Sem sombra de dúvidas Keanu Charles Reeves é uma das maiores e mais amadas estrelas de Hollywood. O ator vem colecionado uma série de bons trabalhos ao longo de sua carreira e além disso é dono de um carisma incomparável e cativante.

Reeves já carregava bons filmes de ação em sua bagagem, mas inegavelmente a trilogia Matrix das irmãs Wachowski, fez com ele se tornasse um super astro e uma celebridade consagrada no hall da fama americano.

matrix
Imagem: Matrix/ Divulgação

Keanu também foi um queridinho dos filmes adolescentes alternativos dos anos 1980, sendo que um dos mais famosos personagens dessa fase da sua carreira foi Theodore Logan ou simplesmente Ted da série Bill e Ted.

O ator viria mais tarde, demonstrar todo o seu verdadeiro potencial ao lado de Sandra Bullock em Speed ou Velocidade Máxima de 1994 onde ele próprio fez todas as cenas, dispensando os dublês. O salto do Jaguar para o ônibus e também a cena em baixo do ônibus foram executadas por ele próprio.

Posteriormente Reevers também ficaria marcado por viver Constantine na adaptação cinematográfica do personagem da editora Vertigo em 2005. O longa não agradou muito aos fãs do personagem e seu roteiro foi recebido de forma negativa, mas atuações e os efeitos visuais foram elogiados pela crítica.

E agora na era das grandes franquias e do alto dos seus 56 anos, Keanu Reeves ganhou uma nova “super fase” em sua carreira, graças ao personagem John Wick. O primeiro filme da série chegou aos cinemas em 2014, conquistando de cara, uma legião de fãs incondicionais.

O astro já acumula três filmes interpretando o personagem central, com um quarto projeto a caminho que chegará aos cinemas em maio de 2022. Um quinto filme da franquia também já foi anunciado, mas não tem previsão de estreia.

Quando John Wick Capítulo 5 chegar aos cinemas o ator estará provavelmente na casa dos 60 anos. Questionado pela OK Magazine se a idade iria impactar na continuidade do personagem, Reeves declarou que não vai parar com os filmes a menos que seu corpo não aguente mais ou que os fãs deixem de se importar: 

“Até onde minhas pernas puderem me levar. Até onde o público quiser”

Chad Stahelski também já disse publicamente que está disposto a continuar fazendo filmes de John Wick até que alguém o faça parar e essa é sem dúvida uma boa notícia para todos os fãs que são aficionados pela franquia.

O diretor fez a seguinte declaração sobre a experiência de estar a frente de John Wick:

Fazer um filme é realmente bastante fácil. Fazer um bom é muito mais difícil. Foi uma grande experiência de aprendizagem e estou muito orgulhoso disso. Nós esticamos nosso cronograma até os limites absolutos. Nós lutamos pelo que acreditamos, e escolhemos fazer um filme de ação dirigido por personagens e baseado em personagens. É por isso que escolhi fazê-lo. Esta foi uma oportunidade para fazer algo que não se tratava apenas de carros, explosões, incêndios e lutas. Sim, John luta; Sim, ele atira armas; e ele dirige um carro muito rápido, mas o foco sempre foi tentar fazer algo cinematograficamente diferente “

De Volta ao Jogo

A história do primeiro filme se concentra em John Wick que é um lendário assassino de elite, apelidado de Baba Yaga (ou “Boogeyman”) buscando vingança pelo roubo de seu carro e a morte de seu cachorro que foi um presente de sua esposa recentemente falecida.

Wick se aposentou após ter ajudado Viggo Tarasov a ganhar o controle do sindicato do crime russo em Nova York, eliminando sozinho todas as facções oponentes, em uma tarefa que o próprio Tarasov considerava “impossível” de ser cumprida.

De Volta ao Jogo
Imagem: De Volta ao Jogo/ Reprodução

Porém mesmo estando inativo e vivendo uma vida pacífica, John decide voltar à ativa para se vingar de Iosef Tarasov (que é filho de Viggo Tarasov) após ter sua casa invadida e ser obrigado a ver seu cachorro ser cruelmente morto por ele.

John Wick: De Volta ao Jogo foi Escrito por Derek Kolstad que completou o roteiro em 2012 e o desenvolveu para a Thunder Road Pictures. O longa foi produzido por Basil Iwanyk, David Leitch, Eva Longoria e Michael Witherill.

O filme marca a estreia de Chad Stahelski e David Leitch como diretores, depois de trabalhos como diretores de segundo plano e coordenadores de dublês. Os dois já haviam trabalhado anteriormente com Keanu Reeves como dublês na trilogia Matrix.

A abordagem dada pelos diretores nas cenas de ação vem pela admiração de ambos por animes e filmes de artes marciais. O uso das coreografias de luta e das técnicas gun fu do cinema de ação de Hong Kong também foram influências na produção.

Destaca-se também a homenagem que John Wick faz a trabalhos como The Killer de John Woo, Le Cercle Rouge e Le Samouraï de Jean-Pierre Melville, Point Blank de John Boorman e do subgênero spaghetti western dos clássicos filmes western.

Além de  Keanu Reeves no papel do personagem principal o filme conta com os atores Michael Nyqvist, Alfie Allen, Adrianne Palicki, Bridget Moynahan, Dean Winters, Ian McShane, John Leguizamo e Willem Dafoe.

De Volta ao Jogo recebeu críticas positivas de especialistas que elogiaram as performances, a fotografia e as sequências de ação. O longa arrecadou um total de US$ 88 milhões ao redor do mundo.

Devido ao sucesso de público e crítica, duas sequências foram lançadas, sendo elas John Wick 2: Um Novo Dia Para Matar que estreou em 2017 e John Wick 3: Parabellum que chegou aos cinemas em 2019.

Capítulo 2- Um Novo Dia Para Matar

Novamente dirigido por Chad Stahelski e escrito por Derek Kolstad, Um Novo Dia Para Matar é a sequência direta do filme de 2014. O longa serve para ampliar o universo da Alta Cúpula que não só é melhor explicada, como também ganha ramificações globais.

É revelado que para completar sua “tarefa impossível” (que lhe permitiu se aposentar e se casar com Helen) John Wick precisou da ajuda de Santino D’Antonio. Como forma de pagamento, ele assinou uma promissória inquebrável simbolizada por um medalhão de “pacto de sangue”.

Um Novo Dia Para Matar
Imagem: Um Novo Dia Para Matar/ Divulgação

Conheça mais personagens incríveis em:

D’Antonio apresenta o medalhão para cobrar sua dívida, exigindo um trabalho de John, que inicialmente se recusa a faze-lo. Porém, Winston o proprietário do hotel Continental o lembra de que se ele rejeitar a promissória, estará violando uma das duas principais regras ​​do submundo.

A primeira das leis se refere a não matar em locais “continentais” em hipótese alguma e a segunda regra diz que todas as promissórias assinadas, precisam ser honradas obrigatoriamente.

A missão imposta por Santino D’Antonio será assassinar a sua irmã Gianna para que ele próprio possa reivindicar seu lugar na “Alta Cúpula”, que se trata de um conselho de senhores do crime.

Além de Keanu Reeves novamente no papel central, Um Novo Dia Para Matar conta também com as participações de Claudia Gerini, Common, Ian McShane, Peter Stormare, Ruby Rose e Riccardo Scamarcio e também com o retorno de Bridget Moynahan, John Leguizamo, Thomas Sadoski e Lance Reddick aos papéis anteriores.

Como se não fosse o bastante um elenco de peso o filme ainda nos traz um presente mais do que especial, o reencontro de Laurence Fishburne e Keanu Reeves pela primeira vez após a trilogia Matrix com direito a um ótimo diálogo entre eles e algumas referências.

As filmagens ocorreram Ilha de Manhattan e na cidade de Montréal na Station Place des Arts e Rue SainteCatherine, além de algumas localidades na Itália. O longa foi lançado nos cinemas americanos em fevereiro de 2017 pela Summit Entertainment e rendeu um total de US$ 171,5 milhões ao redor do mundo.

Capítulo 3- Parabellun

Parabellun por sua vez é a sequência direta de Um Novo Dia Para Matar e como em uma escalada de arrecadação, foi responsável por faturar um total de US$ 326,7 milhões para os cofres do estúdio.

John Wick está sendo caçado por todos os assassinos do mundo graças a um contrato global de US$ 14 milhões por sua cabeça e também por quebrar uma regra central e matar Santino D’Antonio (membro da Alta Cúpula) dentro de um Hotel Continental.

Capítulo 3- Parabellun
Imagem: Capítulo 3- Parabellun/ Reprodução

John já deveria ter sido executado, entretanto Winston, gerente do Hotel Continental de Nova York e seu amigo próximo o concedeu uma hora de vantagem antes de declara-lo oficialmente “Excomungado”.

A associação de Wick com todos os hotéis Continental do planeta serão canceladas, assim como todos os serviços de outros sócios que John possa a vir solicitar. O assassino usará então o tempo restante para se manter vivo enquanto luta para fugir de Nova York.

Ian McShane, Laurence Fishburne e Lance Reddick estão de volta em seus papéis dos filmes anteriores. Os atores Halle Berry, Anjelica Huston, Asia Kate Dillon, Mark Dacascos, Jason Mantzoukas, Yayan Ruhian, Cecep Arif Rahman e Tiger Hu Chen chegam para completar o elenco.

A título de curiosidade, a palavra Parabellun tem sua origem de um provérbio em latim, Si vis pacempara bellum que pode ser traduzido como “se quiser a paz, prepare-se para a guerra”. Geralmente a frase está relacionada com a busca pela paz através da força e era utilizada pelo Império Romano como inspiração em suas táticas de domínio.

O futuro de John Wick

Inegavelmente com o passar dos anos e à medida que a série avançou os filmes foram ganhando maior reconhecimento por parte dos fãs e recentemente nos foi revelado que não apenas mais uma, mas duas sequências da franquia John Wick  já estariam confirmadíssimas pelo estúdio.

John Feltheimer, o CEO da Lionsgate, anunciou durante uma reunião para investidores que John Wick Capítulo 5 está oficialmente em processo de desenvolvimento, e suas filmagens irão acontecer ao mesmo tempo de John Wick Capítulo 4 em 2021.

“Nós estamos concentrados nos roteiros dos próximos dois filmes da franquia ‘John Wick’. Com a produção do quarto filme agendada para o próximo ano, esperamos que o quinto seja feito ao mesmo tempo. Trata-se de um período onde Keanu já estará disponível.”

Como já é de conhecimento geral, Keanu Reeves ficará ocupado nos próximos meses com as filmagens do filme Matrix 4, que está em processo de produção na Alemanha, mas logo após o término do projeto irá iniciar os trabalhos com as sequências de John Wick.

Um fato interessante é que o ator deixou de lado um mega oferecido pelo Marvel Studios para se dedicar ao filme John Wick 3: Parabellum. Ele teria sido cotado para interpretar o vilão Yon Rogg no filme da Capitã Marvel, mas precisou recusar o convite porque as filmagens aconteceram no mesmo período.

São atitudes como esta que fazem dele um profissional super respeitado no meio artístico e até mesmo entre os fãs, pois qualquer ator “sairia no tapa” por um papel como este dentro do Marvel Studios.

Mas no que depender dos fãs, Reeves ainda pode tranquilamente estrelar em produções da Marvel. Diversas ilustrações compartilhadas na internet, imaginam o visual do ator interpretando personagens do MCU, como por exemplo o Wolverine ou mesmo o incrível e aguardado Adam Warlock.

Keano Reeves como Adam Warlock Pinterest
Imagem: Keano Reeves como Adam Warlock/ Pinterest

Ballerina

Ballerina ou Bailarina é um projeto derivado do universo de John Wick que será focado em uma jovem buscando vingança contra as pessoas que assassinaram sua família. A personagem é descrita pelos produtores do longa como “vulnerável porém letal”.

Len Wiseman (Anjos da Noite e Monstro do Pântano) foi contratado pela Lionsgate para dirigir o novo spinoff, enquanto Shay Hatten será o responsável por assinar o roteiro. Basil Iwanyk, produtor dos primeiros longas, assumirá a mesma função ao lado Chad Stahelski, Erica Lee e do próprio Keanu Reeves.

Stahelski, o diretor da franquia John Wick declarou em uma entrevista ao The Hollywood Reporter que está animado em trabalhar com Len Wiseman no projeto:

“O derivado não será uma cópia dos filmes principais. Obviamente que, alguns elementos de ‘John Wick’ podem ser percebidos. O engraçado é que quando Len apresentou a ideia para o estúdio, pediram que ele se reunisse comigo antes da decisão ser oficializada. Nós tivemos um jantar muito agradável, e fiquei ainda mais impressionado com sua capacidade. Já o considerava um diretor incrível antes disso. Posso garantir que vamos ter um estilo visual muito interessante, e ele entende perfeitamente a ação. Quando acabamos, pensei, ‘Precisamos contratar esse cara. Ele sabe o que está fazendo.”

Pelo que sabemos até o momento o longa Ballerina ainda continua sem data de estreia nos cinemas.

The Continental

The Continental é uma série derivada do universo de John Wick que irá focar na cadeia de hotéis que os assassinos utilizam durante as missões. As regras “continentais” dizem claramente que nenhum “negócio” poderá acontecer nos arredores do hotel.

Quem violar as leis do Continental enfrentará punições severas, como foi visto em John Wick 3: Parabellum.

Já sabemos que parte da equipe responsável pelos filmes estará envolvida também na série, como é o caso do co-diretor Chad Stahelski que estará a frente do episódio piloto. O roteirista Derek Kolstad e o produtor e diretor David Leitch também farão parte do projeto.

The Continental
Imagem: The Continental/ Divulgação

Embora tenha escrito os três filmes da franquia, Derek Kolstad não se envolveu em nenhum dos derivados em desenvolvimento até agora:

“Eu sou o cara que fez o molde do que foi feito e tive sorte de fazer parte de três [filmes], e espero, em algum aspecto, fazer parte de algum outro. O estúdio segue me lembrando que [John Wick] se tornou algo maior do que eu, mas isso é algo típico que você ouve de grandes estúdios. E, mesmo assim, tem sido divertido pra c**alho”.

A presença de Keanu Reeves na série não foi confirmada até o momento e ausência do ator faria sentido, já que a série será um prelúdio ambientado antes da história de John Wick.

“É um novo olhar para The Continental como hotel e como ele se encaixa na trama dos filmes”.

Diferente dos longas onde é contado apenas um curto espaço de tempo da vida de John Wick, a série vai abordar um período muito maior. Também será contado um pouco mais sobre o mundo e as estruturas onde os assassinos da Alta Cúpula estão inseridos.

Em entrevista, o diretor Chad Stahelski falou sobre o desenvolvimento da série e deu destaque em como será a ambientação do seu enredo e a perspectiva que será trabalhada através de diferentes personagens:

Enquanto em John Wick eu estou seguindo um período de tempo que é quase uma semana na vida de um homem, para quem tudo fica fora de controle, que é a nossa história de John Wick, o ângulo de origem dos outros produtores e escritores do programa de TV é uma estrutura de linha do tempo muito diferente e uma perspectiva de personagem muito diferente envolvendo a profundidade do universo, e não apenas assassinos, mas tudo o que está incluído.

The Continental ainda não tem data de estréia. A única informação que temos é de que a série irá estrear depois do quarto filme da franquia que chegará aos cinemas em 2022.

E aí, depois de todo conhecimento adquirido sobre o mundo dos assassinos do Continental e da Alta Cúpula, em que nível ficou o seu “hipe” para as próximas estreias.

Então não marque bobeira!!!

Fique por dentro de todas as novidades sobre o universo de John Wick em nossa página Proddigital POP e também siga nossas redes sociais InstagramTwitterFacebook para não perder nenhuma novidade no universo incrível da cultura POP!!

Seja avisado
Me avise sobre
guest
0 Comentários
Comentários de trechos do post
Ver todos os comentários