Easter eggs – “ovos de páscoa” traduzido do inglês – é algo sempre presente nos games e que atiça a curiosidade dos jogadores. Como já bem diz no nome, é uma referência à clássica brincadeira de esconder ovinhos de chocolate durante a páscoa.

São segredos, mistérios e referências escondidos pelos desenvolvedores nos mapas dos jogos. Com isso, os gamers criam teorias e lendas sobre eles, gerando muita discussão em fóruns pela internet.

Para você que ama easter eggs, vamos agora apresentar uma lista dos os mais interessantes e curiosos no mundo dos games. Confira abaixo:

O primeiro dos easter eggs nos games em Adventure

Nada melhor do que começar com um clássico, né? Adventure, jogo de Atari, deu início ao o que conhecemos hoje como um easter egg.

Na época, os desenvolvedores da Atari não podiam colocar créditos nos seus games. Com isso, não vinha a público de fato quem tinha produzido os jogos em questão.

Porém, como uma forma de protesto Warren Robinett conseguiu colocar dentro de Adventure que tinha sido ele o criador. Ele trouxe isso como um segredo oculto.

O jogo em questão era um labirinto, onde o jogador controlava um quadrado e procurava chaves em salas para ir avançando. Porém, assim que você entrava em uma sala escondida, a frase “Criado por Warren Robinett” aparecia na tela.

E foi como um grito de protesto que surgiu um dos primeiros e mais importantes easter eggs no mundo dos games.

Spoiler em Batman: Arkham Asylum

Em Batman: Arkham Asylum a desenvolvedora Rocksteady conseguiu esconder tão bem seu segredo, que nenhum jogador conseguiu encontrar. E o mais incrível é que esse easter egg dava um super spoiler do próximo jogo do homem morcego.

Em uma sala escondida, era possível encontrar uma planta de Arkham City, que foi o nome da sequência do game do Batman.

Apesar disso, vale entender que realmente era bem difícil chegar até essa sala. Para isso, era necessário quebrar uma parede próxima ao escritório de Quincy Sharp. Porém, não existia nenhum tipo de sugestão que era pra destruir aquele local.

Como ninguém conseguiu achar o tal easter egg, a própria Rocksteady postou um vídeo ensinando com encontrá-lo, já fazendo a divulgação de Batman: Arkham City.

O coração da cidade em GTA IV

Grand Theft Auto é especialista quando o assunto é easter eggs nos games. Todos seus jogos possuem milhares de segredos escondidos em cada cantinho do seu mapa.

E o primeiro jogo da franquia que aparece nessa lista é o GTA IV. O jogo se passa em Liberty City, que é uma adaptação de Nova York para o universo de GTA.

Como é algo comum da Rockstar, ela busca ser o mais fiel possível à cidade real dentro do jogo, trazendo pontos turísticos e referências. E obviamente que em Liberty City não poderia faltar a Estátua da Liberdade, que no jogo se chama Estátua da Felicidade.

Esse ponto turístico é apelidado carinhosamente com o coração de Nova York. Para referenciar isso em GTA IV, quando pegamos um helicóptero, chegamos até a base da estátua, passamos por uma porta sem física e subimos a escada chegaremos até um coração bem grande. Ele está todo acorrentado e faz movimentos como se estivesse batendo.

Placa de não tem easter eggs em GTA San Andreas

Como falamos, Grand Theft Auto sabe como fazer os melhores easter eggs dos games. E no clássico San Andreas temos um que brinca com o jogador que ama ficar procurando esses segredos pelos mapas do jogo.

A ponte de San Fierro é um dos pontos mais altos do jogo. E obviamente que desperta a curiosidade de todo o jogador alcançar o topo para ver o que tem escondido. Contudo, a Rockstar escondeu uma mensagem bem curiosa lá.

Assim que você desbloqueia a jetpack, ao subir na ponte se deparará com a mensagem “Não há Easter Eggs aqui em cima. Agora vá embora”.

Obviamente, apesar da pegadinha da desenvolvedora, essa placa acabou de tornando um dos grandes easter eggs nos games.

Doom 2 e um dos easter eggs mais bizarros dos games

Doom 2 é um dos maiores clássicos dos jogos de FPS. Porém, além de ser um marco no mundo dos videogames, ele ainda traz um dos easter eggs mais famosos – e bizarros – dos games.

John Romero é o desenvolvedor do clássico e um dos criadores de jogos mais famosos da história. E por incrível que parece ele aparece no Doom 2 da forma mais peculiar possível.

Quando enfrentamos o último boss do game, é possível abrir um buraco na sua cabeça ao atirar em um específico local. Fazendo isso e utilizando um código, podemos entrar nesse buraco, e nesse momento que somos surpreendidos.

Nessa sala secreta nos deparamos com nada mais, nada menos que a cabeça de John Romero flutuando. Além disso, a voz do próprio desenvolvedor fala “Para ganhar você tem que me matar primeiro”.

Esse sim é dos easter eggs mais malucos e incríveis para encontrar nos games!

Ilha secreta de GoldenEye

GoldenEye 007 de Nintendo 64 é outro clássico amado por grande parte dos jogadores. E esse jogo trouxe um mistério que mexe com a curiosidade de muitos até hoje.

No primeiro mapa do game é possível enxergar uma pequena ilha bem ao fundo, chamada de Ilha de Dam. Ela era bem completa e com vários detalhes, ótima para qualquer um explorar. Porém só existe um problema, é impossível chegar até ela.

Obviamente, que na época esse pequeno easter egg se tornou um mistério cheio de lendas e especulações. Alguns jogadores afirmavam que era possível chegar lá ou que tinha uma arma secreta escondida.

Contudo, depois de um tempo, o segredo foi resolvido com os players utilizando GameShark para acessa-la, já que com ele Bond consegue andar pela água. E para decepção de muitos, a ilha não tinha muita coisa.

O local, na verdade, foi somente uma parte de GoldenEye 007 que os desenvolvedores descartaram, e acabaram deixando no jogo seus vestígios.

Um dos easter eggs mais trabalhosos dos games em Battlefield V

Em Battlefield V, os detalhes e dificuldade para desbloquear um easter egg foram atualizadas com sucesso.

Em Wake Island, ao chegar em sua praia é possível encontrar alguns caranguejos. Quando coletamos todos, eles aparecem ao lado de uma placa, junto de um headphone e um gramofone.

Com a ajuda do headphone, é preciso localizar uma rádio que dará diversos códigos Morse para serem decifrados e darão algumas coordenadas.  Nesse momento que as coisas ficam bem interessantes. É preciso pesquisar esses dados no Google Maps, onde iremos se deparar com pontos da Wake Island da vida real.

Depois de todo esse trabalho, será preciso muita exploração. Pela ilha do Battlefield V, precisamos ir até todos os pontos e coletas discos de vinil que estão espalhados.

Por fim, a recompensa será dada para o grande caçador de easter eggs nos games. Ao voltar para os caranguejos nas placas e tocar os discos no gramofone, eles iremos começar a dançar, simulando o clássico meme “crab rave”.

Apesar do trabalho que dá, o easter egg é incrível e vale muito a pena para que ama achar esses segredos únicos dos games.

E esses foram os 7 easter eggs que achamos mais interessantes no mundo dos games. Obviamente poderíamos citar outros milhares tão incríveis como esses, mas quem sabe não fica para uma parte 2!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
1 Comentário
Mais novo
Mais velho Mais votado
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários