O Multiverso nas HQ’s é algo extremamente complexo, e precisa ser regido por forças que estão além da compreensão humana. Por esse motivo, nossa equipe elaborou uma seleção das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel, com várias informações importantes sobre cada uma delas.

Estes seres são personificações de conceitos universais, que possuem poderes imensuráveis, e são capazes de reunir grandes quantidades de energia cósmica para destruir, criar ou mesmo manipular a realidade como bem entenderem.

Em sua maioria, as entidades são responsáveis por manter o fluxo natural dos eventos no Multiverso, mas alguns desses personagens, utilizaram seu poder descomunal para causar destruição e caos, obrigando os heróis a se reunirem, dando início a sagas gigantescas e devastadoras.

Vale lembrar que mesmo a Marvel sendo repleta de Divindades, figuras extraordinárias e seres com habilidades incríveis, todos eles se curvam diante de One Above All, também conhecido como Aquele Acima de Tudo, que por sinal é o primeiro nome da nossa lista. Não deixe de conferir:

1- One Above All

Entidades cósmicas mais poderosas da Marvel
Imagem: One Above All/ Marvel Comics

One Above All é o ser supremo do Universo Marvel nos quadrinhos, sendo apontado como uma entidade acima de todas as outras e responsável pela criação e existência de toda a vida no Multiverso, e possivelmente além disso

A primeira vez que se ouviu falar sobre este personagem, foi em 1976, na HQ do Doutor Estranho, onde ele é mencionado como o mestre acima do supervisor e mediador cósmico conhecido como Tribunal Vivo.

Contudo, ele só viria a aparecer de fato, na revista “O Sensacional Homem-Aranha Vol. 2 #40“, escrita por Roberto Aguirre-Sacasa, com desenhos de Clayton Crain, que foi publicada em agosto de 2007.

De lá para cá suas participações e menções nos quadrinhos têm sido raras, com ele assumindo diferentes nomes e aparências ao longo das histórias.

Em certo ponto nas HQ ‘s, o próprio Vigia Uatu, revelou ao Quarteto Fantástico que só existe um único ser que é realmente “todo poderoso” e que “Sua única arma é o amor!”

Não existem limites para os poderes de One-Above-All e como o ser supremo do Multiverso, ele é Omnipotente, Omnipresente e Omnisciente, estando acima de todos os seres cósmicos, entidades abstratas e Deuses.

“Eu sou o Acima de Tudo. Eu vejo através de muitos olhos. Eu construo com muitas mãos. Eles são eles mesmos, mas eles também são eu. Eu sou todo-poderoso. Minha única arma é o amor. O mistério me intriga.”

Com o passar dos anos, criou-se uma teoria entre os leitores, que chegou a ser utilizada pela Marvel por um tempo, dizendo que One Above All é uma metáfora, sendo um tipo de representação do escritor inserido nas páginas dos quadrinhos.

Os artistas são os criadores das histórias, personagens e tudo o que envolve as vidas dos heróis e vilões, tendo assim, o poder supremo de criar ou destruir tudo que desejar.

2- Fulcrum

Entidades Cósmicas mais poderosas da Marvel
Imagem: The Fulcrum/ Marvel Comics

Leia mais:

Jack, o Fulcrum é o atendente de um bar popular conhecido como “O Vestíbulo“, mas não se deixe enganar por sua profissão, pois este local é onde todos os seres precisam ir para decidir se desejam continuar encarnados ou partir para a vida após a morte.

Na verdade, ele é uma antiga e misteriosa entidade que detém a lealdade dos Vigilantes, dos Celestiais, da Horda, e de qualquer outro ser, podendo de fato, ser considerado uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel.

O personagem foi criado por Charles Knauf, Daniel Knauf e Eric Nguyen, aparecendo pela primeira vez na revista “Eternals Vol. 4 #7“, publicada em janeiro de 2009.

Uma curiosidade interessante, é que a imagem de Fulcrum é uma clara homenagem ao grande quadrinista Jack Kirby, e muitos acreditam que seja provavelmente uma manifestação do próprio One Above All.

Poucos sabem, mas ele é o verdadeiro criador dos Celestiais, e sempre buscou por algum deles que se elevasse acima de seu propósito inicial por conta própria.

Tiamut, o Celestial Sonhador, foi o único que questionou sua natureza amoral, e obteve uma consciência própria em uma tentativa de salvar a Terra, ganhando a posição de igual para com seu criador.

3- Tribunal Vivo

Tribunal Vivo
Imagem: Tribunal Vivo/ Marvel Comics

O Tribunal Vivo é uma entidade singular e soberana que existe ao longo de todo Multiverso Marvel. Seu único propósito é defender cada universo indefinidamente acima de tudo.

O personagem foi criado por Stan Lee, Marie Severin e Herb Trimpe, fazendo sua estreia na revista “Strange Tales #157” em junho de 1967.

Ele protege o universo contra qualquer abalo místico, energético ou físico, e existe sobre qualquer forma de eternidade, infinito, ordem, caos e reinos opostos, como vida e morte.

Seu rosto é relevante em cada uma de suas funções, sendo que a face semi-coberta é a vingança, a face coberta é a necessidade e a face descoberta é a equidade. Ele mostra cada uma de suas faces para fazer seus julgamentos.

O Tribunal Vivo possui poder ilimitado e é capaz de apagar realidades inteiras, mas não possui livre-arbítrio, sendo submetido unicamente à vontade do One Above All.

Seu poder cósmico é praticamente infinito, ele é imune a tudo, pois nada que alguém possa fazer irá afetá-lo de forma alguma.

Com apenas a força de seu pensamento, ele é capaz de destruir, criar, manipular a realidade, transmutar ou recriar qualquer coisa na existência, indiferente à época, local ou distância em que esteja.

O Tribunal Vivo está sempre ciente de tudo o que acontece em cada parte do Multiverso, podendo ser considerado verdadeiramente uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel.

4- Eternidade

Eternidade
Imagem: Eternidade/ Marvel Comics

Eternidade é a entidade cósmica responsável por reger o tecido da realidade, sendo a personificação do tempo no Universo Marvel. Seu nível de poder pode ser comparado ao da entidade Infinito, que representa o espaço.

Seus poderes são quase ilimitados, mas ele deve necessariamente deve prestar contas ao Tribunal Vivo. É a entidade mais influente das Forças Essenciais e possui controle total sobre a magia, matéria, energia, tempo e realidade.

Eternidade pode ser considerado como uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel, uma vez que é capaz de reunir as consciências de todos os seres vivos do universo.

Criado por Stan Lee e Steve Ditko, o personagem é mencionado pela primeira vez na revista “Strange Tales # 134” em julho de 1965, mas só iria aparecer de fato, em “Strange Tales # 138″, publicada em novembro do mesmo ano.

Seus filhos são outras entidades independentes que representam vários elementos essenciais dentro de seu respectivo universo, sendo eles, Empatia, Entropia, Elogia, Conveniência, Epifania, Inimizade e Éon.

Eternidade é um dos conceitos mais abstratos do Universo Marvel, que se tornou em um personagem em histórias do herói Doutor Estranho. Embora seja uma manifestação do Universo, ela pode manipular o multiverso para atingir seus objetivos.

Como o nome sugere, é imortal e não é afetado pela passagem do tempo, podendo ainda deformar o espaço e a matéria em uma manifestação que pode vir a ser percebida por seres inferiores.

5- Senhora Morte

entidades cósmicas mais poderosas da marvel
Imagem: Senhora Morte/ Marvel Comics

Considerando que a Eternidade personifica a vida e o crescimento, a Morte personifica a decadência e a destruição. Geralmente representada como um esqueleto envolto em um manto preto, mas também podendo aparecer como uma bela mulher.

Contudo, ela é na verdade, uma entidade que nasceu no início do universo e sua forma física é apenas a maneira como se manifesta aos seres que deseja usar para atingir seus objetivos.

A personagem foi criada por Mike Friedrich e Jim Starlin, e apareceu pela primeira vez na revista Captain Marvel #26, publicada em 1973.

Um dos grandes trunfos a favor desta entidade, é o fato dela poder tirar a vida de qualquer ser do Multiverso, até mesmo daqueles que são considerados imortais.

Embora seja muito poderosa, a Senhora Morte sempre busca outros para fazerem seu trabalho, e um bom exemplo disso, é o tipo de relacionamento que ela manteve durante décadas com Thanos.

O “Titã Louco” se apaixonou por ela, e quando assumiu sua verdadeira natureza assassina, a Morte prometeu que faria dele seu companheiro, se provasse sua fidelidade.

Contudo, por mais seres que Thanos matasse, a entidade nunca parecia satisfeita, passando a seduzir outros para continuar sua missão.

A Morte também tem acesso ao Poder Cósmico, que ela utiliza para manipular a realidade, o tempo, o espaço e outras fundações da existência, podendo ser considerada como uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel.

Ela possui seu próprio domínio físico, chamado comumente de Reino da Morte, um local etéreo para onde são enviadas todas as almas caídas do universo, sem distinção.

6- Esquecimento

Oblivion
Imagem: Oblivion/ Marvel Comics

Oblivion ou Esquecimento é outra entidade abstrata essencial, que nasceu ao mesmo tempo que o universo em si, aparecendo junto de outros seres que são personificações de diferentes conceitos do Universo Marvel.

O personagem foi criado por J.M.Dematteis e Allan kupperberg e sua primeira aparição foi na revista “Iceman #3″, podendo ser considerado como uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel.

Ele reside em uma dimensão chamada de Vazio Exterior, que foi revelada em “Quasar #25″, quando Quasar caiu lá enquanto lutava contra Maelstrom. Seu único objetivo é parar a expansão do universo, uma vez que ele representa a não-existência.

Enquanto entidades como Eternidade, Infinito e Morte estão conectados à criação, e personificam conceitos essenciais para a existência, como Tempo, Espaço ou a Ordem, Oblivion encontra-se além do multiverso, e representa o oposto de tudo isso.

De acordo com suas próprias palavras, “a criação é cíclica, sempre nascendo do nada que ele incorpora, e eventualmente, sempre retornando ao nada”.

Esquecimento representa a não existência, agindo sempre contra a força do infinito, e seus poderes cósmicos são quase ilimitados, incluindo onisciência, quase onipotência e onipresença.

7- Galactus, o Devorador de Mundos

entidades mais poderosas da marvel
Imagem: Galactus/ Marvel Comics

Originalmente chamado de Galan no planeta Taa, Galactus, o Devorador de Mundos é o único sobrevivente do Big Crunch que destruiu o universo anterior, acontecido antes do Big Bang que gerou o Universo Marvel atual.

A razão pela qual sobreviveu ao final do universo em si, é porque a Sentença do Universo (uma encarnação universal da Eternidade) se fundiu à ele para criar o ser que conhecemos agora.

O personagem foi criado por Stan Lee e Jack Kirby, e estreou na revista “Quarteto Fantástico #48″, o início de um arco de histórias consideradas como a melhor colaboração entre os dois autores.

A única forma de Galactus conseguir continuar a abastecer sua energia vital é ao literalmente se alimentar de planetas. Ele é uma praga no universo que causa medo em todas as civilizações, tendo acesso ao Poder Cósmico, uma fonte ilimitada de energia cósmica.

A totalidade de seus poderes ainda é desconhecida, mas sabe-se que é capaz de mudar a realidade conforme sua vontade em escala cósmica, transmutar qualquer coisa que desejar, além de teletransportar até mesmo galáxias inteiras, entre outros.

Galactus é considerado uma das cinco entidades essenciais dentro da Marvel, sendo considerado como a “3ª força do Universo” ao lado de Eternidade e Morte.

Apresentado inicialmente como vilão, mais tarde teve sua função no Universo esclarecida em um julgamento onde várias raças tentavam decidir o destino de Reed Richards, que estava sendo julgado por ter salvo a vida do Devorador de Mundos.

Nessa ocasião descobrimos que sua missão é a de encontrar um planeta seguro, capaz de sobreviver a próxima entropia do universo, uma vez que o próprio Galactus seria o único sobrevivente de uma entropia anterior.

8- Força Fênix

entidades mais poderosas da Marvel
Imagem: Força Fênix/ Marvel Comics

A Fênix é a representação do Poder da Criação é uma manifestação da força da vida universal, capaz de eliminar tudo o que não esteja seguindo o processo de evolução necessário no Universo.

O personagem foi criado por Chris Claremont e Dave Cockrum, e apareceu pela primeira vez na revista “The Uncanny X-Men # 101″ , publicada em outubro de 1976.

Como uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel, ela é o nexo de toda a energia psiônica do passado, presente e futuro, em todas as realidades do multiverso, o Guardião da Criação e do poderosíssimo Cristal M’Kraan.

Provavelmente um dos seres mais temidos em toda a existência, tendo o poder de destruir e recriar novamente, qualquer parte do universo, o que faz parte do seu propósito, conhecido como “O Julgamento da Fênix” , para queimar tudo aquilo que é obsoleto.

A Força Fênix é descrita como sendo “a personificação da própria paixão da Criação, a centelha que deu vida ao Universo, e também a chama que acabará por consumi-lo”.

Em certa altura nas HQ’s, ela utilizou Jean Grey como portadora de sua energia e se tornou a Fênix Negra. Dessa forma, seu poder é utilizado em totalidade, sendo capaz até mesmo de fazer frente ao Beyonder.

Durante seu tempo como uma massa de energia senciente e sem forma, ela viajou pelo cosmos e passou a ser adorado por várias raças alienígenas, entre elas os xiitas, que chamaram a entidade de Phal’kon, a “irmã” de seus outros deuses K’ythri e Sharra.

Vale lembrar que a Fênix tem o poder necessário para enfrentar e derrotar os Celestiais.

9- Os Celestiais

Os Celestiais
Imagem: Os Celestiais/ Marvel Comics

Os Celestiais representam uma raça alienígena ancestral com grandes poderes cósmicos que ajudaram a criar o universo e os seres que o ocupam, se certificando que a vida continuasse em sua imagem através do cosmos, deixando suas sementes nos mundos.

Esses personagens foram criados por Jack Kirby, fazendo sua estreia na revista The Eternals #1, publicada em julho de 1976.

Eles vieram à Terra fazer experimentos com o DNA humano, e a partir dessas experiências surgiram os Eternos e os Deviantes, além do aparecimento dos mutantes, através da inclusão do gene “X”.

Os Celestiais também recebem os créditos por influenciarem e ajudarem indiretamente o desenvolvimento da raça humana, assim como de muitas civilizações antigas, tais como os Egípcios, os Astecas, os Maias, os Incas, os Atlantes e muitas outras.

No entanto, sendo uma raça tão antiga e enigmática, muitos mitos conflitantes surgiram ao redor de sua existência no Universo, em tentativas de descrever a origem dos Deuses do Espaço.

Um dos aspectos mais intrigantes dos Celestiais é que nem mesmo os Vigias sabem de onde eles vieram, sem contar o fato de que ninguém nunca viu um Celestial sem sua armadura.

Nathaniel Richards uma vez especulou que eles na verdade viviam no hiperespaço, e que as suas armaduras eram canais pelos quais eles podiam existir nesta realidade.

Cogita-se que nos primórdios do universo haviam tantos Celestiais quanto as próprias estrelas espalhadas pelo cosmos.

Porém, durante o evento conhecido como “Guerra Celestial”, muitos foram dizimados por uma arma chamada Armadura Assassina de Deuses, criada pelos Aspirantes que buscavam obter o domínio de toda a existência.

10- Os Vigias

Os Vigias
Imagem: Os Vigias/ Marvel Comics

Os Vigias eram conhecidos por serem as espécies mais antigas do universo, e comprometidos com a observação e compilação de conhecimento sobre todos os aspectos do universo.

Eles são seres cósmicos, que possuem a habilidade inata de alcançar virtualmente qualquer efeito desejado, incluindo o aumento de atributos pessoais, manipulação do tempo e do espaço, manipulação molecular, projeção de energia e uma gama de poderes mentais.

Os personagens foram criados por Stan Lee e Jack Kirby, e sua primeira aparição foi na revista “Fantastic Four #13″, publicada em 1963.

A missão dessa raça peculiar, é observar e registrar todos os eventos que ocorrem no universo, sem jamais interferir no curso natural dos eventos.

Essa política foi imposta devido a uma tentativa bem intencionada dos Vigias em conceder conhecimentos a outra raça, o que acabou resultando na destruição de toda essa civilização.

O Vigia responsável pela Terra e suas redondezas é Uatu, que apesar do juramento de nunca interceder nos eventos que observa, constantemente ajuda os heróis, em especial o Quarteto Fantástico.

Na sua primeira aparição, ele ajuda o grupo na luta contra o Fantasma Vermelho, e segue quebrando seu juramento por diversas vezes em aparições subsequentes.

Uatu, se estabeleceu na “Área Azul” da lua da Terra, uma instalação abandonada, que foi construída pelos alienígenas da raça Kree, de onde ele consegue observar tudo o que acontece na Terra.

Em “Captain Marvel #37″, após atacar o Capitão Marvel, ele foi julgado por sua própria espécie, prometendo nunca mais interferir em questões de outras raças.

11- Kronos

entidades cósmicas mais poderosas da marvel
Imagem: Kronos/ Marvel Comics

Kronos era um membro dos Eternos da Terra que destruiu seu próprio corpo enquanto conduzia um experimento científico com energia cósmica e também obliterou Titanos, o lar dos Eternos da Terra.

Enquanto seu corpo perecia, sua consciência se fundiu ao tempo e ao universo, e devido a isso, ele se tornou um ser que ocupava milhões de quilômetros e ainda continuava em plena expansão.

O personagem foi criado por Jim Starlin e Mike Friedrich, e sua estreia aconteceu na revista “Homem de Ferro # 55“, publicada em outubro de 1972.

Visto que não está mais confinado a seu corpo, Kronos tem vários poderes e habilidades, sendo que o próprio Thanos o classificou no mesmo nível que Zeus, Galactus e Odin.

Sua inteligência é sobre-humana, e por essa razão ele consegue entender seu próprio conceito de tempo. Seu conhecimento cósmico e capacidade de telepatia também concederam vantagens em suas batalhas.

Kronos também se tornou uma das encarnações do tempo, e como tal, pode exercer um grau desconhecido de controle sobre seu fluxo, o que ele faz de maneiras muito sutis quando necessário.

Ele ainda pode exercer controle sobre as almas de mortais falecidos, ao ponto de usá-los para animar corpos artificiais, que ele pode criar a partir de matéria inanimada. Sendo assim, podemos considerá-lo como uma das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel.

12- Anciões do Universo

entidades cósmicas mais poderosas da Marvel
Imagem: Anciões do Universo/ Marvel Comics

Cada Ancião do Universo possui uma fração do chamado “Poder Primordial”, que é remanescente das energias emanadas pelo Big Bang, que ainda permeiam pelo Universo e através do Cosmos.

Esse poder pode ser usado para muitos efeitos, inclusive atributos físicos como força, resistência, velocidade, além de reestruturação molecular, criação de campos de força, teleporte e várias outras habilidades.

O conceito foi criado por Roy Thomas e Sal Buscema, sendo que O Colecionador (Taneleer Tivan) foi o primeiro Ancião a aparecer, em “Avengers” #28 (maio de 1966), como inimigo dos Vingadores.

Contudo, a ideia de que ele era membro de um grupo, só seria estabelecida mais adiante, em “Avengers” #174 (agosto de 1978).

Além do Colecionador, existem, O Grão Mestre (En Dwi Gast), O Corredor (Gilpetperdon), O Possessor (Kamo Tharnn), O Obliterador (Maht Pacle), O Jardineiro (Ord Zyonz), A Cuidadora (Rubanna Lagenris Quormo) e O Astrônomo (Seginn Gallio).

Ainda podemos citar, O Comerciante (Cort Zo Tinnus), O Contemplador (Tath Ki), O Campeão (Tryco Slatterus), O Explorador (Zamanathan Rambunazeth), O Arquiteto, O Magistrado e por útimo, Ego, O Planeta Vivo.

13- Abraxas

entidades cósmicas mais poderosas da Marvel
Imagem: Abraxas/ Marvel Comics

Quando o universo foi criado, diversas Entidades Fundamentais surgiram para reger as forças que haviam se originado e um delas foi Abraxas, a personificação da destruição multiversal.

O personagem foi criado por Carlos Pacheco e Rafael Marín e sua primeira aparição foi na revista “Fantastic Four Annual” publicada em Setembro de 2001.

Abraxas cresceu dentro do núcleo da Eternidade, embora em cada realidade, a entidade tenha se assegurado de que existisse um ser para impedi-lo de emergir.

Durante muito tempo, ele ficou aprisionado no interior de Galactus, mas quando a primeira versão do personagem foi morta, Abraxas se libertou e começou a espalhar o caos e a destruição pelo Universo.

Seus poderes estão além da compreensão humana, sua simples existência já manipula o tecido da realidade de maneira extremamente destrutiva, entrando facilmente para a lista das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel.

Seu objetivo é destruir não só a Terra-616, mas todas as realidades paralelas, e para isso ele utiliza uma arma de poder destrutivo universal chamado Nullifier Ultimate.

A forma humanoide de Abraxas é uma manifestação usada para se comunicar, ou é meramente a percepção do indivíduo testemunhando sua presença.

Seus poderes são ilimitados, sendo provável que somente o Tribunal Vivo ou o próprio The One Above All possam derrotá-lo por conta própria.

14- Mestre Ordem e Senhor Caos

Mestre da Ordem e Senhor do Caos
imagem: Mestre da Ordem e Senhor do Caos/ Marvel Comics

O Lorde Caos é uma entidade cósmica abstrata que incorpora caos, desordem, aleatoriedade e ausência de forma e juntamente com seu irmão, o Mestre Ordem, asseguram e representam o equilíbrio do Universo

Os dois estão constantemente em conflito um com o outro, mas sempre que algo interfere nesse equilíbrio, os poderes da Ordem e do Caos entram em ação.

Eles são capazes, até mesmo, de manipular outras entidades para alcançar o estado de neutralidade e por diversas vezes já interferiram em grandes eventos sem que ninguém tivesse consciência de que estavam agindo por influência de algo maior e mais poderoso.

Suas origens são desconhecidas, mas é sabido que Ordem e Caos servem como forças opostas dentro de uma dimensão chamada Reino da Magia, um lugar entre fato e fantasia do qual muitos usuários mágicos obtêm seu poder.

Lorde Caos e Mestre Ordem perceberam a ameaça de Thanos e começaram a manipular as vidas e os eventos do Homem-Aranha, dos Vingadores, da Coisa e do Arcano Adão, a fim de provocar a queda do Titã.

Depois que ele foi derrotado, o Homem-Aranha libertou Adam Warlock da joia da alma e cumpriu seu propósito, que os dois seres aparentemente planejavam e manipulavam sua vida desde o nascimento.

15- Beyonder

entidades cósmicas mais poderosas da marvel
Imagem: Beyonder/ Marvel Comics

O misterioso Beyonder é a representação física de uma dimensão paralela conhecida como Beyond Realm. Ele é uma entidade onipotente, interdimensional e multiuniversal, que já foi considerado o ser mais poderoso do Universo Marvel.

O personagem foi criado pelo escritor Jim Shooter e pelo artista Mike Zeck, e apareceu pela primeira vez em “Secret Wars #1“, publicada em maio de 1984.

Ele é, na verdade, um membro jovem da antiga raça de outro mundo conhecida como os Beyonders, atraído até a Terra por um feixe de táquions, criado para atrair um meteorito de Vibranium, usado pelos grupo de super-vilões conhecidos como a Inteligência

Beyonder observou a Terra durante vários anos e ficou fascinado ao descobrir que os seres que viviam lá não eram uma criação completa de si mesmos.

Ele organizou um clássico evento das HQ’s, que ficou conhecido como “Guerras Secretas“, no qual raptou os mais importantes super-heróis e supervilões do Universo Marvel, para um confronto em um planeta criado a partir de pedaços de vários planetas, batizado como Battleworld.

O escritor Tom DeFalco reformulou o personagem, diminuindo seu poder e deixando de ser quase onipotente. Vários dos seres cósmicos que estavam estabelecidos como estando abaixo dele, também foram amplamente atualizados em conjunto.

No entanto, Beyonder manteve seus poderes de deformação da realidade, permitindo-lhe controlar e manipular matéria, energia e realidade em um nível cósmico além de todas as entidades cósmicas, exceto as mais fortes e poderosas.

as entidades cósmicas mais poderosas da Marvel

E aí nerd, o que achou do nosso conteúdo? Precisamos ressaltar que algumas das entidades cósmicas mais poderosas da Marvel acabaram ficando de fora dessa lista, mas com certeza aqui estão as mais recorrentes nas histórias.

Se você acha que ficou faltando mencionar algum personagem muito importante, deixe sua opinião nos comentários e acompanhe o conteúdo preparado pela equipe Proddigital POP para continuarmos juntos na estrada do crescimento!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários