O novo Esquadrão Suicida de James Gunn ainda se encontra em fase de produção, mas já está “causando” entre os fanáticos pela DC. A novidade do momento é a confirmação de uma série derivada que irá focar no personagem Peacemaker (Pacificador) que será interpretado por John Cena e aparentemente será muito fiel à sua versão dos quadrinhos.

O Esquadrão Suicida de James Gunn contará com personagens primeiro filme dirigido por David Ayer, porém não fará conexões com a sua história. O reboot terá uma forte influencia das HQs da década de 1980 escritas por Jon Ostrander e Kim Yale.

A série do Pacificador será produzida e escrita por James Gunn e provavelmente contará com 8 episódios, sendo que entrará em processo de produção no ano que vem.

Confira o post no Twitter do diretor James Gunn confirmando que irá trabalhar na série ao lado do produtor Peter Safran e do ator John Cena:

“Estou extremamente feliz e animado por estar trabalhando em PACIFICADOR com meus amigos John Cena e o produtor de O Esquadrão Suicida Peter Safran nessa nova série original do HBO Max pela Warner Bros. TV”

O diretor James Gunn também fez declarações sobre o que podemos aguardar da nova série do Pacificador:

“Pacificador é uma oportunidade de mergulhar nos problemas atuais do mundo, através das lentes de super-herói e super-vilão e os maiores babacas do mundo”

O Pacificador

O Pacificador foi Criado pelo escritor Joe Gill e o desenhista Pat Boyette e teve sua primeira aparição na revista “Fightin’ 5” n° 40 em novembro de 1966. Inicialmente os direitos do personagem pertenciam à uma editora independente chamada Charlton Comics onde ele teve uma série própria que foi publicada de março a novembro de 1967.

A Charlton fechou as portas no começo da década de 1980 e passou então os direitos do “herói” para a DC Comics que arrematou também outros nomes da editora. Em janeiro de 1988 O Pacificador ganharia então uma mini-série com quatro edições.

Christopher Smith utiliza uma fachada de almofadinha para esconder sua verdadeira personalidade. O diplomata na verdade é um gênio da mecânica avançada e perito em tecnologia armamentista.

O Pacificador DC
Imagem: O Pacificador/ DC Comics

Veja mais novidades sobre o Universo DC em:

Além de seu intelecto, Christopher possui também um super-arsenal que fica escondido em uma montanha da Suíça. Seu pai, Wolfgang Schmidt foi um ex-oficial nazista e ao descobrir os segredos de sua linhagem, ele decide lutar pela paz usando todos os métodos que achar necessário.

Aos 18 anos, Smith entra no exército e vai para o Vietnã onde é responsável por uma chacina em um vilarejo. Devido ao “incidente” ele é submetido à corte marcial e condenado a vinte anos de prisão.

Para se livrar do encarceramento Christopher faz um acordo com o governo americano se comprometendo a liderar uma equipe de elite secreta anti-terrorismo. Sob esta missão ele adota o nome de Pacificador, um “herói” que pode ser interpretado como uma crítica direta à força policial americana.

O personagem ainda conta com alguns equipamentos bem peculiares, como o capacete a prova de balas (e por sinal muito estiloso), jet-packs para vôo, armadura hiper-resistente e armas bem pesadas. No que se diz respeito ao condicionamento físico, Christopher está bem acima da média e é muito resistente e habilidoso no combate corpo-a-corpo.

Instabilidade Mental

O Pacificador utiliza suas eximias técnicas militares em missões contra governos tiranos e organizações terroristas, mas suas atitudes vão se tornando cada vez mais violentas e instáveis.

Christopher Smith sempre é retratado nas histórias como sendo uma pessoa completamente bipolar e esquizofrênica que sofre com distúrbios psicológicos. O personagem acredita que as pessoas que mata, tem a alma aprisionada em seu capacete, além disso ele constantemente se perde em seus delírios onde conversa com seu pai falecido.

Tais alucinações podem ser explicadas pois ainda criança, Christopher presenciou o suicídio de seu pai, depois da revelação de que ele chefiava um dos campos de concentração nazista no período da 2ª Grande Guerra.

Inspiração para Watchmen

Um fato muito interessante envolvendo Christopher Smith é que o personagem ficou mais conhecido no universo das HQ’s por ter servido como inspiração para a criação de Edward Blake o Comediante.

Alan Moore queria utilizar os personagens recém adquiridos da Charlton Comics para o enredo de Watchmen, mas a DC Comics não aceitou a proposta por conta do conteúdo violento e explicito da história.

Comediante
Imagem: Comediante/ DC Comics

O escritor então decidiu se basear nos heróis da antiga editora para criar novas identidades, por este motivo o Besouro Azul virou o Coruja, o Questão virou o Rorschach e o Pacificador virou o Comediante.

O Esquadrão Suicida

Nos quadrinhos a versão mais moderna do Esquadrão Suicida foi criada por John Ostrander e basicamente se trata de uma equipe de super-vilões detidos na penitenciaria de Belle Reve que realiza missões secretas em troca de penas reduzidas, regalias na prisão e até mesmo liberdade.

O nome “Esquadrão Suicida” é proveniente do caráter das suas missões consideradas de alta periculosidade. O grupo segue as ordens de Amanda Waller a serviço da ARGUS e para garantir que os integrantes não saiam da linha, bombas são instaladas em seus pescoços.

Ao longo dos anos a equipe teve diferentes escalações, contudo alguns nomes são bem recorrentes como: Rick Flag, Capitão Bumerangue, Pistoleiro, Arlequina, Coringa, Nevasca, El Diablo, Hera Venenosa, Magia, Katana, Crocodilo e Adão Negro.

A primeira adaptação para as telonas dirigida por David Ayer, foi bem nas bilheterias mas não convenceu os fãs e muito menos a crítica. O diretor James Gunn assumiu o desafio de fazer o reboot da equipe e mudar esta realidade.

O ator Joel Kinnaman fez a seguinte declaração ao site The Hollywood Reporter sobre o trabalho de James Gunn em Esquadrão Suicida:

“Sim, esse filme vai ser insano. O roteiro é muito divertido. Cada página dele foi engraçada e me fez rir. James simplesmente tem esse controle do gênero, mas também de comédia e até de marketing. Ele entende o mundo tão bem e, desde que o escreveu, ele realmente reinventa não apenas os conceitos, mas também os personagens. Para mim, foi como fazer minha primeira comédia, mas uma pesada para maiores. Muito da ação é prática com explosões reais, e sim, esse filme será insano”.

Kinnaman também falou sobre John Cena que irá  interpretar o Pacificador na nova versão da equipe nos cinemas:

“É um grande elenco que ele reuniu. John Cena, aquele filho da p*** é um gênio da comédia. Ninguém nos fazia rir no set tanto quanto John. Ele ia por uma tangente de improviso em toda cena que estava”.

Além dos atores Joel Kinnaman voltando ao papel de Rick Flag e John Cena como Pacificador o elenco de Esquadrão Suicida conta com Idris Elba como Bloodsport/Sanguinário, Alice Braga como Sol Soria, Nathan Killian como TDK, David Dastmalchian como Polka Dot Man, Peter Capaldi como Pensador, Daniela Melchior como Caça-Ratos, Michael Rooker como Sábio, Mayling NG como Mongal, Pete Davidson como Blackguard, Flula Bord como Dardo, Sean Gunn como Doninha, Steve Agee como Tubarão Rei, Margot Robbie como Arlequina, Jai Courtney como Capitão Bumerang e Viola Davis Amanda Waller.

E aí, qual seu nível de expectativa para o novo filme do Esquadrão Suicida dirigido por James Gunn e para a nova série do Pacificador estrelada por John Cena?

Então não marque bobeira!

Fique por dentro de todas as novidades sobre o Universo DC em nossa página Proddigital POP e também siga nossas redes sociais InstagramTwitterFacebook para não perder nenhuma novidade no universo incrível da cultura POP!!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários