A arte mexe com muitos sentimentos nossos. É muito bonito a gente se conectar com aquilo que está sendo mostrado e se emocionar com alguma cena que acontece com aquele personagem. Para isso, vamos a uma listinha pra lá de especial de alguns filmes para chorar que você pode encontrar na Netflix. Então estoure a pipoca, fique confortável no sofá e pegue o lenço para assistir todas essas recomendações.

À Espera de um Milagre (1999, Frank Darabont)

📺 Assista na Netflix →

Nada melhor que dar início a essa lista com um clássico atemporal. Baseado em uma obra do incrível Stephen King e dirigido por Frank Darabont (Um Sonho de Liberdade), À Espera de um Milagre não é só um dos filmes mais tristes da Netflix, como uma das produções mais melancólicas da história do cinema.

O drama narra a história de John (Michael Clarke Duncan), um homem negro preso por um crime horrendo que ele não cometeu. Ao longo da história, o guarda do “corredor da morte”, Paul (Tom Hawks), descobre que John é sensível, amoroso e ingênuo, além de ter dons de cura sobrenaturais.

À Espera de um Milagre é um dos filmes para chorar do início ao fim. Além disso, conta com atuações de gala de Hawks e principalmente Clarke Duncan. Quem nunca viu, vale muito a pena dar uma visitada na produção pela Netflix.

Sete Vidas (2008, Gabriele Muccino)

📺 Assista na Netflix →

Até onde você iria para compensar uma culpa do seu passado? É isso que temos no filme Setes Vidas, dirigido por Gabriele Muccino (A Procura da Felicidade) e protagonizado pelo ótimo Will Smith (Um Maluco no Pedaço, Homens de Preto).

O filme fala sobre a vida de Tim Thomas (Smith), um homem que sofre um drama do seu passado onde ele participou de um trágico acidente que resultou em sete mortes. Para se redimir, ele utiliza o nome do seu irmão, um agente do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, para ajudar sete pessoas que precisam de algum tipo de auxílio. Contudo, tudo isso muda quando ele se apaixona por Emily (Rosário Dawson), uma mulher que sofre com uma rara doença cardíaca.

Todo seu drama e intensidade nas atuações, além do modo que a história se desenvolve, coloca Sete Vidas como um dos filmes mais tristes e que precisa estar nessa lista para aqueles quer querem chorar vendo uma ótima opção na Netflix.

Como Eu Era Antes de Você (2016, Thea Sharrock)

📺 Assista na Netflix →

Não poderiam faltar filmes românticos para chorar nessa lista. E o primeiro deles é o fofo, dramático e triste Como Eu Era Antes de Você. Contando com uma dupla que combinou com muita química, Sam Claflin (Simplesmente Acontece) e Emilia Clarke (Game of Thrones), o longa é uma escolha certa para quem busca uma linda história de amor.

O filme conta Will (Clafin), um jovem rico e atleta que sofre um acidente e vira tetraplégico. Com isso, ele entra em uma profunda depressão e não vê muito mais sentido na vida. Para tentar ajuda-lo, seus pais contratam Louisa (Clarke) para cuidar do seu filho. Porém, o que ninguém esperasse é que eles se apaixonariam.

Os grandes momentos de Como Eu Era Antes de Você é exatamente entender como uma jovem simples e humilde consegue mudar a vida e tocar o coração de um homem que já não tinha mais vontade de viver algo. Você irá chorar do início ao fim.

Antes de Partir (2007, Rob Reiner)

📺 Assista na Netflix →

Antes de Partir é um dos filmes para chorar disponíveis na Netflix um pouco diferente dos outros citados nessa lista. Contando com um show de atuação de Jack Nicholson e Morgan Freeman, o longa retrata de uma forma bem leve e humorada o final da vida.

O milionário Edward Cole (Nicholson) é diagnosticado com câncer e acaba sendo internado em um hospital do qual ele é dono. No quarto ele conhece o humilde Carter Chambers (Freeman), um mecânico que também está com uma doença terminal. Rapidamente os dois se tornam grandes amigos e decidem fazer uma lista de coisas que desejam realizar antes de morrer. Com ela feita, a dupla foge do hospital para completar todos os itens a tempo.

A parceria dos dois e o modo de levar o final da vida emocionam todos que estão assistindo, mesmo sabendo como irá terminar a história. Antes de Partir é obrigatório para quem ama assistir um filme com um lenço do lado para secar as lagrimas.

O Menino que Descobriu o Vento (2019, Chiwetel Ejiofor)

📺 Assista na Netflix →

Caso você seja um amante de histórias reais de superação e rica em momentos dramáticos, o belíssimo O Menino Que Descobriu o Vento é outra produção que pode ser encontrada na Netflix que estará na lista de filmes que irão te fazer chorar bastante.

A trama narra a vida do jovem William Kamkwamba (Maxwell Simba), um garoto que vive na África e vê sua vila passar por muitas dificuldades, principalmente de seca e fome. Para isso, mesmo diante de um cenário muito precário, ele resolve construir um moinho de vento para ajudar seu povo.

É realmente muito bonito ver que, mesmo como tudo para dar errado e o garoto desistir, ele persiste até o fim para ajudar aqueles que estão ao seu lado. Pode ter certeza que você irá terminar O Menino que Descobriu o Vento escorrendo pelo menos uma lágrima.

Pais e Filhas (2016, Gabriele Muccino)

📺 Assista na Netflix →

Para finalizar a lista dos filmes tristes disponíveis no Netflix temos Pais e Filhas, outra produção com a assinatura de Gabriele Muccino na direção. Além disso, ele conta com um elenco de peso, com nomes como Amanda Seyfried (Mamma Mia!), Russell Crowe (Gladiador), Aaron Paul (Breaking Bad) e Diane Kruger (Bastardos Inglórios).

Jake Davis (Crowe) é um escritor que ficou viúvo e precisa começar a cuidar sozinho da sua filha de 5 anos. Porém, por estar com problemas de instabilidade mental, deixa a garota aos cuidados da sua família e vai procurar tratamento. 20 anos depois, a garota bem mais velha (Seyfried), busca respostas do seu passado enquanto ajuda no tratamento de crianças com transtornos psicológicos.

Com essa lista você já pode preparar horas de choro para ficar aconchegante no sofá enquanto come um pipoquinha e curti ótimos filmes tristes na Netflix.

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários