Grama, da sul-coreana Keum Suk Gendry-Kim, é o mais novo lançamento da editora Pipoca & Nanquim. Programada para julho, a HQ chega com grande peso ao Brasil, principalmente pelas suas três indicações ao Eisner Awards de 2020.

O livro traz a história real de Ok-sun Lee. Ela foi uma jovem sul-coreana vendida pela sua família durante o período de guerra e acabou virando escrava sexual do Exército Imperial Japonês.

Pipoca & Nanquim traz Grama para retratar esse vergonhoso e sombrio período asiático. Assim, mostrando uma das dezenas histórias de jovens que foram abusadas sexualmente durante essa época.

A HQ foi escrita por Keum Suk Gendry-Kim após relatos ouvidos da própria Ok-sun Lee, que hoje já tem mais de 90 anos e é uma das ativistas mais importantes da Coreia do Sul.

Além do sucesso no Eisner Award, Grama coleciona outras indicações e premiações. Algumas delas são Prêmio Especial Bulles d’Humanité, VLA Graphic Novel Diversity Award, The Cartoonist Studio Prize e Big Other Book Award.

Grama é a nova HQ da Pipoca e Nanquim
foto: reprodução

A edição da editora é de capa dura e teve sua tradução feita diretamente do coreano, conseguindo trazer o do conteúdo original abordado.

Chegando ao Brasil pelo preço de capa de R$79, o novo graphic novel da Pipoca & Nanquim já está disponível para pré-venda na Amazon com 30% de desconto e frete grátis para usuários Prime.

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários