Após ter engavetado o filme Fast and Loose, uma história sobre um chefe do crime que possui identidade dupla, sendo também um agente da CIA, a Netflix também desistiu de outro trabalho com o ator, Bright 2.

Segundo o tweet feito pelo jornalista Lucas Shaw, da Bloomberg, o cancelamento não está relacionando ao tapa que Will deu em Chris Rock no Oscar desse ano. Contudo, vale lembrar que o canal de streaming está passando por um mal momento, já que perdeu quase 200 mil assinantes no começo do ano.

Bright, lançado em 2017, dirigido por David Ayer (Esquadrão Suicida) o filme se trata sobre um mundo futurista, onde humanos e outros seres convivem normalmente, na cidade de Los Angeles. Após uma sequência de acontecimentos, um policial humano chamado Daryl Ward (Will Smith) acaba tendo que trabalhar com um orc (Joel Edgerton) a fim de evitar que uma varinha mágica acabe nas mãos de criaturas perigosas.

O filme não recebeu uma boa avaliação dos críticos, porém, na época o lançamento, foi considerado um dos maiores filmes de todos os tempos na Netflix. Em 2021, ganhou um Spin-off chamado Bright: Samurai Soul. Assim, já era de se esperar que haveria uma sequência. Entretanto, após quatro anos da confirmação, Bright 2, foi oficialmente cancelado.

Bright com Will Smith e Joel Edgerton
Bright com Will Smith e Joel Edgerton – Imagem: Digulgação

Vale lembrar, que após todo o ocorrido, a National Geographic também adiou a série onde Will viaja para o Polo Norte e o Polo Sul. O programa seria a terceira, entre outras duas produções feitas por Smith no canal. A produção que deveria começar em maio, estava programada para ter lançamento em Outubro.

Por fim, chegamos ao número de cinco projetos cancelados ou adiados do ator, devido aos acontecimentos ocorridos no Oscar. Eventualmente a Sony também adiou a sequência de Bad Boys.

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários