O ator Andrew Garfield, que acaba de estrelar o sucesso “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”, faturou o Globo de Ouro na categoria “Melhor Ator em Musical, graças seu incrível trabalho no longa Tick, Tick… Boom!, da Netflix.

A cerimônia (que este ano foi fechada para convidados e não recebeu transmissão para o público) aconteceu na noite deste domingo (09) e surpreendeu com as revelações dos vencedores em um dos prêmios de cinema mais importantes e respeitados do mundo.

Tick, Tick… Boom!, é um musical que fez um enorme sucesso quando chegou ao catálogo da Netflix. A produção é uma adaptação do musical autobiográfico de Jonathan Larson, que revolucionou o teatro como criador da peça Rent.

Com o anúncio, espera-se que Andrew Garfield continue a conquistar prêmios, assim como o falecido escritor da Broadway, sendo que agora ele tem grandes chances de ser nomeado ao Oscar.

Ao faturar o prêmio, o ator acabou desbancando nomes de peso em Hollywood, como Leonardo DiCaprio, por “Não Olhe Para Cima“, também da Netflix, e Peter Dinklage, por “Cyrano” de Joe Wright .

Tick, Tick… Boom! foi dirigido por Lin-Manuel Miranda, em sua estreia na direção de longas-metragens, baseado no musical semiautobiográfico de mesmo nome, escrito por Jonathan Larson.

O longa é estrelado por Andrew Garfield como Jonathan Larson, Alexandra Shipp como Susan Wilson, Robin de Jesús como Michael, Vanessa Hudgens como Karessa Johnson, Joshua Henry  como Roger Bart, Mj Rodriguez como Carolyn, Judith Light como Rosa Stevens e Bradley Whitford como Stephen Sondheim.

Jonathan Larson é um jovem compositor de teatro que é graçom em um restaurante de Nova York em 1990, enquanto escreve Superbia, roteiro que espera que seja o próximo grande musical da Broadway.

Ele luta contra a pressão de sua namorada, Susan, que está cansada de continuar colocando sua vida de lado por conta dos sonhos do namorado, enquanto seu melhor amigo e colega de quarto Michael desistiu de suas aspirações criativas por um trabalho de publicidade bem remunerado.

Quando se aproxima de seu aniversário de 30 anos, Jon é tomado pela enorme ansiedade ao encarar o custo de seus sonhos.

Em entrevista à revista Variety, Andrew Garfield afirmou que adorou a oportunidade de poder cantar e deseja continuar soltando sua voz, independentemente dos projetos futuros:

Eu adoraria continuar cantando. Foi um presente que Lin-Manuel me deu ao esticar minhas habilidades desta forma. Eu tenho um piano no meu quarto e pretendo fazer algumas sessões privadas nas próximas semanas, apenas para mim, para me manter com o instrumento.

Leia mais:

Andrew Garfield interessou-se pela atuação aos dezesseis anos, quando um amigo o convenceu a frequentar uma escola de teatro, já que frequentemente os dois fugiam das aulas.

Ele estudou interpretação na Royal Central School of Speech and Drama, em Londres, onde se graduou em 2004.

O ator fez sua estreia na televisão britânica no seriado “Sugar Rush”, em 2005 e dois anos depois, recebeu a atenção do público ao participar nos episódios “Daleks in Manhattan” e “Evolution of the Daleks“, ambos da terceira temporada de “Doctor Who”.

Em novembro de 2007, Garfield  fez sua primeira aparição em um filme de Hollywood, chamado “Leões e Cordeiros”, onde interpretou um estudante universitário, atuando ao lado de Tom Cruise, Meryl Streep e Robert Redford.

Mas ele ficaria famoso ao ser escalado para fazer o papel de Homem-Aranha no cinema, substituindo Tobey Maguire. Andrew participou de dois filmes solos do herói, lançados em 2012 e 2014.

O Aranha de Garfield é conhecido por trazer o humor dos quadrinhos para o cinema, além de mostrar um Peter Parker um pouco menos antissocial, apesar de ser a versão menos aceita pelos fãs do “Cabeça de Teia”.

Ele retornaria ao papel do herói em 2021, com Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, filme que acabou se tornando um verdadeiro fenômeno de público, e a maior estreia cinematográfica da história.

Mas além do “Amigão da Vizinhança”, Andrew Garfield também conquistou merecidamente, uma carreira de respeito, tanto no cinema, como na TV.

Alguns de seus trabalhos melhores trabalhos, incluem “A Rede Social“, lançado em 2012, onde interpretou o investidor brasileiro Eduardo Saverin, além do aclamado “Até o Último Homem” de 2016, dirigido por Mel Gibson.

 

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários