Março de 2022 é uma data especial para o Carnificina, uma vez que o vilão irá completar 30 anos de existência. Por este motivo, a Marvel Comics decidiu lançar uma minissérie que será focada no personagem.

O título do one-shot em homenagem à este ícone sanguinário será Carnage Forever, ou “Carnificina Para Sempre” em tradução livre, e chegará ao público no dia 23 de fevereiro de 2022.

A equipe criativa por trás da série deve incluir nomes como Phillip Kennedy Johnson, Ram V , Ty Templeton e Edgar Salazar, e ao que tudo indica, a HQ será embalada por histórias violentas do passado, presente e futuro do temido assassino em série.

Um detalhe que vem intrigando os fãs, é que Cletus Kasady foi declarado como morto após o arco “Carnificina Absoluta“, apontando que provavelmente o vilão deverá voltar do mundo dos mortos de alguma forma.

O escritor Phillip Kennedy Johnson (que atualmente vem entregando fortes emoções na série “Alien” da Marvel Comics), recentemente fez algumas declarações sobre o que os fãs do personagem podem esperar para Carnage Forever:

“O que torna Carnificina um desafio tão divertido de escrever é que todos ACHAM que sabem o que esperar de ele… Eu sou um grande fã de histórias de terror em qualquer meio, e começar a me inclinar para a violência desenfreada e o terror do Carnificina – enquanto também encontro novas maneiras de subverter as expectativas do leitor – tornou isso uma emoção completa.”

Criado por David Michelinie e Mark Bagley, e aparecendo pela primeira vez em março de 1992, o Carnificina fez história nas HQ’s da Marvel Comics como um dos mais aterrorizantes vilões do Homem-Aranha.

Carnificina
Imagem: Carnificina- Cletus Kasady/ Marvel Comics

Veja mais:

Nos quadrinhos, Cletus Kasady teve uma infância problemática, com a morte de sua avó sendo atribuída à ele, além de ter assistido a prisão de seu pai, que foi o responsável por assassinar sua mãe.

Tornando-se órfão, Kasady foi enviado para o Orfanato St. Este, onde o seu comportamento anti-social fez dele um alvo dos abusos dos outros internos e dos funcionários. Ele se vingou matando o administrador e posteriormente colocando fogo no local inteiro.

Enquanto estava preso no Instituto RavenCroft (o sanatório do Universo Marvel), na mesma cela que Eddie Brock, ele acabou entrando contato com uma “cria” do Venom e se transformou no monstro simbionte conhecido como Carnificina.

Com poderes muito além dos níveis do Homem-Aranha, e até mesmo do seu progenitor, ele conseguiu fugir, planejando usar suas habilidades para disseminar o caos. Sua primeira vítima, Gunther Stein, foi escolhido a partir de uma lista telefônica.

O Carnificina apareceu em nonagésimo lugar na lista dos maiores vilões de todos os tempos nos quadrinhos, que foi publicada pela revista IGN.

Recentemente o personagem ganhou sua primeira adaptação para os cinemas em “Venom: Tempo de Carnificina“, lançado em outubro de 2021, que atingiu a incrível marca de US$ 200 milhões bilheteria nos EUA até o momento desta publicação.

O filme foi dirigido por Andy Serkis com roteiro escrito por Kelly Marcel, sendo estrelado por Tom Hardy como Eddie Brock/ Venom, ao lado de Woody Harrelson como Cletus Kasady/ Carnificina, além de Michelle Williams, Reid Scott e Naomie Harris.

Carnificina

 

E aí nerd, depois dessa notícia, em que nível ficou sua expectativa para o lançamento de Carnage Forever?

Deixe sua opinião nos comentários e acompanhe as notícias e análises da nossa página, para que a equipe Proddigital POP possa continuar crescendo!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários