A identidade secreta da primeira Canário Negro nas histórias em quadrinhos da DC Comics foi Dinah Drake, criada pelo autor Robert Knigther e pelo artista Carmine Infantino.

A personagem fez sua estreia na revista “Flash Comics #86“, publicada em agosto de 1947, o que faz dela uma das primeiras e mais importantes heroínas da editora.

Dinah era uma grande lutadora, especialista em artes marciais, mas é importante lembrar que não tinha nenhum super-poder. Isso não a impediu de futuramente se tornar um membro importante da Sociedade da Justiça da América.

No início ela era uma vigilante mascarada que usava uma peruca loira para não ser reconhecida. Durante o dia ela era apenas uma vendedora de flores, mas a noite, a garota combatia o crime disfarçada, se infiltrando nas gangues da cidade.

A combinação do sex appeal, acentuado por seu visual, com as meias arrastão e a jaqueta de couro, além de sua coragem e sua impressionante técnica de luta, fizeram dela, uma das personagens femininas mais populares entre os leitores.

Canário Negro
Imagem: Canário Negro/ DC Comics

A Canário Negro já fez parte das maiores equipes da DC Comics, como a Sociedade da Justiça da América, a Liga da Justiça e mais recentemente das Aves de Rapina, participando de diversos arcos importantes ao longo dos anos.

Entre os principais, podemos destacar “Aves de Rapina: Of Like Minds“, conhecido por ser a primeira história de Gail Simone para a equipe, que mais tarde viria a se tornar a sua escritora definitiva do título.

Este grupo icônico nas HQ’s da DC Comics, é formado basicamente pelas heroínas, Canário Negro, Oráculo e Caçadora, com outras personagens que também já passaram a fazer parte da formação.

A origem da Canário Negro

A história de origem da Canário Negro, ainda na “Era de Ouro” dos quadrinhos, é bastante confusa, com direito a viagens interdimensionais, maldições e troca de corpos, principalmente quando falamos da “Era de Prata” e do período “Pré-Crise” da DC Comics.

Em 1985 a editora faria um reboot de todos os seus personagens no arco conhecido como “Crise nas Infinitas Terras“, cuja conclusão modificou toda história do Universo DC e estabeleceu uma nova e única linha do tempo.

A partir daí, a editora passou a desenvolver a personagem de maneira consistente e chegamos em uma origem mais coesa e compatível com a atuação da Canário, sobretudo na forma como ela adquire seus poderes e habilidades.

Crise nas Infinitas Terras
Imagem: Crise nas Infinitas Terras/ DC Comics

 A Canário Negro no Pós-crise da DC Comics

Dinah Drake é filha do detetive da polícia de Gothan City, Rychard Drake e foi treinada desde criança por ele, para um dia assumir o seu legado. A garota adorava a ideia de se tornar uma policial e se tornou uma ótima lutadora e estrategista.

Quando estava finalmente pronta para se alistar, ela foi rejeitada pela corporação por se tratar de uma mulher. Mas isso não iria impedi-la de realizar seu sonho, principalmente depois da morte súbita de seu pai.

Ela iria combater a criminalidade, e usando uma máscara e uma peruca loira, inspirada por outros heróis da época, como Jay Garrick, o primeiro Flash, e Alan Scott, o primeiro Lanterna Verde.

Dinah se tornou então, a primeira Canário Negro e foi convidada por Johnny Trovoada para integrar a Sociedade da Justiça da América, onde participou de várias missões por muitos anos.

Ela se casou com seu grande amor, o policial Larry Lance, com quem teve uma filha, a pequena Dinah Laurel Lance. A garotinha cresceu encantada pela vida de sua mãe, e cercada por seus companheiros super-poderosos.

Um certo dia, a menina encontrou o antigo disfarce de sua mãe guardado em um armário, mas foi repreendida, pois Dinah Drake não queria que sua filha fosse incentivada a seguir seus passos.

Canário Negro
Imagem: Dinah Laurel Lance/ DC Comics

Dinah dizia que o mundo havia mudado muito e estava bem mais perigoso agora, do que quando ela havia se tornado a Canário Negro, principalmente para aqueles que não tinham poderes sobre humanos.

Mas a pequena Laurel era muito determinada, e inspirada pelo Batman, ela passou a treinar artes marciais escondida, com a ajuda de outro grande herói da “Era de Ouro” dos quadrinhos, o boxeador Theodore “Ted” Grant, mais conhecido como O Pantera.

No meio de uma discussão acalorada com sua mãe, que não queria essa vida de vigilante para a filha, Dinah Laurel Lance se descontrola por um momento, e acaba lançando seu super grito pela primeira vez.

O Senhor Destino foi convocado para tentar entender qual era a origem daquela radiação produzida pela laringe da garota, e rapidamente chegou a conclusão de que ela se tratava na verdade de uma meta-humana.

Dessa forma, aos dezenove anos Dinah assume o antigo manto de sua mãe, que já estava aposentada, e se torna a segunda Canário Negro dos quadrinhos da DC Comics.

O Meta-gene que ela carregava, lhe dava a habilidade de reproduzir uma espécie de grito ultrassônico, em uma frequência ensurdecedora, capaz de imobilizar os seus adversários, e destruir vários tipos de estruturas.

Este potente ataque, foi batizado como o “Grito do Canário” e já chegou ao extremo de atingir 300 decibéis.

canario-negro
Imagem: Grito da Canário/ DC Comics

Veja mais: 

Dinah Laurel Lance, criada por Dennis O’Neil e Dick Dillin, aparecendo pela primeira vez na revista “Justice League of America #75“, em novembro de 1969.

A segunda Canário Negro ganhou muito mais destaque nas HQ’s do que sua mãe já teve, e ainda se tornou uma das fundadoras originais da Liga da Justiça da América, no “Pós-Crise” da DC Comics.

Quando a equipe de super-heróis foi reestruturada para se tornar a Liga da Justiça Internacional, a Canário foi uma das líderes da formação, atuando ao lado do Batman e do Caçador de Marte.

Poderes e habilidades da Canário Negro

A Canário Negro é uma excelente acrobata, uma investigadora e estrategista acima da média, além de possuir um mega instinto de liderança.

Devido a sua grande aptidão e seu intenso treinamento com o herói Pantera, Dinah se tornou uma das maiores lutadoras da DC, desenvolvendo muitas habilidades marciais e uma técnica de combate corpo a corpo impecável.

Seu maior trunfo é o “Grito da Canário”, uma rajada sônica capaz de quebrar ossos e até mesmo as paredes e estruturas feitas de metal puro.

Além disso ela possui um grande controle sobre suas cordas vocais, o que lhe permite modular sua voz para gerar qualquer tipo de som que desejar.

Sua perícia em combate só melhorou com o passar dos anos, devido ao treinamento intenso ao lado de outros personagens, como a Mulher-Maravilha, Richard Dragon e também na Liga dos Assassinos.

Canário Negro
Imagem: Canário Negro/ DC Comics

O romance com o Arqueiro Verde

Não muito tempo depois de sua estreia como Canário Negro, Dinah Lance tornou-se um dos membros fundadores da Liga da Justiça da América.

Foi Dinah, que sugeriu o nome da recém-formada equipe, por sua mãe ter sido membro da Sociedade da Justiça da América. Através de sua associação com a equipe, ela conheceu o Arqueiro Verde, que se tornaria o grande amor de sua vida.

O relacionamento entre os dois é um dos mais adorados pelos fãs e um dos mais icônicos dos quadrinhos, sendo que eles já casaram, se separaram por causa de uma traição de Oliver, voltaram, e se separaram novamente.

Um dos maiores motivos dos conflitos entre os dois, é que Oliver desejava muito ter um filho, enquanto Dinah achava que a vida que eles levavam era muito perigosa para uma criança.

Toda essa discussão termina em um grande desastre, quando a Canário é capturada por um narcotraficante e terrivelmente torturada. Mesmo sendo salva pelo Arqueiro Verde, ela fica muito abalada, perdendo seu Grito da Canário e também a sua fertilidade.

Dinah e Oliver
Imagem: Dinah e Oliver/ DC Comics

Aves de Rapina

Depois da morte de Oliver Queen, Dinah fica sem rumo na vida, e Barbara Gordon que agora era a combatente do crime conhecida como Oráculo, pede que ela volte para Gothan City.

A antiga Bat-Girl, vê um potencial incrível na Canário Negro e sabe que ela pode ser útil, agora que ela se encontra presa em uma cadeira de rodas, atuando apenas nos bastidores com a Bat-Família.

Dessa forma, as duas fundaram as Aves de Rapina, que logo ganharia a adição da terceira integrante fundamental, Helena Rosa Bertinelli, mais conhecida como Caçadora.

Desde então, a Canário Negro teve vários bons momentos ao lado da equipe, que se tornou muito querida pelos leitores da DC Comics. Ela passou por repaginações durante esta fase, mudando o corte de cabelo e se tornando definitivamente loira.

Como havia perdido seu “Grito da Canário”, ela passou a usar uma espécie de bomba sônica no lugar, mas depois de um combate contra Ra’s Al Ghul, Dinah foi mergulhada no Poço de Lázaro e teve seu poder e também sua fertilidade de voltaa.

Aves de Rapina
Imagem: Aves de Rapina/ DC Comics

Os Novos 52

Em 2011 aconteceu o clássico arco da DC Comics, conhecido como Flashpoint, e com a chegada dos Novos 52, a história de origem da Canário Negro foi completamente modificada.

Nesta nova realidade causada pelas ações de Barry Allen, não existiu a Sociedade da Justiça da América e tão pouco uma primeira Canário Negro.

Agora a personagem recebe o nome Dinah Drake, sendo uma garotinha órfã que foi acolhida pelo dono de um Dojo chamado Desmond Lamar. Ele a tirou das ruas e a treinou em artes marciais desde pequena.

A garota cresceu acabou ingressando em uma equipe secreta do governo, conhecida como Team 7, onde logo descobriu que possuía um meta-gene, e que era capaz de usar seu potente “Grito da Canário”.

Dinah se casou em segredo com um de seus companheiros, chamado Kurt Lance, e durante uma missão, quando ela usou seus poderes, parte da equipe acabou morrendo, inclusive seu marido.

A Canário Negro deixou o Team 7, se aliando às Aves de Rapina, e até este momento ainda não havia conhecido Oliver Queen. Mas isso mudaria com a chegada do “Renascimento” da DC Comics, que aconteceu em 2016.

Além disso, também é nesta fase das HQ’s, que Dinah Drake é convidada para formar uma banda chamada Black Canary, onde ela seria a principal vocalista, por causa da sua voz poderosa.

Banda Black Canary
Imagem: Banda Black Canary/ DC Comics

E aí nerd, o que achou de todas essas informações e curiosidades sobre essa incrível personagem, que é “mega” importante para a história da DC Comics?

Deixe sua opinião nos comentários e continue acompanhando as notícias e análises da nossa página, para que a equipe Proddigital POP possa melhorar seu conteúdo a cada dia!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários