficialmente extinta no dia 1 de março de 2012, tendo sido completamente absorvida pela divisão de jogos da Konami, a Konami Digital Entertainment, que já era sua proprietária no período.

O que a Hudson Soft oferece?

Em termos práticos, a Hudson Soft foi uma empresa japonesa que atuava no mercado de jogos. Nesse caso, ela tanto desenvolvia quanto publicava games dos mais diversos gêneros e voltados para os mais variados dispositivos e sistemas.

Como seu grande destaque comercial, vale a pena reforçar o nome da franquia Bomberman, que ajudou a consolidar o nome da marca dentro do setor.

Um pouco da história da empresa

A trajetória da Hudson Soft, como mencionado, se inicia no início da década de 70, quando os irmãos Kudo tiveram a ideia de abrir uma loja de dispositivos eletrônicos. Nesse caso, o foco da marca era principalmente dispositivos de telecomunicações  de rádio e mais futuramente acessórios para computadores pessoais.

Continue depois da publicidade

O primeiro nome da empresa foi CQ Hudson, isso pois a dupla eram exímios admiradores de trens  e resolveram batizar seu empreendimento com o nome de suas preferidas, as locomotivas Hudson.  Por não terem prática em administrar uma empresa, a loja estava frequentemente com um capital negativo.

A entrada no mercado de jogos

Foi somente em 1978 que o empreendimento começou a desenvolver pacotes de vídeo games e comercializá-los, eventualmente. Por um longo período, a Hudson não conseguiu emplacar um jogo de sucesso, mas em 1983 viu essa situação mudar com o lançamento de Bomberman, um de seus jogos mais famosos.

Além de desenvolver jogos para si, a Hudson Soft também terceirizava seus serviços para outras empresas como a série Mario Party para a Nintendo. A marca também ajudou a projetar o TurboGrafx-16  para a  NEC, desenvolvido para competir com seus concorrentes Sega e Nintendo.

Abertura de capital e aquisição pela Konami

Ao final dos anos 2000, a Hudson passava por uma situação complicada, principalmente com o colapso do Hokkaido Takushoku, seu principal banco. Por isso, com a necessidade de angariar fundos, acabou tornando-se uma empresa de capital aberto.

Continue depois da publicidade

Foi nesse cenário que em agosto de 2001 a Konami adquiriu 5,6 milhões de ações da marca, tornando-se assim a sua maior acionista. O número aumentou ainda mais em 2005, com a compra de mais 3 milhões de ações, o que transformou de vez a gigante japonesa a acionista majoritária e controladora da Hudson Soft.

Vale lembrar que ambas as marcas já haviam estabelecido uma relação de parceria desde o ano de 1985, quando a empresa dos irmãos Kudo realizaram um trabalho de portabilidade do Pooyan, jogo arcade da Konami, para o Famicom e o MSX.

Extinção e absorção completa

Quando a Konami virou a controladora da Hudson Soft, a empresa continuou seus trabalhos de desenvolvimento e publicação de jogos. No entanto, com o passar do tempo, a marca foi pouco a pouco sendo dissolvida dentro do grupo.

Em 2011, por exemplo, ela se transformou em uma subsidiária integral da Konami, levando consequentemente a liquidação da Hudson Entertainment, divisão americana da marca.

Continue depois da publicidade

Por fim, no dia 1 de março de 2012 a Hudson Soft acabou se fundindo completamente a divisão de jogos do grupo, a Konami Digital Entertainment, sendo absorvida e deixando de existir oficialmente.

Vale lembrar, é claro, que o processo ocorreu em acordo de ambas as partes, sendo parte de um projeto de unificação das empresas realmente, atrelada a uma estratégia de fortalecimento do grupo.

Principais jogos da Hudson Soft

Em 40 anos de atividade dentro do mercado, a Hudson Soft desenvolveu e publicou diversos jogos. Conheça agora alguns dos principais títulos/franquias que fizeram parte do portfólio da empresa, e que agora estão inclusos na biblioteca da Konami Digital Entertainment, sua sucessora legal:

Bomberman

Bomberman é uma icônica franquia de jogos desenvolvida pela Hudson Soft. O primeiro título da série foi lançado em 1983, e desde então, Bomberman conquistou os corações dos jogadores com sua jogabilidade cativante e personagem carismático.

Continue depois da publicidade

No jogo, os jogadores assumem o papel de Bomberman, um personagem que trabalha na fabricação de bombas em um complexo subterrâneo. Apesar disso, Bomberman anseia por liberdade e elabora um plano de fuga engenhoso, aproveitando sua habilidade única de criar bombas para tentar fugir.

O jogo é conhecido por seus desafios estratégicos e multiplayer frenético. Os jogadores exploram labirintos cheios de obstáculos, inimigos e blocos destrutíveis, enquanto utilizam suas bombas para abrir caminho, derrotar adversários e coletar power-ups. A mecânica central gira em torno do posicionamento tático de bombas para alcançar objetivos e superar desafios.

Bomberman destacou-se ao longo dos anos por sua jogabilidade multiplayer, permitindo que vários jogadores se enfrentassem em emocionantes batalhas de explosões estratégicas.

A transição da Hudson Soft para a Konami não diminuiu a popularidade da franquia, que continua a evoluir com novos títulos e adaptações para diversas plataformas. A essência do Bomberman reside na combinação única de ação, estratégia e diversão, tornando-o um clássico duradouro na história dos jogos eletrônicos.

Continue depois da publicidade

Star Soldier

Star Soldier é uma renomada série de jogos que surgiu das mãos da sua desenvolvedora original Hudson Soft, sendo posteriormente continuada pela Konami Digital Entertainment. O jogo inaugural da série foi lançado em 1986 e desde então tem deslumbrado jogadores com sua jogabilidade eletrizante e ação espacial envolvente.

Nos jogos da série Star Soldier, os jogadores se lançam no espaço sideral como pilotos de naves de combate altamente avançadas, desafiados a enfrentar hordas de inimigos intergalácticos e superar perigosos obstáculos. A ênfase na velocidade, precisão e reflexos rápidos caracteriza a experiência de Star Soldier, enquanto os jogadores disparam contra adversários e evitam projéteis em movimento.

A jogabilidade é uma mistura de tiroteio arcade clássico e desafio moderno. Os jogadores devem manobrar suas naves com destreza através de cenários repletos de adversários, chefes colossais e ambientes em constante mudança. A série é conhecida por suas mecânicas de jogo que recompensam combos e habilidades de tiro precisas, incentivando os jogadores a melhorar para obter pontuações cada vez mais altas.

Apesar da mudança de mãos, a franquia manteve sua identidade cativante e atraiu uma base de fãs dedicada. A série testemunhou várias iterações e adaptações ao longo dos anos, continuando a oferecer uma experiência espacial empolgante que combina nostalgia com desafios contemporâneos.

Continue depois da publicidade

Adventure Island

Hudson’s Adventure Island, conhecido como Takahashi Meijin no Bōken Jima no Japão, é um cativante jogo de plataforma side-scrolling desenvolvido e publicado pela Hudson Soft.

Lançado originalmente em 1986 no Japão para Famicom e MSX, o jogo conquistou a América do Norte em 1988, quando finalmente foi disponibilizado para o Nintendo Entertainment System (NES). Inspirado no game Wonder Boy, Adventure Island oferece uma experiência única e empolgante.

O enredo gira em torno de Mestre Higgins, um jovem aventureiro que se lança na Ilha da Aventura, situada no Pacífico Sul, após descobrir que o Feiticeiro Mau sequestrou a Princesa Tina. Higgins enfrenta a missão ousada de resgatar a princesa, enfrentando uma série de desafios ao longo de 32 estágios repletos de perigos e obstáculos.

A jogabilidade é uma mistura cativante de plataformas e ação, enquanto os jogadores controlam Higgins em sua jornada. Correr, pular e arremessar machados para derrotar inimigos, superar obstáculos e coletar frutas para manter sua energia. A mecânica inovadora de gerenciamento de energia adiciona uma camada estratégica ao jogo, onde a coleta constante de frutas é essencial para evitar a exaustão de Higgins.

Continue depois da publicidade

Bonk

Bonk, conhecido como PC-Genjin no Japão, é uma cativante série de jogos que gira em torno do personagem titular, Bonk, um homem das cavernas peculiar e careca, cuja característica mais distintiva é sua cabeça gigantesca.

A série ganhou notoriedade por sua jogabilidade e personagem carismático. O primeiro título da franquia, “Bonk’s Adventure”, foi lançado em 1989 para o sistema TurboGrafx-16, estabelecendo uma base sólida para o sucesso da série.

O título original se passa em uma era pré-histórica fictícia, onde Bonk embarca em emocionantes aventuras que o levam a enfrentar dinossauros e outros inimigos pré-históricos. A jogabilidade distinta gira em torno da habilidade de Bonk de usar sua cabeça como arma, literalmente “quebrando” obstáculos e inimigos com investidas de cabeça e ataques de mordida.

Nesse cenário, a série apresenta Bonk em uma missão heroica para resgatar a Princesa Za das garras do temível Rei Drool. No decorrer da jornada, os jogadores exploram um mundo colorido e cheio de vida, repleto de níveis desafiadores.

Continue depois da publicidade

Um ponto importante é que a Hudson Soft foi responsável somente por publicar a série originalmente, sendo essa uma obra desenvolvida pela Red Company.

Mario Party

Mario Party é uma franquia de jogos de festa que reúne os adoráveis personagens da amada série Mario, protagonizada pelo famoso encanador. Lançado pela primeira vez em 1998, o jogo introduziu uma abordagem inovadora ao gênero de jogos de festa. Com uma combinação única de competição e cooperação, Mario Party tornou-se uma série de sucesso também.

No jogo, os jogadores escolhem entre personagens icônicos como Mario, Princess Peach, Luigi, Yoshi, Donkey Kong e Wario, cada um com suas próprias características especiais.

A jogabilidade principal envolve embarcar em um emocionante jogo de tabuleiro digital, onde os jogadores movem seus personagens através de espaços e competem por estrelas. O tabuleiro é pontuado por locais que desencadeiam minijogos, os quais são o coração da experiência do Mario Party.

Continue depois da publicidade

Os minijogos representam uma variedade de desafios, desde testes de habilidades e destreza até atividades mais estratégicas e intelectuais. Eles ocorrem em intervalos regulares durante o jogo de tabuleiro e oferecem oportunidades para ganhar moedas, que podem ser usadas para comprar estrelas e outros itens.

A série Mario Party foi originalmente desenvolvida pela Hudson Soft e publicada pela Nintendo. A combinação de personagens queridos, jogabilidade envolvente e uma dose saudável de competição amigável tornou a franquia um sucesso instantâneo.

Ao longo dos anos, a série evoluiu com novos títulos, novos personagens e novos modos de jogo, continuando a ser uma escolha popular entre o público. Assim, sem dúvidas, é uma das franquias mais importantes da desenvolvedora japonesa.

Bloody Roar

Bloody Roar é uma série de jogos de luta que teve sua origem como um jogo arcade desenvolvido pela Raizing (Eighting) e foi posteriormente adaptado para o PlayStation pela Hudson Soft, com ambos os lançamentos originais ocorrendo em 1997.

Continue depois da publicidade

A trama gira em torno de um grupo de guerreiros conhecidos como “zoantropos”. Esses indivíduos possuem a capacidade especial de se transformarem em seres meio humanos e meio animais, conhecidos como “Beasts”. A história se desenrola com a Tylon Corporation, uma organização secreta, procurando usar esses zoantropos como armas controladas pela mente.

A jogabilidade distinta de Bloody Roar é o que o diferencia de outros jogos de luta. A característica mais marcante é a capacidade dos personagens se transformarem em feras poderosas durante o combate. Essas transformações conferem movimentos especiais e aumentam a força e a agilidade dos lutadores, tornando os confrontos ainda mais intensos e imprevisíveis.

Cada personagem na série tem sua própria forma de Beast, o que acrescenta uma camada estratégica aos combates. Os jogadores precisam escolher quando e como se transformar para maximizar sua vantagem e surpreender seus oponentes. Além disso, a série também é conhecida por seus cenários interativos e seus combos empolgantes.

Considerações finais

Como foi possível observar, embora não esteja mais ativa, a Hudson Soft conseguiu marcar seu nome na história da indústria gamer, graças a desenvolvimentos de franquias conhecidas, como Bomberman e Mario Party.

Além disso, é importante observar que a marca se mantém viva através de suas propriedades intelectuais, atualmente pertencentes a Konami Digital Entertainment, é claro, mas que não deixam de manter fresca o nome da empresa na memória dos fãs.

Quer conhecer também a história de diversas outras marcas ligadas ao mundo dos jogos, cinema, etc.? É só continuar aqui com a gente!

Carioca, estudante de Direito, servidora pública e apaixonada por vídeo games, tecnologia e cultura pop em geral. Tenho como hobbies consumir e produzir conteúdos relacionados a esses temas que me interessam, e adoro passar horas adquirindo conhecimento sobre os assuntos que mais gosto, tanto que mantenho um canal no Youtube sobre games há 4 anos. Meu contato com inglês vem de longa data, quando notei que para ter acesso a todo um universo de informações, dominar a língua era fundamental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui