A série Sandman vem sendo desenvolvida pela Netflix, e já conseguimos ter um vislumbre de como será o tom do live-action, depois da divulgação de algumas cenas durante o evento TUMDUM.

Recentemente, o criador da HQ original, Neil Gaiman, veio a público para se posicionar diante do questionamento de muitos leitores, se a série de TV terá alguma conexão com o Universo da DC.

Embora não lide diretamente com os heróis, as histórias em quadrinhos contam com algumas participações de personagens da editora, incluindo até mesmo a Liga da Justiça.

Contudo, o autor deixou bem claro que não existe nenhuma necessidade de se prender a esse conceito na série que vem sendo produzida para a Netflix.

Gaiman falou sobre o assunto em seu perfil do Tumblr, esclarecendo aos fãs, que no início optou por unir seu universo ao da DC Comics, o que deixou de ser necessário quando a HQ passou a ter uma identidade própria.

“Sandman basicamente se desviou do Universo DC nos quadrinhos para fazer algo que parecesse muito mais nosso. E fazer Sandman na Netflix é a chance de fazer isso novamente. Com a economia de não precisar da existência de um universo compartilhado. Então, quando fizermos cenas como a que a Liga da Justiça aparecia nos quadrinhos, faremos um tanto diferente.”

Na obra original, personagens da DC fazem “participações especiais”, até mesmo pelo fato de que o selo Vertigo, a qual Sandman pertencia, também fazia parte da DC.

Essa divisão da editora, publicava histórias voltadas para um público mais adulto, mas deixou de existir em 2019, dando lugar à DC Black Label.

Os crossovers eram muito interessantes, pois colocavam heróis mais famosos como Batman e Superman, em contato direto com personagens como John Constantine, Lucifer e até mesmo Morpheus, que possuem uma origem mais obscura.

Sandman
Imagem: Sandman/ Vertigo

Veja mais: 

Sandman é uma das obras em quadrinhos mais aclamadas do mundo inteiro, e pode ser considerada como a mais importante na carreira do escritor Neil Gaiman.

Lançada originalmente entre janeiro de 1989 e março de 1996, a história é famosa pela trama em si, mas principalmente pela arte, que até os dias de hoje, é vista como revolucionária, sendo um ponto fora curva no que se diz respeito ao universo dos quadrinhos.

Sandman segue os passos de Morpheus, também conhecido como Sonho, a representação antropomórfica dos sonhos, governante do Sonhar (o mundo dos sonhos).

Ele é um dos seres conhecidos como Perpétuos, um grupo de entidades especiais, formado pelo Destino, a Morte, a Destruição, o Desejo, o Desespero e o Delírio.

Sandman durou 75 edições, e a série em quadrinhos de Neil Gaiman começa quando Sonho é capturado por engano no lugar de sua irmã mais velha, a Morte. Ele escapa depois de 70 anos e a partir daí, precisa retomar seu reinado.

A HQ é repleta de referências a mitologia, cultura pop, filosofia e assuntos metafísicos, que são abordados com maestria pelo autor. A história se tornou uma grande influência para diversas obras famosas, além de ter ganhado status cult.

A Netflix, trabalha em parceria direta com Neil Gaiman na série, o que é considerado como um grande acerto por parte dos fãs, que esperam uma adaptação bastante fiel ao material de origem.

O criador da obra irá coescrever o episódio piloto ao lado de David Goyer e Allan Heinberg. No entanto, a autoria dos dez episódios restantes será de Heinberg, que também assume a função de produtor principal.

O elenco deve contar com os atores, Tom Sturridge como Morpheus, Charles Dance como Roderick Burgess, Gwendoline Christie como Lúcifer, Boyd Holbrook como Coríntio, Vivienne Acheampong como Lucienne.

Sandman terá onze episódios em sua primeira temporada, mas ainda não teve uma data oficial de estreia divulgada.

A série representa mais uma investida da Netflix em manter seu espaço, no que diz respeito ao universo de super-heróis, que hoje é uma vertente disputadíssima entre as principais plataformas de Streming.

E aí aficionado, em que nível ficou sua expectativa para a chegada da série Sandman na Netflix?

Deixe sua opinião nos comentários e continue acompanhando o nosso conteúdo, para que a equipe Proddigital POP não pare de crescer!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários