Maligno é o mais novo filme assinado por James Wan, um dos maiores ícones do terror moderno, que carrega em seu currículo, grandes campeões de bilheteria como “Sobrenatural”, “Anabelle” e Invocação do Mal.

O longa estreou nesta sexta-feira (10) nas salas de cinema do Brasil, e marca o retorno do diretor ao gênero que o lançou para Hollywood, depois de ter trabalhado em “Velozes e Furiosos 7“- 2015  e “Aquaman“- 2018.

Nos Estados Unidos, seguindo um modelo específico de lançamento, a estreia foi simultânea nos cinemas e no streaming, mas por aqui o filme estará disponível no HBO Max apenas depois de 35 dias, contando a partir da data de estreia.

Em Maligno, Madison (Annabelle Wallis) passa a ter sonhos aterrorizantes de pessoas sendo brutalmente assassinadas. Ela acaba descobrindo que, na verdade, são visões dos crimes enquanto acontecem.

Aos poucos, ela percebe que esses assassinatos estão conectados a uma entidade do seu passado chamada Gabriel. Para impedir a criatura, Madison precisará investigar de onde ela surgiu e enfrentar seus traumas de infância.

Durante a divulgação de Maligno, James Wan já havia declarado que o filme foi feito especificamente para os verdadeiros fãs de horror, e se tratava de uma homenagem a grandes diretores do gênero como Dario Argento.

O roteiro foi escrito por Akela Cooper, com base em uma história original criada pelo próprio diretor, em parceria com Ingrid Bisu e Cooper, e o longa é distribuído pela Warner Bros. Pictures.

Além de Annabelle Wallis, o elenco também conta com a participação dos atores Jake Abel, George Young, Maddie Hasson, Michole Briana White, Jacqueline McKenzie e Mckenna Grace.

Maligno
Imagem: Maligno/ Divulgação

Veja mais:

Não é preciso dizer que James Wan se tornou um dos cineastas de terror mais importantes da nova geração. Em todos os projetos em que trabalha, ele está sempre empenhado em entregar altas doses de criatividade.

Até mesmo os maiores clichês do gênero são reinventados e bem executados, sendo que em Maligno, o diretor consegue trazer novos elementos, porém não deixa de fazer sua homenagem a subgêneros como o slasher e principalmente o Giallo.

O primeiro grande sucesso de James Wan no cinema foi em “Jogos Mortais” de 2004, sendo o gatilho para uma franquia que já soma quase uma dúzia de filmes e revelou seu estilo de terror que mistura referências clássicas com muita violência.

Mesmo com um orçamento muito reduzido de US$ 1.2 milhões e sendo filmado em apenas 18 dias, o longa foi capaz de arrecadar cerca de US$ 103.1 ao redor do mundo.

Além disso, foi da mente de James Wan que o cinema viu surgir o primeiro universo de terror compartilhado, que foi inaugurado com o imenso sucesso de “Invocação do Mal“, lançado em 2013.

O chamado “Invocaverso” trouxe os títulos “Anabelle”, “A Freira” e “A Maldição da Chorona” para as telonas, e tudo indica que essa mesma fórmula continuará se expandindo.

Ao que tudo indica, a missão do diretor em Maligno, é emplacar mais uma série de sucesso, utilizando toda sua capacidade criativa e referenciando grandes obras do passado, sem deixar de imprimir sua identidade peculiar.

E aí cinéfilo, em que nível ficou seu “hype” para conferir o novo sucesso de James Wan, Maligno no cinema?

Deixe sua opinião nos comentários e acompanhe as notícias e análises a nossa página, para que a equipe Proddigital POP possa continuar crescendo a cada dia!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários