Inegavelmente The Walking Dead se tornou uma série de imenso sucesso e ao longo dos anos e conquistou uma legião de fãs em todo o mundo. Por conta de tamanha repercussão é inevitável que o enredo principal sirva como base para vários spinoffs e derivados.

Mas até que ponto isso pode ser realmente favorável ao contexto geral da trama? O fato é que um grande percentual dos fãs gosta muito desse tipo de expansão do universo e a grande verdade é que a série deixa muitos pontos soltos durante as dez temporadas à que “sobreviveu”.

Inicialmente a trama nos mostra a jornada do grupo liderado pelo xerife Rick Grimes. Sobreviventes de um mundo hostil e dominado por zumbis que precisam lidar com seus dilemas morais e sentimentos que variam frequentemente entre ódio e irmandade.

Com o passar dos anos a série caminhou por direções diferentes ganhando alguns adeptos e perdendo outros, mas a realidade é que mesmo com seus altos e baixos, nunca deixou de ser uma “queridinha”.

Um exemplo disso foi a introdução do vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan) e os “Salvadores” que trouxeram um peso gigantesco ao enredo. Com certeza esta fase é a mais contraditória entre os fãs, pois apesar de ser idolatrada por alguns, também fez com que muitos deixassem de seguir a trama pelos excessos de violência gratuita.

The Walking Dead
Imagem: The Walking Dead/ Divulgação

A AMC veio a pouco anunciar que The Walking Dead chegará ao seu fim na 11ª temporada, que está prevista para estrear no final de 2022. Mas isso não significa que o universo criado por Robert Kirkman ficará esquecido.

A emissora segue firme e forte com seus dois derivados, Fear the Walking Dead que se encaminha para a sexta temporada e a novíssima World Beyond que acaba de estrear.

A AMC também revelou que tem duas novas produções em desenvolvimento e que uma delas seria focada nos personagens Daryl e Carol. A estreia deste seriado tem previsão para acontecer em meados de 2023 e irá contar com a supervisão de Angela Kang que é a atual responsável pela série principal.

Outro derivado está nas mãos de Scott Gimple e leva o nome de Tales of the Walking Dead. A série irá desenvolver a história de personagens antigos em novos episódios individuais, expandindo suas tramas e algumas vezes voltando-se para seus passados.

The Walking Dead encerra oficialmente sua décima temporada em outubro deste ano, além de lançar um material extra composto por mais seis episódios.

O material original de Robert Kirkman

O que poucos sabem sobre The Walking Dead é que se trata da adaptação de uma série de histórias em quadrinhos com o mesmo nome, publicada nos Estados Unidos pela Image Comics de outubro de 2003 à julho de 2019.

As HQ’s foram criadas por Robert Kirkman e desenhadas por Tony Moore que foi substituído por Charlie Adlard a partir da sétima edição, mas Tony voltaria a desenhar as capas até a edição de número 24.

The Walking Dead HQ
Imagem: The Walking Dead/ Robert Kirkman

Em seu lançamento a série não teve muita repercussão, mas ganhou grande popularidade com o passar do tempo. Em 2006 a primeira tiragem da trigésima terceira edição da série se esgotou em apenas 24 horas.

No ano de 2010 a HQ viria a ganhar o prêmio Eisner Award como melhor série contínua e a premiação foi anunciada na San Diego Comic-Con daquele ano.

A revista em quadrinhos foi lançada no Brasil em 2006 pela HQM Editora em edições encadernadas que levavam o título de Os Mortos-Vivos. Em 2012, após o sucesso crescente da série de TV a editora decidiu lançar uma revista mensal com o título do original The Walking Dead.

Ainda em 2017, o título foi adquirido pela Panini Brasil Ltda, que está publicando encadernados de onde a HQM Editora parou e também publicando encadernados que partem do número 1 da revista.

Fear the Walking Dead

Em uma época onde o mundo desmorona e sofre terríveis mudanças devido a causas desconhecidas e antes que alguém pudesse entender com certeza o que estava acontecendo, seguiremos os passos de uma família desestruturada e disfuncional que precisa resolver suas diferenças para conseguir  sobreviver ao caos do fim dos tempos.

Ambientada em Los Angeles Los Angeles, Califórnia e posteriormente no México, Fear the Walking Dead tem a premissa de mostrar o começo do apocalipse zumbi e a temível desintegração da sociedade.

Na segunda temporada a família encontra refúgio em uma embarcação, porém descobrem que não foram os únicos a buscar abrigo em alto mar e também não foram os únicos a abandonar Los Angeles. Agora deverão reinventar seu estilo de vida, aprendendo novas habilidades e adotando novas atitudes para enfrentar não só aos infectados, mas também aos outros sobreviventes.

Fear the Walking Dead
Imagem: Fear the Walking Dead/ Reprodução

A série teve início em 2015 e sofreu com as baixas até encontrar seu caminho e criar uma trama interessante, mas o fato é que nunca recebeu a mesma atenção do programa original. A AMC parece ter reconhecido essa dificuldade e começou a juntar suas criações para criar algo diferente e maior.

Um exemplo disso foi a introdução do personagem Morgan vivido por Lennie James que chega na quarta temporada para unificar os dois universos com a proposta de reinventar o enredo da série.

A conclusão da batalha entre Rick e Negan faz com que Morgan parta em uma jornada solitária pelas perigosas estradas americanas, mas seu plano é interrompido quando ele se deparar com o pistoleiro John que é interpretado por Garret Dillahunt (DeadwoodThe Gifted).

Os dois acabam precisando ser resgatados por Al (Maggie Grace), uma sobrevivente que passava por perto em um veículo blindado e fortemente armado. É neste cenário que rapidamente se forma um novo trio de protagonistas.

Outro crossover que aconteceu em Fear the Walking Dead foi a introdução personagem Dwight que migrou da série original em busca de sua esposa através de pistas que ela foi deixando ao longo do caminho. Sherry foi introduzida na sexta temporada de The Walking Dead e desapareceu na sétima temporada.

Robert Kirkman é o produtor executivo da série juntamente com Gale Anne Hurd, Greg Nicotero e David Alpert (ambos da série original), além disso a produção da AMC conta com Adam Davidson como diretor.

The Walking Dead
Imagem: Fear the Walking Dead/ Reprodução

A nova fase de Fear the Walking Dead promete um novo formato onde cada episódio mostrará uma trama independente. A série também irá ficar mais sombria, com muitas cenas noturnas e um tom mais depressivo.

“Visualmente vai ser lindo, a fotografia é incrível E emocionalmente será bem impactante”

AMC anunciou que a sexta temporada encontra-se atualmente em produção e as filmagens estão acontecendo em Austin desde Novembro. Sua estreia estaria prevista para outubro deste ano, mas ainda não se sabe quando a série poderá voltar a ser gravada por conta da pandemia.

Desde a segunda metade da quarta temporada o AMC Brasil optou por exibir a série em datas diferentes dos EUA. Na 5ª temporada a exibição acontecia após 3 episódios já terem sido lançados em solo americano, mas não sabemos se este perfil será mantido.

World Beyond

World Beyond chega para expandir ainda mais o universo de The Walking Dead, aprofundando a mitologia através de um novo grupo de personagens e uma história mais “juvenil”. Inicialmente situada em uma comunidade mais avançada que vive isolada a salvo do perigo do mundo exterior, promete apresentar a primeira geração criada durante o apocalipse zumbi.

Além disso a série chega para nos oferecer pela primeira vez, alguns detalhes concretos sobre a organização CRM já explorada em Fear the Walking Dead e que sabemos que foi responsável por levar Rick Grimes no misterioso elicóptero.

World Beyond mostrou em seus primeiros episódios que a CRM funciona como uma força militar sob o comando de Elizabeth Kublek (Julia Ormond) que faz parte da Rede dos Três Anéis, uma aliança entre três assentamentos que incluem o Campus Colony de Omaha de onde vêm os protagonistas da série.

world beyond
Imagem: World Beyond/ Reprodução

Conforme o que já foi visto em Fear the Walking Dead a CRM está desenvolvendo uma cura para o vírus que transforma os mortos em zumbis. Em World Beyond, descobrimos que o trabalho do Dr. Leo Bennett (Joe Holt) que é o pai das protagonistas Iris (Aliyah Royale) e Hope (Alexa Mansour) é a chave para essa possível esperança para a humanidade.

Embora os planos da CRM possam ser bons para o mundo como um todo, os métodos utilizados parecem não ser dos melhores. Neste contexto as meninas recebem mensagens de seu pai revelando que está sendo mantido contra sua vontade.

Este fato dará início à história de World Beyond com Iris, Hope e seus amigos Elton (Nicolas Cantu) e Silas (Hal Cumpston) em uma jornada para libertar o Dr. Bennett das instalações de pesquisa situada em Nova York.

A série foi criada por Scott M. Gimple e Matthew Negrete e terá apenas duas temporadas com dez episódios cada uma antes de ser finalizada.

Os filmes do universo The Walking Dead

Durante a nona temporada, o personagem central Rick Grimes foi sequestrado por um misterioso helicóptero durante a explosão de uma ponte cheia de zumbis e desde então não tivemos mais notícias sobre o seu paradeiro.

Porém no episódio “What We Become” da décima temporada, Michonne encontra um par de botas e um iPhone com o nome Rick gravado em cima de uma desenho de Michone e Judith.

As pistas encontradas em The Walking Dead juntamente aos fatos que já vimos em Fear the Walking Dead e World Beyond provavelmente irão estabelecer um cenário para os filmes que serão protagonizados por Rick Grimes.

Teorias apontam para que o sequestro do Dr. Bennett pode ter relação direta com o desaparecimento de Rick e indicam que ele realmente está vivo e possivelmente trabalhando com o grupo CRM ou mesmo que esteja foragido.

Rick Grimes
Imagem: Rick Grimes/ AMC Divulgação

Este desfecho também é estratégico para a AMC, pois serve como pretexto para a saída de Danai Gurira da série principal. Outra teoria muito aceita é a de que a franquia de filmes The Walking Dead poderá focar nas aventuras de Michonne durante a busca por Grimes.

O fato é que os filmes são uma realidade e Andrew Lincoln já declarou que está disposto a retomar o papel do protagonista. O showrunner Scott M. Gimple revelou recentemente ao Entertainment Weekly alguns detalhes sobre o processo de produção da trilogia:

“AINDA ESTAMOS TRABALHANDO NO ROTEIRO. NO MOMENTO, ALGUNS TRECHOS ESTÃO SENDO DETALHADOS. NÃO QUERO ENTREGAR MUITO, MAS POSSO DIZER QUE ESTÁ FICANDO INCRÍVEL E QUEREMOS TORNAR ISSO MUITO ESPECIAL PARA TODOS OS ENVOLVIDOS.”

Sem esquecer de que a Universal Pictures já divulgou um teaser do primeiro filme da franquia que mostrará o que aconteceu com Rick Grimes após seu desaparecimento. Confira abaixo:

The Walking Dead Webisodes

Além dos derivados que são idealizados para TV e futuramente para o cinema, desde 2011 a AMC lançou o The Walking Dead Webisodes que são mini-séries disponibilizadas em seu site oficial antes do início das temporadas. Os episódios adicionais funcionam como um tipo de aquecimento com tramas ocorrendo dentro do mesmo universo em histórias inéditas sobre outros sobreviventes.

The Walking Dead: Torn Apart é a primeira delas e conta a como foi a origem de Hannah, também conhecida como “Mulher da Bicicleta” a zumbi que Rick Grimes matou no primeiro episódio de The Walking Dead. Rick se arrisca para reencontrar Hannah antes de partir para Atlanta e logo depois de dizer a ela que sentia muito, da um tiro na cabeça do zumbi.

The Walking Dead: Cold Storage é dividida em quatro partes e foi ao ar antes da estreia da terceira temporada do programa. A websérie segue a história de um jovem chamado Chase que procura abrigo em um armazém administrado por um funcionário mal-intencionado chamado B.J.

The Walking Dead: The Oath é a terceira websérie relacionada a The Walking Dead e foi disponibilizada em outubro de 2013. A mini-série tem três episódios de oito minutos onde  acompanhamos os sobreviventes Paul e Karina tentando sobreviver após o acampamento em que viviam ser devastado por zumbis.

The Walking Dead: Red Machete foi lançada antes da estréia da oitava temporada e segue a trilha do facão vermelho que Rick usou como arma para matar Gareth (íder do Terminus), desde seu começo na prateleira de uma loja no início do apocalipse até atingir as mãos de vários sobreviventes, sendo eles bons ou maus. O projeto tem cinco partes e foi inteiramente dirigido por Avi Youabian e escrito por Nick Bernardone.

The Walking Dead- Red Machete
Imagem: The Walking Dead- Red Machete/ Divulgação

Depois de todas essas informações sobre The Walking Dead, em que nível ficou a sua expectativa para a estreia dos novos derivados da série??

Então não marque bobeira!!!

Fique por dentro de todas as novidades sobre o universo dos mortos-vivos em nossa página Proddigital POP e também siga nossas redes sociais InstagramTwitterFacebook para não perder nenhuma novidade no universo incrível da cultura POP!!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários