Ghost of Tsushima foi anunciado na Paris Game Week, ainda em 2017, e acabou deixando o público empolgado com a ideia de explorar um período considerado riquíssimo na história do Japão, marcado pela cultura disciplinar e a imponente filosófica dos samurais.

O game foi lançado em julho de 2020, sendo o último grande título idealizado exclusivamente para o Playstation 4, e considerado como um dos projetos mais ambiciosos do console.

Ghost of Tsushima é um jogo ação e aventura para maiores de idade, criado pela aclamada desenvolvedora norte-americana Sucker Punch Productions (responsável também pela franquia “Infamous”) e publicado pela Sony Entertainment.

Ghost of Tsushima
Imagem: Ghost of Tsushima/ Reprodução

Depois de completar Infamous First Light, a equipe desejava trabalhar em outro projeto de mundo aberto, pois acreditava muito no conceito, onde as escolhas podem ser feitas pelo próprio jogador.

Para garantir que o visual fosse uma representação precisa do Japão feudal, a Sucker Punch consultou especialistas em cultura e enviou uma equipe de áudio ao Japão para gravar sons específicos, incluindo até mesmo os cantos de pássaros.

Além disso, é possível alternar os diálogos para o japonês, sendo que o game se inspira fortemente na fotografia do cinema oriental, principalmente nos filmes de Akira Kurosawa como os clássicos “Os Sete Samurais” de 1954 e “Sanjuro de 1962.

A equipe contou com a ajuda do especialista histórico em combate de espadas, David Ishimaru, para ajudar a recriar os conceitos e uma base histórica sólida, para que o jogo fosse o mais realista possível.

Todo esse trabalho técnico realizado em Ghost of Tsushima resultou em um jogo que encanta, não só pela beleza de seus cenários, mas também pelo contexto histórico, que é baseado em uma das eras mais imponentes de todos os tempos.

A forma como a trama é conduzida e como os personagens secundários são introduzidos na trajetória do herói, sendo impactantes para seus objetivos, com certeza é uma inovação e também um dos maiores acertos do game.

Ghost of Tsushima
Imagem: Ghost of Tsushima/ Reprodução

Além disso, o modo como o impasse gerado na vida do protagonista gera um conflito interno constante, leva o próprio jogador em uma jornada de autorreflexão e evolução que se torna uma experiência extremamente envolvente.

O contexto histórico de Ghost Of Tsushima

A história de Ghost of Tsushima gira em torno de Jin Sakai, o último samurai sobrevivente na Ilha de Tsushima, se passando durante a primeira invasão Mongol no território japonês no século XIII, mais especificamente no ano de 1274.

Com um mapa aberto que recria o ambiente do Japão Feudal, o jogador assumirá o controle de um guerreiro que luta para impedir a grande invasão liderada pelo líder brutal Khotun Khan.

Na realidade, esta batalha foi responsável por abalar todos os conceitos e ideais de um povo que se orgulhava de seu poderio militar, e que até então, nunca havia enfrentado uma ameaça tão grande em seu território.

Naquela época, o império liderado por Kublai Khan já havia conquistado uma boa parte da Europa e o Oriente quase por completo.

Depois de dominar o território coreano, a próxima empreitada seria expandir seus limites para além dos mares, e o Japão se tornou um alvo inevitável para o poderoso ditador.

Comandado pelo temido general Khotun Khan, que no jogo se trata de um primo fictício de Kublai Khan, a gigantesca frota naval mongol atraca inicialmente na ilha de Tsushima.

A partir daí acompanhamos a narrativa do game sob perspectiva de Jin Sakai, um nobre samurai e sobrinho do Lorde Shimura, o líder regente daquela região.

Com um exército formado por cerca de oitenta samurais, ele avança com todas as forças contra o exército invasor. O resultado é um verdadeiro massacre sem precedentes e a morte de praticamente todos aliados.

Exército de Khotun Khan
Imagem: Exército de Khotun Khan/ Reprodução

A diferença brutal entre o tamanho das tropas e a tecnologia militar adquirida de outros povos conquistados, colocam Khotun e seu exército em grande vantagem contra os Japoneses.

Na verdade, os nativos da Ilha Tsushima estavam em desvantagem e presos a um código de conduta, que estabelecia regras justas de combate contra um inimigo sem escrúpulos e que não se importava nenhum pouco com honra.

Ao sofrer uma derrota devastadora, e ver as forças inimigas aniquilarem parte de seu povo, além de blasfemarem seu lar, Jin precisará dominar um novo estilo de luta, o caminho do “Ghost” ou “Fantasma”, para derrotar as forças mongóis e lutar pela liberdade e independência do Japão

O impasse que o protagonista se encontra ao renegar seu código, em virtude da necessidade de adaptar seu modo de combater o inimigo, levam o personagem a uma dúvida constante:

“Será correto abandonar as raízes para salvar seu povo?”

Vale lembrar que estamos falando aqui, de uma época completamente diferente e uma cultura milenar que punia qualquer desobediência ou desvio de conduta com a morte.

Jin Sakai
Imagem: Jin Sakai/ Ghost fo Tsushima

Ao longo da jornada encontramos outros guerreiros que também carregam suas dores e perdas pessoais em meio a todo caos causado por Khotun Khan. É impossível não ser afetado por seu sofrimento e ajudá-los no processo.

Jogabilidade

Ghost Of Tsushima é jogado a partir de uma perspectiva em terceira pessoa, que apresenta um grande mundo aberto, onde o cenário não apresenta nenhum waypoint, podendo ser explorado sem qualquer tipo de orientação.

O jogador pode viajar para diferentes partes da Ilha Tsushima montando um cavalo e além disso, um item que funciona como gancho está disponível para chegar em áreas de difícil acesso.

Originalmente, Jin Sakai foi criado sob a tutela e o treinamento de seu tio, o Lorde Shimura, no caminho honrado dos samurais.

Atuando dessa forma, é possível confrontar os oponentes em duelos honrosos, onde prevalece aquele que melhor antecipar o movimento do adversário.

O jogo possibilita uma série de posturas de combate, que alteram o estilo dos golpes e abrem certas vantagens contra determinados tipos de inimigos.

É possível ainda, realizar esquivas e bloqueios que são recompensados quando utilizados no tempo certo, deixando os oponentes expostos para um contra-ataque eminente.

Quando o jogador assume o estilo “Fantasma”, o game toma um tom mais furtivo, onde a maneira de agir do protagonista se assemelha muito aos ninjas assassinos, mais conhecidos como shinobi.

Dessa forma é possível mergulhar na água, se esconder em vegetações mais elevadas ou subir em telhados sem ser detectado e garantir uma infiltração perfeita.

Sakai conta com diversas ferramentas em seu arsenal, como bombas de pólvora ou de fumaça, kunais, pequenos sinos de distração, entre outros apetrechos essenciais para criar a oportunidade de assassinar os inimigos da maneira mais eficaz.

Ghost of Tsushima
Imagem: Ghost of Tsushima/ Reprodução

Seja qual for a preferência de estilo, sempre será necessário fazer movimentos de forma muito bem calculada, pois os ataques dos inimigos causam muito dano.

Uma estratégia mal executada pode colocar Jin em apuros, ao ser cercado por um grupo de oponentes ao som da corneta mongol, que alerta todos ao seu redor. Por esse motivo é necessário saber utilizar as ferramentas corretas no momento exato.

Vale lembrar que ao ser morto, o protagonista ainda ficará no chão agonizando por alguns minutos, dando a oportunidade para os mongóis humilharem seu corpo moribundo, antes de uma execução extremamente brutal.

É possível adquirir novas técnicas e armamentos, além de equipar artefatos recebidos ao concluir determinadas missões ou honrando santuários das inúmeras divindades da cultura oriental.

Cada tipo de amuleto traz uma melhoria específica que pode se tratar de um aperfeiçoamento no dano, aumento no tempo de detecção pelos adversários ou outras funcionalidades.

Estilos de campanha

Ghost of Tsushima oferece várias opções na hora de optar pelo estilo de campanha, mas basicamente, o jogador pode interagir de duas formas.

Quem for mais adepto de ação, poderá se divertir bastante ao encarar seus desafios, como um samurai honrado, mas se houver preferência por espionagem, furtividade e eliminação de alvos, o jogo entra em outro modo.

Jin Sakai terá um arsenal e técnicas que o transformarão em um “Fantasma”, que voltou dos mortos para vingar todos aqueles que foram mortos pelos mongóis.

Se optar pelo combate a distância, Sakai pode montar builds específicas para o uso do arco e flecha, que possibilitam a eliminação de pequenos grupos antes de se aproximarem.

Fantasma Ghost Of Tsushima
Imagem: Fantasma/ Ghost Of Tsushima

Além disso, é possível a personalizar a armadura, e esse aspecto vai muito além do fator estético. Cada tipo de traje confere atributos especiais que combinam com os diferentes momentos do jogo.

Apesar da situação, os sobreviventes do massacre buscam prosseguir com sua vida em campos de refugiados ou vilarejos retomados, onde encontraremos, mercadores, armeiros, ferreiros, entre outros.

Estes personagens serão fundamentais para aprimorar seus equipamentos tanto na performance quanto na questão visual.

A moeda de troca são suprimentos encontrados durante o jogo ou recebidos como recompensa. Além deles, devemos coletar matérias-primas como flores para liberar novas tinturas, metais para as armas ou madeira para fabricação de arcos.

Os contos secundários de Ghost Of Tsushima

Os contos secundários são tão importantes quanto os primários, pois além de ampliar o panorama do jogador sobre a criticidade da situação, eles também colaboram para fortalecer a lenda de Jin.

Este recurso é uma espécie de medidor de progresso, que não só concede pontos para a compra de habilidades, como também influencia em nossa reputação ao longo da ilha.

Quanto maior for a lenda, mais as pessoas irão comentar sobre nossos feitos, e o melhor de tudo, é que mais temerosos serão os inimigos durante o combate.

Particularmente, é muito gratificante se deparar com um adversário fugindo de medo ao testemunhar a morte brutal de um companheiro nas mãos do temido Fantasma.

Os gráficos e a estética

Ghost Of Tsushima impressiona, trazendo um dos modos de fotografia mais bem elaborados já desenvolvidos para o Playstation 4.

Além dos efeitos de câmera e filtros de iluminação, é possível adicionar detalhes como alterações climáticas, maior ação do vento e elementos do ambiente, como folhas ou até mesmo vagalumes.

Ghost of Tsushima
Imagem: Ghost of Tsushima/ Reprodução

O game levar o jogador em uma jornada onde realidade histórica e ficção se misturam para criar uma das melhores e mais imersivas experiências com gêneros de mundo aberto, repleto de cenários visualmente impactantes.

Sua trilha sonora composta essencialmente por instrumentos da música tradicional japonesa, contribui positivamente para nos colocar no clima desejado.

Tudo fica ainda melhor graças ao trabalho de captura de movimentos e expressões executadas pelo excelente elenco de atores.

O jogo também conta com ótimas dublagens, e mesmo com alguns problemas de sincronização, ainda continua sendo uma experiência muito envolvente.

Se, de um lado, o mapa é rico em belas paisagens, com a mesma qualidade ele se apresenta quando o assunto são as atividades extras.

No decorrer do jogo, será frequente deparar-se com um pássaro amarelo que tem um canto bem característico. Eles costumam levar a pontos específicos no mapa, como novos itens de customização, bases inimigas e outros elementos importantes.

Ghost of Tsushima traz uma ilha paradisíaca repleta de paisagens incríveis, com densos bambuzais, lagoas cobertas pela bela sombra de bordos vermelhos e os vastos arrozais que refletem o nascer do sol como um espelho.

A chegada das hordas que devastam as belezas naturais com suas armas flamejantes, desrespeitando a cultura local ao destruir templos e esculturas históricas, cria um contraste muito dinâmico e interessante.

Imagem: Invasão mongol
Imagem: Invasão mongol/ Ghost Of Tsushima

O nascer do sol tem muito destaque nas paisagens, assim como o som dos trovões durante as tempestades, que ecoam por toda a ilha, e até mesmo o vento, têm um papel especial na jornada nosso herói.

Fazendo uma referência ao termo japonês kamikaze, que significa vento divino, este elemento foi desenvolvido para substituir os mini-mapas no canto da tela, servindo como guia até os próximos locais onde Jin Sakay explorar.

Os personagens principais de Ghost Of Tsushima

Jin Sakai

Jin Sakai é o protagonista de Ghost of Tsushima e conforme o jogo avança, ele precisa assimilar novas táticas de combate, que conflitam drasticamente com sua filosofia de vida.

Crescendo na classe dominante dos samurais, ele foi criado em um ambiente estrito e disciplinado, treinado arduamente por seu pai, Kazumasa, e seu tio materno, o Lord Shimura.

Jin é um dos oitenta homens enviados em um ataque suicida contra os mongóis na praia de Komoda. Durante a batalha, Jin foi gravemente ferido e dado como morto, enquanto seu tio era capturado.

Renegando completamente sua identidade e seus princípios, durante o jogo ele vai se transformando no Fantasma, um novo tipo de guerreiro moldado por suas novas experiências, que abrangem novos inimigos e aliados.

Ghost of Tsushima não é apenas o incrível retrato histórico da ilha de Tsushima durante a invasão mongol, mas também uma jornada de autodescobrimento e enfrentamento de tradições por parte do protagonista.

Shimura

Lord Shimura era o líder do Clã Shimura e o o jito (senhor supremo) de todos os Tsushima. Depois que o pai de Jin Sakai morreu, ele continuou o treinamento de seu sobrinho.

Shimura
Imagem: Shimura/ Ghost Of Tsushima

Durante o desembarque mongol, Lord Shimura liderou o exército samurai contra os inimigos na praia de Komoda. O ataque terminou em desastre, quando os mongóis assassinaram a maioria de suas forças e invadiram a ilha em questão de horas.

Ele foi capturado pelos invasores sob o comando de Khotun Khan e mantido em cativeiro no Castelo Kaneda. Mais tarde Shimura acabou sendo resgatado por Jin e outros aliados, que também recuperaram o local.

Enquanto o protagonista se desvia do caminho samurai, se aperfeiçoando através de novas táticas, seu mentor começa a se preocupar com os seus desvios de conduta.

Shimura representa o vínculo com a tradição do caminho samurai, mas o grande vilão Khotun Khan, com seus métodos carniceiros e brutais, irá forçar Jin a repensar suas filosofias e sua conduta.

Khotun Khan

A invasão mongol na ilha de Tsushima é liderada por Khotun Khan, que desafia todas as crenças pessoais de Jin Sakai ao destruir seu lar em uma onda de morte e violência.

O grande vilão de Ghost Of Tsushima é primo de Kublai Khan e neto de Genghis Khan, que cresceu e se tornou um general muito bem-sucedido e conhecido em todo o Império Mongol.

Após a conquista de Goryeo, ele foi encarregado por seu primo de liderar a conquista do Japão.

Khotun decide começar sua empreitada, invadindo a Ilha de Tsushima, utilizando espiões e informantes para aprender sobre a história e política local, especialmente sobre o jito de Tsushima, Lord Shimura.

Khotun Khan
Imagem: Khotun Khan/ Ghost Of Tsushima

É por causa desta inteligência, concentrada em eliminar os samurais, que Jin Sakai terá que remodelar suas táticas de combate e filosofias pessoais para derrotá-lo. Os velhos ensinamentos já não funcionam contra um inimigo tão cruel e ardiloso.

Yuna

Yuna e seu irmão mais novo, Taka, nasceram em uma família de camponeses em Yarikawa, tendo crescido aos cuidados de uma mãe alcoólatra e abusiva.

Quando Taka tinha apenas seis anos, depois que a mulher quebrou o braço do filho em um ataque de raiva, os dois acabaram fugindo de casa.

Yuna aceitou ajuda de uma figura conhecida como Black Wolf, que na verdade era um traficante de escravos e predador sexual de crianças. Yuna e Taka foram drogados, abusados e mais tarde vendidos.

Após fugirem de seus senhores, os dois vivem uma vida nômade na Ilha de Tsushima, até que acontece a grande e cruel invasão dos mongóis.

Após a Batalha da Praia de Komoda, Yuna encontra Jin Sakai gravemente ferido e ajuda em sua recuperação, enquanto o esconde do exército inimigo.

Yuna Ghost Of Tsushima
Imagem: Yuna/ Ghost Of Tsushima

Assim que o samurai começa a retomar suas forças, ela o ajuda a ter sua katana de volta, que foi tocada por comida e remédios.

Enquanto eles se escondem, Yuna ensina táticas furtivas usadas por ladrões a Jin, que inicia sua jornada para se tornar o Fantasma.

Ghost of Tsushima: Legends

Ghost of Tsushima: Legends é uma extensão foi lançada em outubro de 2020, sendo um modo multiplayer que utiliza o jogo original como base, mas introduzindo a ele um novo tipo de interação.

No DLC, que comporta até quatro usuários simultâneos, é possível escolher entre os novos personagens, todos se tratando de lendas da ilha de Tsushima e de classes diferentes.

No controle desses guerreiros, que antecedem a jornada de Jin Sakai, os jogadores enfrentam não só hordas de inimigos mongóis, mas também criaturas sobrenaturais nunca vistas anteriormente, como Onis, em várias missões de história e sobrevivência.

O jogo conta com quatro classes representadas por diferentes lendas, sendo elas, Samurai, Caçador, Ronin ou Assassino.

O Samurai é um personagem mais resistente e forte para encarar o combate, enquanto o Caçador é focado em eliminar inimigos com ataques à distância.

Imagem: Ghost of Tsushima- Legends/ Reprodução
Imagem: Ghost of Tsushima- Legends/ Reprodução

O Assassino é capaz de causar muito dano a alvos específicos e o Ronin é uma classe de suporte, com poder de ressuscitar o grupo e invocar o espírito de um cachorro para ajudar na missão.

Inicialmente, o jogador precisa escolher uma das classes para iniciar a campanha, mas podendo liberar as outras posteriormente.

A equipe de desenvolvimento da Sucker Punch Productions, declarou que o modo multiplayer de Ghost of Tsushima foi uma ideia que surgiu logo no início do projeto:

“Desde o início do desenvolvimento de Ghost of Tsushima, nós sabíamos que tinha que existir esse modo cooperativo, e que seria um dos pilares do jogo base. Acho que ficamos entre seis meses e um ano completo discutindo ideias, até que ‘Legends’ surgiu. Gostamos muito de elementos sobrenaturais, mas a experiência de Ghost of Tsushima tinha que ser mais realista, então, esse multiplayer permitiu trazer coisas novas.”

Vale lembrar que Ghost of Tsushima: Legends poderá ser comprado individualmente por aqueles que não têm o jogo, ou seja, ele passará a ser um jogo standalone, onde o jogador não precisará ter a versão original.

A opção será disponibilizada através da PlayStation Store a partir do dia 3 de setembro, no mesmo dia de lançamento da atualização que trará um novo modo de jogo o multiplayer.

Ghost of Tsushima- Legends
Imagem: Ghost of Tsushima- Legends/ Reprodução

O Rivais irá colocar dois times para enfrentarem hordas de inimigos, e conforme forem derrotando os oponentes, os jogadores ganharão Magatamas que podão ser utilizadas para comprar habilidades e atrapalhar as investidas do time oponente, como bloqueio temporário de compra de itens, maldições, fogo Hwacha e mais.

A nova versão independente de Lendas poderá ser baixada na PlayStation Store para consoles PS4 ou PS5, com a exceção dos cosméticos que são destravados apenas pela campanha para um jogador

Para os jogadores que adquirirem a versão Legends, caso queiram adquirir o upgrade para Ghost of Tsushima: Versão do Diretor, poderá ser feito a qualquer momento após o lançamento dia 20 de agosto de 2021, nos consoles PS5 ou PS4.

E aí gamer, gostou da nossa análise desse super jogo desenvolvido pela Sucker Punch? Então deixe sua opinião nos comentários e ajude a equipe Proddigital POP a continuar melhorando seu conteúdo!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários