O Legado de Júpiter é uma história em quadrinhos que teve sua primeira publicação em 2013 pela editora Image Comics, com roteiro assinado por Mark Millar, desenhos de Frank Quitely e arte final de Peter Doherty.

A obra é desconhecida do grande público, mas foi muito prestigiada pela crítica na época de seu lançamento, dando origem também a um spin-off nos quadrinhos, chamado Círculo de Júpiter”, que foi publicado em 2017.

O Legado de Júpiter faz parte de uma iniciativa conhecida como Millarworld, que segundo o próprio nome já diz, se tratam de HQ’s independentes, com enredos criados por Mark Millar e seus quadrinistas convidados.

O roteirista é bastante conhecido, por ter escrito diversos quadrinhos originais e histórias fantásticas, assim como “Kick-Ass” e “Kingsman”, que viraram franquias cinematográficas de sucesso.

Millarword
Imagem: Millarword/ Image Comics

No hall de grandes obras do autor escocês ainda estão mais HQ’s aclamadas pela crítica, como “A Ordem Mágica“, “Crononautas“, “American Jesus“, “Imperatriz“, “Superior” e “Super Crooks: O Assalto“.

Além disso, Mark Millar já foi responsável por criar arcos considerados importantíssimos tanto para a Marvel, como para a DC Comics, como “O Velho Logan“, “Guerra Civil” e “Entre a Foice e o Martelo” por exemplo.

O artista Frank Quitely, responsável pelos desenhos de O Legado de Júpter, também ficou conhecido pelo seu estilo único, ao ter trabalhado na fase dos “Novos X-Men” para a Marvel e por ter desenhado o clássico “Superman All Star” para a DC.

Mark Millar e Frank Quitely já haviam trabalhado juntos na segunda fase de “The Authority”, uma HQ publicada pela DC sob o selo Wildstorm que também é considerada muito importante para a editora.

Os elementos utilizados em O Legado de Júpiter

A HQ faz uma bela mistura entre vários elementos da cultura pop, conseguindo amarrar um enredo bastante complexo à uma discussão sobre os direitos e os deveres dentro da sociedade, com sua brilhante proposta de desconstruir a imagem dos super-heróis.

Dentre os vários títulos inseridos no Millarworld, muitos consideram O Legado de Júpiter e o posterior “Círculo de Júpiter” de 2017, como sendo alguns dos melhores trabalhos de Mark Millar.

O Legado de Júpiter
Imagem: Utópico/ O Legado de Júpiter

A história em sí, faz inúmeras referências à Star WarsKing Kong, à mitologia romana, mas principalmente à “Era de Ouro” dos quadrinhos americanos.

A trama ainda consegue fazer uma mistura entre violência, filosofia e política na medida certa. Esses elementos somados à alguns plot-twists bem impactantes, fazem com que a obra se torne um ponto fora da curva, no que diz respeito aos quadrinhos mais atuais.

Enquanto história se desenvolve, percebemos que o design dos personagens e também suas personalidades, se tratam de uma homenagem à heróis clássicos, como o Superman por exemplo, que é praticamente recriado na figura do Utópico.

O enredo de O Legado de Júpiter se utiliza da cultura de heróis como pano de fundo, além das mais variadas influências (que vão de Shakespeare à Paris Hilton), para construir uma história que eleva a discussão sobre poderes e responsabilidades a outro patamar.

O próprio Mark Millar chegou a nomear a HQ como sua “história de super-heróis definitiva”, por agregar diversos elementos da cultura POP, desde obras atuais até os grandes clássicos.

Enquanto alguns deles são mais sutis, como a região em que os heróis recebem seus poderes, inspirada na Ilha da Caveira de King Kong, outros momentos importantes, claramente citam clássicos imponentes como Hamlet.

Em questão instantes, o autor consegue transformar um dos heróis no mais terrível dos vilões e ao mesmo tempo a história pode utilizar um personagem inconsequente para embarcar em uma incrível jornada de redenção.

Legado de Júpiter
Imagem: Legado de Júpiter/ Divulgação

O Legado de Júpiter foi criado no meio de uma grande mudança na política e na economia mundial. O autor já declarou que a Grande Recessão, que ocorreu entre 2007 e 2009, foi um dos elementos que o inspiraram em algumas das subtramas.

A HQ traz várias discussões e questionamentos sobre a forma como os Estados Unidos mudaram nos últimos anos e a maneira de pensar do povo americano em relação às leis implantadas.

Fora isso, a história aborda o contraste entre a geração mais velha de heróis, que acredita no foi construído até aqui, e seus filhos, que já sofrem com os problemas no sistema atual.

Por causa da narrativa acelerada, o enredo se obriga a focar em determinados eventos e acaba deixando algumas lacunas propositais para que o leitor possa fazer sua própria interpretação.

O enredo de O Legado de Júpiter

A trama que começa seguindo os passos de Sheldon Sampson, que graças a Grande Depressão e o “crash” da bolsa de Wall Street em 1929, acabou perdendo todo seu patrimônio e o bom emprego que mantinha na empresa de seu pai.

A crise que abalou o país inteiro também foi responsável por deixar muitas pessoas desabrigadas e ainda causou um aumento significativo da criminalidade e consequentemente da violência nas ruas.

Sheldon que odiava ver toda essa situação caótica, começa a sentir um estranho chamado vindo de uma ilha misteriosa localizada próximo ao continente sul-africano, mas que não se encontrava em nenhum mapa conhecido.

O Legado de Júpiter
Imagem: O Legado de Júpiter/ Image Comics

Em seus sonhos, a ilha prometia ceder grandes poderes, que ele e toda sua tripulação poderiam utilizar para implantar a paz e evitar que os Estados Unidos entre em um período de caos total.

Sheldon então desenhou um mapa e reuniu antigos amigos da escola para dar início à uma expedição em busca do lugar secreto. Para a surpresa de todos, os sonhos não eram delírio e eles conseguiram encontrar a localidade.

Inicialmente, não foi revelado o que aconteceu com a tripulação, mas o fato é que todos eles foram transformados em super-heróis e com a ajuda de seus poderes incríveis, foram capazes de implantar novamente a paz e a ordem no país.

Os heróis interviram em todas as crises pelas quais os Estados Unidos passaram ao longo das décadas, ajudando as pessoas sem se importar com dinheiro ou popularidade.

Devido a este fato, com o passar dos anos, todos eles acabaram se tornando verdadeiras lendas entre a população.

A partir daí, temos um salto temporal na história que nos leva para 2013, onde Sheldon que agora é conhecido como Utópico, e Grace, como Senhora Liberdade. Os dois são casados e têm dois jovens filhos.

Assim como seus pais, Cloe e Brandon Sampson herdaram poderes magníficos, e junto com tais habilidades, viria também a responsabilidade de continuar o imenso legado que foi construído pelos super-heróis.

Porém os dois parecem não entender muito bem sua missão, e passam a agir como celebridades irresponsáveis, apenas desfrutando de tudo aquilo que foi construído por seus pais, sem nenhum interesse em assumir as responsabilidades.

O Legado de Júpiter
Imagem: O Legado de Júpiter/ Image Comics

Com certeza essa nova geração de super-heróis não será capaz de manter a paz conquistada com tanto esforço pela União, e fatalmente todo o país entrará em colapso mais uma vez.

A sede por poder e as tramas para derrubar o governo implantado, serão o início de uma grande saga, que promete colocar toda a humanidade em risco e se transformar em uma grande batalha entre gerações.

Os primeiros heróis, representados por Utópico e a União, se encaixam no padrão mais clássico, com sua origem fantástica, um código moral definido e um altruísmo norteado pela vontade de sempre fazer o que é certo.

Contudo, seus descendentes lidam com novos problemas, como o colapso dos sistemas econômicos e a reflexão sobre quanto os seres superpoderosos podem, ou devem, interferir no curso da humanidade.

Os personagens principais

Sheldon Sampson- O Utópico

Após sua longa e ilustre carreira como o lendário super-herói Utópico, o mundo que ele conhecia se foi, e hoje Sheldon luta para se adaptar à vida moderna e às necessidades de sua família.

Vestindo um traje vermelho e branco com um emblema dourado no peito de águia, ele e seus cinco companheiros formam um grupo de super-heróis chamado União, com sede localizada na cidade de Nova York.

Ele possui super-força, super-velocidade, visão de calor e invulnerabilidade, além de poder voar.

O Utópico
Imagem: O Utópico/ O Legado de Júpiter

Sheldon acredita que os super-heróis não devem interferir nas ações de seu governo, mas devem obedecer aos líderes eleitos, o que o coloca em conflito com seu irmão Walter.

Walter Sampson- Onda Cerebral

O irmão mais velho de Sheldon é intelectualmente superior e não tem medo de sujar as mãos quando necessário, sendo capaz de tudo para alcançar seus objetivos.

Seus poderes são, super-força, super-velocidade, controle mental, tele-cinese e voo. Ele também pode criar ilusões psíquicas e matar uma pessoa induzindo o surgimento de aneurismas.

A única pessoa em quem os poderes telepáticos de Walter não funcionam é Sheldon, embora George usasse um conjunto especial de protetores de ouvido que bloqueavam os ataques telepáticos de Walter.

Grace Sampson- Senhora Liberdade

Esposa de Sheldon e mãe de Chloe e Brandon, ela é um dos heróis mais fortes do planeta e não tem medo de discordar de Sheldon. Grace é a rocha de sustentação que o Utópico precisa para viver no mundo moderno e violento de hoje.

Entre seus poderes estão a habilidade de voar, além de super-força, super-velocidade, agilidade aumentada e sentidos aguçados.

Chloe Sampson

Chloe é a filha rebelde de Sheldon e Grace que não tem medo de seguir seu próprio caminho, se opondo a tudo que seus pais defendem e juraram sempre proteger.

Além da habilidade de criar campos de força, ela possui super-velocidade, super-força e tele-cinese.

O Legado de Júpiter
Imagem: Chloe Sampson/ O Legado de Júpiter

Brandon Sampson

Filho de Sheldon e herdeiro aparente ao manto do Utópico, Brandon está treinando para substituir seu pai como líder da União.

Assim como seu pai, ele é invulnerável e também possui super-força, super-velocidade, visão de calor e voo.

Fitz Small-  Luminoso

Apesar de sua lesão e o final de sua carreira, Fitz ainda é um membro valioso da equipe. Conhecido como o coração e a alma da União, ele mantém todos trabalhando juntos, enquanto a equipe enfrenta um mundo cada vez mais caótico.

Ele pode disparar rajadas de energia luminosa, além de possuir super-força, super-velocidade, cura acelerada e a capacidade de voar.

George Hutchence- Sky Fox

Ex-melhor amigo de Utópico, George saiu do grupo após sua namorada deixa-lo para ficar com Walter Sampson.

Depois de sequestrar o vice-presidente em uma manifestação, ele foi condenado à prisão perpétua pela União, e desde então é considerado o maior vilão de todos os tempos.

Além de ser um prodígio na criação de equipamentos, ele tem super-força, super-velocidade, intelecto superior e também pode voar.

Sky Fox
Imagem: Sky Fox/ O Legado de Júpiter

Dr. Jack Hobbs

Considerado como o homem mais inteligente do mundo, Hobbs é um supercriminoso e adversário da União. Ele acredita que a ascensão dos super-heróis reescreveu as leis da evolução, exigindo também o surgimento de supercriminosos.

Com sede na Franklin Senior High School no interior do estado de Nova York, seus capangas se vestem todos de preto e têm os nomes de cientistas famosos escritos em suas camisas com letras brancas.

O Círculo de Júpiter

Além da aclamada HQ principal, O Legado de Júpiter ganhou um spin-off chamado O Círculo de Júpiter, que funciona como uma prequela dos acontecimentos do primeiro arco.

Essa saga, assim como a original, contém dez edições separadas em dois volumes, onde conhecemos a história da União com mais detalhes, a equipe de super-heróis da primeira geração liderada pelo Utópico.

A história se passa nas décadas de 50 e 60, explorando melhor vida de cada um dos seis integrantes da equipe e suas primeiras aventuras com seus novos e incríveis superpoderes.

A HQ continua com Mark Millar à frente do roteiro, mas dessa vez as ilustrações ficaram por conta de Wilfredo Torres e Davide Gianfelice, embora Frank Quitely tenha retornado para desenhar algumas capas.

Círculo de Júpter
Imagem: Círculo de Júpter/ Divulgação

E aí nerds, o que acharam dessa incrível obra criada pelo mestre Mark Millar? Deixe sua opinião sobre nosso conteúdo nos comentários e continue ajudando nossa equipe a melhorar cada vez mais!!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários